Poder

Em casa, Brasil tem noite de gala no UFC

Do MSN

José Aldo segue como campeão mundial dos pesos pena do UFC. O brasileiro conseguiu uma incrível joelhada, nocauteou Chad Mendes no finalzinho do primeiro round e manteve o seu cinturão. Elétrico desde o momento que entrou na Arena HSBC, o brasileiro não conteve a emoção, quebrou todos os protocolos e se jogou para comemorar com a torcida.

Aldo se mostrou empolgado desde as primeiras notas de sua música de entrada. O brasileiro apareceu no telão balançando muito a cabeça, seguindo ritmo da canção e tentando manter a concentração. O campão estava tão elétrico que quase não deixou o médico fazer o seu trabalho na lateral do octógono. Ele teve de passar vaselina no rosto do lutador com Aldo mexendo bastante a cabeça.

Com a luta em andamento, Aldo deixou a adrenalina baixar e estudou bastante o adversário antes de tentar golpear. Como antecipado por Gray Maynard, que ajudou o campeão nos treinos, o brasileiro mostrou uma defesa de queda afiadíssima. E á vitória veio justamente após Aldo se manter de pé pressionado contra a grade por cerca de um minuto. Já no final do primeiro round, o brasileiro se desvencilhou e acertou uma rápida e surpreendente joelhada no rosto do rival, que caiu quase apagado.

A vitória foi a 21ª na carreira de José Aldo, a 14ª consecutiva. O brasileiro é visto como um dos melhores pound for pound do UFC, mas andava sendo contestado por ter levado a melhor apenas na decisão dos jurados em seus dois últimos combates. Já Chad Mendes chegou ao Brasil invicto. O norte-americano tem agora 11 vitórias e um revés na carreira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Itaú, Oi, Claro e Tim lideram lista de reclamações no Procon

A maior parte das reclamações dos consumidores aos Procons em 2011 concentrou-se nos segmentos financeiros e de telecomunicações. Dos 1,6 milhão de atendimentos registrados ao longo do ano, 81,9 mil foram relacionadas ao grupo Itaú, seguido pela Oi (80,8 mil), Claro-Embratel (70,1 mil) e Tim-Intelig (27,1 mil).

O boletim do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (Sindec), divulgado hoje (13) pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, mostrou que assuntos financeiros, telecomunicações e alguns produtos como aparelho celular, computadores, dvds, móveis e eletrodomésticos de linha branca somam 57,75 % do total de atendimentos.

Entre os problemas enfrentados pelos consumidores estão as cobranças (35,46%), ofertas (19,99%), contratações (11,62%) e qualidade (11,19%).

As mulheres representam 54,69% das pessoas que procuraram os Procons em 2011. A maioria dos consumidores tem entre 31 e 40 anos. Os jovens até 20 anos somam 2,12%, o menor percentual registrado. Porém, é um número importante, pois representa mais de 22 mil jovens consumidores que conscientes de seus direitos procuraram os Procons.

 Da Agência Brasil


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Realizada campanha de vacinação anti-rábica em São José de Ribamar

Doses da vacina oferecidas gratuitamente durante todo sábado em São José de Ribamar.

A Prefeitura de São José de Ribamar realizou, ontem, 14,  a primeira etapa da campanha municipal de vacinação anti-rábica animal do ano de 2012.

Durante todo o dia, das 8h às 17h horas, doses da vacina foram oferecidas gratuitamente em todas as Unidades Básicas de Saúde, nos Centros Municipais de Saúde Honório Gomes e Kiola Costa, no Hospital Municipal e em postos volantes que serão instalados em regiões estratégicas do município de São José de Ribamar.

A raiva é uma doença causada pelo vírus rábico, transmitido ao homem pelo contato com animais doentes, através de mordedura, arranhadura e lambedura.

 A vacinação é a única forma de prevenir que o animal venha desenvolver a raiva e transmiti-la ao homem. A raiva é uma doença fatal ao ser humano. É importante que a população ribamarense saiba que deve evitar deixar seu animal solto nas ruas e que, em caso de mordida de cachorro ou gato, procurar imediatamente uma Unidade de Saúde mais próxima, onde será avaliado, orientado, e de acordo com o caso, vacinado ou não.  

Existem três tipos de raiva: a raiva furiosa começa com um período inicial chamado “melancólico”, que dura de algumas horas até 3 dias. Neste período o que chama a atenção é a mudança na conduta do cão, que tem seus hábitos totalmente alterados.

A raiva muda é o segundo tipo de raiva que pode atacar os cães e todos os sintomas iniciais da raiva furiosa são mantidos no seu período melancólico. O cão apresenta-se muito sonolento como se estivesse intoxicado. Ao contrário da Raiva Furiosa, não vagueia nem apresenta excitação, podendo mesmo estar calmo “além da conta”. Em seguida o cão começa a apresentar as primeiras paralisias, especialmente no maxilar (queixo caído), mantendo a boca aberta constantemente. Os sintomas agravam-se até levar à morte do cão.

