Política

A trairagem do prefeito de Colinas Antônio Carlos

Lobao Filho agora é apoiado pelo prefeito de Colinas, que antes era aliado ferrenho de Flávio Dino.

Lobao Filho agora é apoiado pelo prefeito de Colinas, que antes era aliado ferrenho de Flávio Dino.

Em tempos de “pula-pula” dos prefeitos da base do governo Roseana Sarney (PMDB), em apoio a candidato de Flávio Dino, o prefeito da cidade de Colinas, Antônio Carlos (PSB), preferiu conservar o melhor estilo traíra e se pronunciou contra a campanha do candidato pelo PCdoB.

Como se não bastasse ter gritado aos quatro ventos, há pouco tempo, que seu apoio era fidedigno de corpo e alma à Flávio, resolveu cuspir no prato que comeu, no último dia 15. Ele é visto na cidade como o prefeito de duas caras, ou melhor, de péssima índole.

Dizem as más línguas que prestou um favor. Apoiador “traidor”, como Antônio Carlos próprio se autointitula, não soma e muito menos contribui para a, b ou c. Confira acima um trecho, em vídeo, onde o gestor revela seu jeito torpe de fazer política.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Absurdo! Prefeitura de Colinas nega transporte para ‘paciente idosa’

Prefeito de Colinas.

Prefeito de Colinas.

Familiares de uma idosa denunciaram ao Blog do Neto Ferreira a omissão por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Colinas em caso ocorrido há duas  semanas , quando foi solicitado transporte para Presidente Dutra para São Luís.

Com deficiência na área da saúde,  mesmo tendo um médico como prefeito da cidade, Colinas chegou a uma situação caótica aonde se espera que em alguns momentos a falha no sistema e saúde deverá ser generalizada.

Revoltado, o esposo da idosa relatou o fato vivido por ele que sofreu o drama de presenciar a ausência do poder público, quando solicitou da secretária de Saúde, Kezia Oliveira Moura, uma ambulância para condução da paciente para a capital , que de imediato teve o transporte sob alegação de que seria “apenas uma paciente”.

O prefeito Antônio Carlos (PSB), deve sentir retaliações motivadas pela péssima condução da secretária de Saúde que tem parentesco com o gestor.

Comandada pela sobrinha, a Saúde pública da cidade carece de especialistas e exames que não são ofertados pela Prefeitura Municipal.

Procedimentos de levar pacientes vinham sendo cumpridos rigorosamente antes das eleições, mas, hoje sequer o clamor comove  uma das principais Secretarias: a da saúde.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeitura de Colinas recebeu mais de R$ 2 milhões para saúde pública

Dr. Antônio Carlos prefeito de Colinas.

Dr. Antônio Carlos prefeito de Colinas.

Enquanto a população da cidade de Colinas é afetada com o caos na saúde pública, a Prefeitura atráves de porta voz, usa velhas práticas políticas ao alegar ter recebido uma herança maldita.

Médico de carreira, o prefeito Dr. Antônio Carlos (PSB), [rei do nepotismo e irregularidades contratuais], realmente não pode ou não tem do que reclamar dos milionários recursos destinados para uso na saúde municipal.

Na gestão do médico do dia 01 de janeiro a 19 de março, já foram creditados mais de R$ 2 milhões na conta da Prefeitura de Colinas, em repasses do Fundo a Fundo – recursos federais.

A falta de administração pública consequentemente é um fator preponderante em Colinas, onde pacientes reclamam do sistema de saúde pública.

Confira abaixo os valores recebidos na gestão de Antônio Carlos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Prefeitura de Colinas beneficia aliados em contrato milionário

Cláudio Barros, o prefeito Antônio Carlos e o sobrinho João Ricardo.

Cláudio Barroso, o prefeito Antônio Carlos e o sobrinho João Ricardo.

LICITAÇÃO: A comissão de licitação é presidida por João Ricardo Oliveira, sobrinho do prefeito de Colinas, Dr. Antônio Carlos (PSB), que anda promovendo farra de nepotismo e contratações irregulares (reveja aqui e aqui).

Sobrinho do prefeito, João Ricardo é presidente da comissão de licitação.

Sobrinho do prefeito, João Ricardo é presidente da comissão de licitação.

João Ricardo que, diga-se de passagem, parece ter muito interesse em participar de tudo, já que o amigo Cláudio Barroso, com quem se tranca horas e horas em salas da Prefeitura, foi o principal beneficiado nas licitações.

Comenta-se em Colinas, inclusive, que o presidente da comissão tem fortes ligações com Fabiano e José Evandro.

Fabiano e José Evandro foram quem ganharam as licitações para fazer o carnaval 2013 na cidade e estranhamente nenhuma outra empresa participou para concorrer do pregão. E o que surpreende a todos em Colinas é a quantia que foi gasta pra realizar o evento: R$ 1 milhão e 400 mil reais.

Em dezembro passado, mais precisamente, João Ricardo não tinha sequer uma motocicleta  pra andar. E hoje, com apenas dois meses de gestão do tio, segundo informações já circula pela cidade com um Corola que foi comprado a vista.

Patrícia Oliveira é filha do prefeito de Colinas.

Patrícia Oliveira é filha do prefeito de Colinas.

Não satisfeito com a quantidade de parentes empregados, o prefeito de Colinas, Antonio Carlos, decidiu abrir um escritório de representação da Prefeitura em São Luís e vai colocar a filha para chefiar.

O local ainda não foi escolhido, mas deve ser uma sala luxuosa de algum prédio sofisticado no Renascença II.

