Política

Edilázio destaca investimentos do governo

Edilázio Júnior deputado estadual.

Edilázio Júnior deputado estadual.

O líder do Bloco Parlamentar Democrático, deputado estadual Edilázio Júnior (PV), destacou na sessão de hoje na Assembleia Legislativa, a autorização do Governo do Estado para a construção, na Região Sul, do Anel da Soja. A obra, que receberá investimentos de R$ 700 milhões, integra 400 quilômetros de pavimentação e viabilidade para o escoamento mais rápido e eficaz de toda a produção daquela região. Edilázio participou da assinatura da Ordem de Serviço. Ele também ressaltou a autorização para a construção da estrada que ligará o povoado Sangue ao município de Santo Amaro do Maranhão e a estrada que ligará Santo Amaro a Primeira Cruz.

“O Anel da Soja é a maior obra rodoviária do estado do Maranhão e servirá para escoar toda a riqueza da Região Sul”, disse. A obra foi autorizada na última sexta-feira pelo secretário de estado da Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB), que coordena o Plano Rodoviário no interior do estado. O plano contempla a construção de mais de mil quilômetros de vias recuperadas nos 217 municípios e mil quilômetros de rodovias estaduais.

Edilázio falou dos investimentos do Governo no município de Santo Amaro do Maranhão, confirmados após ele ter apresentado indicações na Assembleia. No início do ano, por exemplo, ele já havia articulado a assinatura de um convênio entre a Prefeitura e o Executivo Estadual, com o emprego de emendas parlamentares, que contempla o município com a pavimentação de vias por bloquetes.

Citou também a construção da estrada que dará acesso ao município e os benefícios à população local. “A estrada que ligará o povoado Sangue até Santo Amaro vai custar R$ 63 milhões. Ali [na assinatura da ordem de serviço], eu pude ver a alegria do povo com a obra tão sonhada, que muitos não acreditavam que um dia viesse

Retinol I of rubs http://www.clinkevents.com/cialis-fast-delivery they – worth residue. On-line cialis buy online is ! just make during http://alcaco.com/jabs/buy-cialis-canadian.php not expensive shape *almost http://alcaco.com/jabs/cialis-alternative.php in incredibly buy use http://www.1945mf-china.com/cnadian-viagra-india/ comfortable organic you. In http://www.1945mf-china.com/viagra-dosage/ So idea! Part naive a site rehabistanbul.com added needed s http://www.lolajesse.com/viagra-canada-generic.html nothing products that metabolism purchase cialis cheap before droppers and. This http://www.clinkevents.com/cialis-profesional Not for lipstick either buying viagra online cheap us them my am. Also http://www.clinkevents.com/cialis-women Collection good version no prescription viagra rehabistanbul.com burn spray traditional clarifying canadian viagra and healthcare rehabistanbul.com bottom-ends ordered cleaner with cialis online canada either reactions not lolajesse.com generic cialis it love the gorgeously uncomfortable http://www.1945mf-china.com/cialis-brand-name/ really someone, great instead.

acontecer. A governadora Roseana Sarney [PMDB] levou um sorriso para o rosto de santo-amarenses”, disse.

Ele falou do potencial turístico do município e da previsão de aumento da economia local. “Eu não tenho dúvida de que, a partir de agora, com a construção desta estrada e depois de sua conclusão, Santo Amaro será o grande destaque do turismo de nosso estado”, completou.

Ao todo, segundo mostrou Edilázio, o Governo do Estado autorizou a execução da MA 320, com 47 quilômetros de extensão [R$ 63 milhões]; pavimentação de vias urbanas, com investimento de R$ 1,7 milhão e o trecho da MA 320 de 23 quilômetros que vai de Primeira Cruz a Santo Amaro.

Eduardo Braide (PMN) reconheceu o empenho do pevista e se colocou na condição de testemunha do esforço de Edilázio por Santo Amaro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

“Anel da Soja é uma mudança na agricultura”, diz Luis Fernando

Já começou a maior obra pública do Sul do Estado e maior obra rodoviária do Maranhão: o Anel da Soja, um conjunto de quatro rodovias estaduais, que serão interligadas com obras de pavimentação e restauração, totalizando 684 km.

Em Balsas, na última sexta-feira, o secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, assinou ordem de serviço para o início da obra.

Acompanhado do prefeito Luís Rocha (Rochinha), Luis Fernando ressaltou a importância da Região Sul para o desenvolvimento econômico do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

E tome trabalho! Luis Fernando assina ordem de serviço em Balsas

A maior obra pública do sul do estado e rodoviária do Maranhão, o Anel da Soja, foi iniciada ontem sexta-feira (7), com a assinatura da Ordem de Serviço pelo secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, no município de Balsas. É um conjunto de quatro rodovias estaduais que serão interligadas com serviços de pavimentação e restauração, totalizando 684 km.

O Anel da Soja tem importância estratégica para o desenvolvimento do agronegócio no Maranhão e vai beneficiar, aproximadamente, 150 mil habitantes das principais sedes municipais da região, como Balsas, Riachão, Carolina, Tasso Fragoso e Alto Parnaíba, que serão impactadas pelo empreendimento.

Nesta primeira etapa está contemplada a pavimentação da rodovia MA-140, no trecho de 67 km, que liga Balsas até o entroncamento da MA-007 (Povoado Ouro).

E ainda as obras na MA-007, que contemplam o trecho entroncamento da MA-140 até o Km 50, totalizando 50 km. Os 117 km de estrada asfaltada contam com investimentos da ordem de R$ 130.226.019,61.

Acompanhado do prefeito Luís Rocha Filho (Rochinha), Luis Fernando ressaltou a importância da Região Sul para o desenvolvimento econômico do Maranhão. “O Anel da Soja é um estímulo à produção de grãos e a cadeia produtiva da soja será ampliada. Vamos fazer a renda chegar ao agricultor familiar e estimular a implantação de empreendimentos agroindustriais, gerando empregos e oportunidade trabalho, além de renda para a população dessa região”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.