Já a raiva intestinal o cão apresenta vômitos, cólicas e gastroenterite hemorrágica e apesar de não apresentar sinais de agressividade nem paralisia, morre em 2/3 dias. É o tipo mais raro de raiva.

No homem, a raiva apresenta basicamente os mesmos sintomas que os animais, sendo que os mais importantes são a aerofagia (sensação de falta de ar ou “estrangulamento”, causada pelos espasmos da faringe) e a hidrofobia (horror à água), além de sensação de angústia, insônias e hipersensibilidade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mestre de bumba meu boi Seu Teodoro morre aos 91 anos

Do G1

Mestre de bumba meu boi Seu Teodoro morre aos 91 anos

Mestre de bumba meu boi Seu Teodoro morre aos 91 anos

Morreu às 3h20 deste domingo (15), no Hospital Santa Helena, em Brasília, o mestre de bumba meu boi Teodoro Freire, mais conhecido como Seu Teodoro. De acordo com informações da assessoria do Centro de Tradições Populares, ele estava com 91 anos e sofria de enfisema pulmonar.

O velório será realizado no Centro de Tradições Populares, em Sobradinho, a partir das 13h deste domingo.

Natural da cidade maranhense de São Vicente Ferrer, Seu Teodoro chegou a Brasília em 1962. Ele trabalhou na Universidade de Brasília (UnB) e, em 1963, abriu o Centro de Tradições Populares, que, na época, se chamava Sociedade Brasiliense de Folclore. O espaço busca disseminar a cultura do bumba meu boi, além de divulgar as festas e danças dessa manifestação da cultura e folclore brasileiro.

A família de Seu Teodoro informou que vai manter o festejo de São Sebastião até 20 de janeiro, mas a festa de aniversário de 49 anos do bumba meu boi e tambor de crioula será cancelada. “Não há mais clima”, afirmou Guarapiranga Freire, filho de Seu Teodoro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ativista dos direitos animal e ambiental participará da manifestação em São Luís

Ativista dos Direitos Animal e Ambiental, a médica em Saúde Pública, Medicina Ocupacional e bacharel em Direito, Dra. Diana Serra, ex-coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses de São Luís (CCZ) e médica do Corpo de Bombeiros, aceitou o convite da direção do Projeto “Patas em Ação” e entidades de proteção animal do Maranhão para participar da manifestação nacional “Crueldade Nunca Mais”.

O ato público será realizado no dia 22 deste mês, às 10h, na Avenida Litorânea, com concentração em frente à Barraca do Henrique. A coordenadora do projeto, Andréa Ricci, pede aos protetores, defensores e apoiadores da causa para vestirem camiseta branca durante a manifestação pacífica e não levarem animais de estimação. O evento posiciona o Maranhão na defesa nacional dos animais que sofrem violência.

Também é uma resposta ao que representa o assassinato do cãozinho da raça Yorkshire, brutalmente agredido por uma enfermeira na cidade de Formosa (GO).

Segundo Ricci, “o Projeto “Patas em Ação” combate os maus tratos contra animais e representa o movimento na região metropolitana de São Luís. Já desenvolve trabalhos de proteção, reabilitação e adoção de animais de rua”, disse Andréa Ricci.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

5ª edição da Noite Tá Louca (Xoxota Louca) vira sensação na internet

Noite da xoxota louca

Noite da xoxota louca

Aconteceu a 5ª edição da Noite Tá Louca (Xoxota Louca), um desfile de sensualidade e beleza capaz de colocar novamente o povoado de “Maranhão Novo”, no estado do Maranhão, em novo destaque na mídia local e nacional.

O evento idealizado todos os anos por Marinalva Chagas, bombou no You Tube, na 4ª edição que ocorreu em junho do ano passada tornando-se conhecido na rede mundial de computadores por um escatológico concurso de beleza que obteve mais de 2,1 milhões de acessos. A animação fica sempre por conta do DJ Curinaldson.

A competição fez tanto sucesso, que em sua nova edição será novamente o novo hit do momento na internet. Confira abaixo


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Morte de bebê durante parto em Chapadinha ganha repercussão nacional

Do G1, em São Paulo

Criança é degolada em pleno parto

Criança é degolada em pleno parto

Familiares de Maria Concebida de Jesus, de 30 anos, estão revoltados com a morte do terceiro filho dela, que foi entregue aos pais, logo após o parto, em uma caixa de sapatos, disse a avó, Osmarina de Jesus.

Segundo ela, o bebê foi “decepado” pelo obstetra Sergio Souza Barbosa, que fez o parto no Hospital das Clínicas em Chapadinha, cidade de pouco mais de 70 mil habitantes.

Barbosa afirmou ao G1 que teve que fazer o procedimento de cortar o pescoço do bebê porque o corpo da criança estava preso, com parte das pernas para o lado de fora da pélvis e a cabeça ainda dentro do útero. “O bebê chegou ao hospital morto. Eu tive que fazer uma cesárea e cortar a cabeça para poder tirar o bebê e
conseguir salvar a mãe”, disse ele.