Patrícia deve encaixar no escritório alguns amigos de faculdade e até o marido, o pernambucano Ricardo Acioly, que se mudou de mala e cuia pro Maranhão desde que o sogro foi eleito prefeito.

A forma como iniciou a administração em Colinas chama atenção não só da população, mas também do Ministério Público que observa atentamente a Secretaria Municipal de Obras firmando contrato de quase R$ 2 milhões com a empresa Serviços de Obras e Construções Civil Ltda., para fazer a limpeza da cidade mesmo não estando habilitada.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Em nota, Prefeitura de Colinas tenta explicar o inexplicável

A Prefeitura de Colinas quer explicar o inexplicável. Como justificar um contrato de coleta de lixo de quase R$ 2 milhões onde uma empresa de transporte escolar que não é habilitada para concorrência licitatória, abocanhou de forma misteriosa..

De fato, há uma forte ligação do proprietário da empresa com o prefeito de Colinas, Dr. Antônio Carlos.

Confiram a nota de esclarecimento da Prefeitura de Colinas:

Nobre Neto Ferreira,

Em esclarecimento à reportagem publicada no Blog do Neto Ferreira, com o título “Além do nepotismo, prefeito de Colinas contrata empresa de transporte para coleta de lixo”, a Prefeitura de Colinas por meio da sua Assessoria informa que a empresa citada na reportagem atendeu os requisitos legais para participar de processo licitatório e que utilizamos dos critérios definidos pela Lei de Licitações. A determinação do Prefeito têm sido o de dar total transparência aos seus atos e de cumprir com todas as exigências legais. Aproveitamos a oportunidade e nos colocamos a disposição para qualquer esclarecimento.

Atenciosamente,
Assessoria de Comunicação de Colinas


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Além do nepotismo, prefeito de Colinas contrata empresa de transporte para coleta de lixo

Prefeito Dr. Antônio Carlos.

Prefeito Dr. Antônio Carlos.

O prefeito de Colinas, Dr. Antônio Carlos (PSB), depois de promover a maior farra de nepotismo no Maranhão (reveja), contratou uma empresa não especializada e muito menos habilitada para realizar os serviços de coleta de lixo.

Foi através da Secretaria Municipal de Obras que a empresa Serviços de Obras e Construções Civil Ltda., foi contemplada no processo licitatório para fazer a limpeza da cidade. Ocorre, porém, que empresa é habilitada para promover preparatórios para concursos públicos, serviços de aluguel de palco para show, bem como consultoria em gestão empresarial e construção civil.

A Serviços de Obras e Construções Civil Ltda., foi contratada pelo prefeito de primeiro mandato Antônio Carlos – que derrotou o grupo político do deputado federal Carlos Brandão (PSDB) e de seu irmão, o ex-prefeito José Henrique Brandão -, por quase R$ 2 milhões. Abaixo a publicação do contrato e as habilitações da empresa, conforme Cadastro Nacional da Receita Federal.

Publicação no DO.

Publicação no DO.

Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.

Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Prefeito é denunciado por ‘forjar licitação’ em Colinas

Blog do Ademar Sousa, com edição

Prefeito Dr. Antonio Carlos.

Prefeito Dr. Antônio Carlos.

Várias empresas do ramo gráfico e de outros segmentos não conseguem participar das licitações anunciadas pela Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal de Colinas. De acordo com relatos de representantes das empresas, que lá comparecem para obter o edital de licitação que lhes dar o direito de concorrer ao certames, o presidente da Comissão e o pregoeiro simplesmente são fantasma, pois nunca são encontrados para atender os fornecedores interessados em participar dos eventos licitatórios anunciados na imprensa e nos órgãos de controle externo, no caso o Tribunal de Contas do Estado.

Segundo eles, hoje mesmo, por exemplo, está previsto para acontecer uma licitação destinada a contratação empresa para fornecimento de materiais gráficos, cuja licitação já foi denunciada a Promotoria Pública, que tem a frente a promotora Francisca Ferreira da .S Barros, com pedido de cancelamento porque os representantes das empresas interessados em participar do certame não receberam o edital. A crescentaram que fizeram inumeras tentativas visando a obtenção do documento e não tiveram êxito porque o presidente da CPL “sumiu”.

Os representantes das empresas disseram ainda que a conversa que corre nos bastidores da Prefeitura é que o sobrinho do prefeito teria montado uma empresa do ramo e o contrato oriundo da licitação seria pra ele, razão pela qual nunca iriam conseguir concorrer por conta desse “esquema para forjar a licitação”.

Casos em que prefeitos se utilizam do cargo para favorer empresas não ocorrem apenas em Colinas. Em dezembro do ano passado, o prefeito de Buriticupu, Antônio Marcos de Oliveira, o “Primo”, foi condenado a 2 anos de detenção em regime inicialmente aberto e ao pagamento de multa de R$ 28.053,60 por influenciar resultado de processo licitatório em favor da Stac Engenharia Ltda. A empresa seria contratada para prestar serviços de abastecimento de água em povoados do município. A decisão é da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

De acordo com o relator do processo, desembargador José Bernardo Rodrigues, o prefeito utilizou-se de vários expedientes para reduzir o caráter competitivo da licitação, com a intenção de afastar competidores indesejáveis e dirigir o resultado em favor da empresa adjudicatária.

Oliveira teria restringido a publicidade do processo licitatório, deixando de cumprir a Lei nº 8.666/93, uma vez que a tomada de preços não teve sua publicação em jornal de grande circulação do Estado ou Município.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.