Crime

Para que prender???

Por Marco D’Eça

A morte do assassino e quadrilheiro Waldener Rodrigues Oliveira, o “Olhão”, em confronto com a polícia na madrugada de sexta-feira, foi procurada por ele mesmo.

Assaltante, traficante, assassino e quadrilheiro, Olhão participou de duas mortes frias e covardes em menos de duas semanas, na região do Cohatrac.

A população daquele bairro também está aliviada.
Quem assistiu às cenas da execução covarde do vigilante do Supermercado Maciel teve a convicção de que há bandidos frios e incapazes de regeneração.

Olhão é um deles.

Culpado por várias mortes em São Luís, autor de assaltos, assassinatos e latrocínios, sempre conseguia liberdade após cada prisão efetuada pela polícia.

Desde a morte do comerciante no mesmo Cohatrac, há duas semanas, a polícia voltou a tentar por as mãos nele.

Mas para que prendê-lo???


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.