A avó diz não ter recebido explicações do hospital e do obstetra sobre o caso. “Estávamos esperando com um berço e o médico me chama para dizer que havia tentado salvar a criança, mas não conseguiu. Me entrega o bebê em uma caixa de sapato, com o pescoço enfaixado”, reclama. Ela contou que, ao mostrar o bebê morto para parentes e amigos, perceberam sangue no corpo e resolveram tirar a faixa.
“Foi neste momento que vimos que o pescoço havia sido decepado”, lembra.

“O bebê não tinha condições de sair por parto normal, estava em posição sentada e isso já era constatado pelo ultrassom. O médico devia ter feito uma cesárea e resolveu fazer parto normal. Tentou puxar a criança pelo pescoço e ela não saiu e acabou dando nisso”, disse Osmarina. “Eu estava esperando o bebê com fraldas, e não com um caixão”, acrescentou a mãe do bebê, Maria Concebida.

Versão do médico – O médico Barbosa disse que a gestante tinha cesárea prevista para ser realizada nesta
sexta-feira (13), mas chegou ao hospital em trabalho de parto por volta das 16h de quinta-feira (12) e que o parto normal foi necessário porque “a criança já estava com as pernas e parte do quadril para o lado de fora, e com a cabeça presa na vagina”.

“Chamamos isso na medicina de cabeça derradeira. Eu tentei fazer manobras para liberar a cabeça, mas estava presa. Como o bebê não tinha batimentos, estava morto, busquei salvar a mãe.”

“Eu tinha que tomar uma atitude. Se não, a mãe poderia morrer. Tive que abrir, fazer a cesárea e cortar o bebê, tirando a cabeça pela barriga. Expliquei para a mãe e a avó, mas elas acham isso algo fantasmagórico. Deviam estar me vangloriando por salvar a vida dela (da mãe)”, afirmou Barbosa.

A secretária municipal de Saúde de Chapadinha, Maria Jose Pereira Coutinho, disse acreditar que o médico agiu de forma correta, mas instaurou um procedimento para apurar o que ocorreu e acionou o Conselho Regional de Medicina. O corpo foi levado para perícia no Instituto Médico Legal (IML) e a família registrou um boletim de ocorrência sobre o caso.

Procedimento para salvar a mãe – A pedido do G1, o ginecologista e obstetra José Bento de Souza analisou o caso. Ele afirma que a primeira coisa que o médico deve tentar em casos de “cabeça derradeira”, quando a cabeça do bebê fica presa, é tentar aumentar a dilação e expelir a cabeça por baixo. Já quando o bebê está morto, como o médio Barbosa relatou que ocorreu no Maranhão, o objetivo é salvar a vida da mãe, pois, caso o parto demore, há risco de infecções ou hemorragia.

“Se o bebê está morto e a cabeça presa, existe a possibilidade de, com uso de instrumentos, esvaziar a cabeça e fazê-la sair por baixo. Mas, se ele não tinha instrumentos, a prática feita pelo médico, pelo que foi descrito, está correta, este procedimento de decepar a criança existe”, explicou Bento. “Ele fez o que
podia para salvar a mãe. A família está julgando-o por ter decepado a criança, mas deviam tê-lo louvado por salvar a mulher”, afirmou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Atenção motoristas! O IPVA não é documento de porte obrigatório

Por Milton Corrêa da Costa

Os recentes problemas de alterações de dados, enfrentados por proprietários de veículos, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro, na impressão, no sistema atual, do boleto da Guia de Regularização de Débito (GRD), visando o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), tem trazido certa dúvida e mesmo preocupação a proprietários e condutores de veículos  quanto à fiscalização de trânsito em vias públicas, no que tange à obrigatoriedade ou não do porte obrigatório da quitação da parcela correspondente do citado imposto ou de sua cota única, dentro do calendário estabelecido pelo Estado.

De início convém esclarecer que o IPVA, cobrado anualmente de acordo com a legislação específica de cada Estado e instituído em território nacional através da Emenda Constitucional 27 de 28 de novembro de 1985, pondo fim à antiga Taxa Rodoviária Única (TRU), usada para manutenção de estradas e rodovias, não tem relação direta com prestação de serviço (asfaltamento em ruas, colocação de sinais etc.) como tinha a antiga Taxa Rodoviária Única. Trata-se de receita do Distrito Federal, Estados e Municípios utilizada para as despesas normais com a administração (educação, saúde, segurança, saneamento etc.). Do produto de sua arrecadação, 50% é destinado ao estado federativo e os outros 50% ao município onde estiver licenciado o veículo.

O IPVA é pago anualmente pelos proprietários de veículos automotores: automóveis, ônibus, caminhões, motocicletas, tratores, jet-skis, barcos, lanchas, aviões de esporte e lazer. O imposto é calculado ( a tabela é anual) e cobrado –cada Estado tem valores diferenciados- pelas Secretarias de Estado de Fazenda, com percentuais ( alíquotas) aplicadas como base de cálculo do tributo, variando de acordo com o ano de fabricação do veículo, modelo, espécie e origem de fabricação, se nacional ou importado. Conforme o site do DETRAN/RJ, estão isentos de pagamento do IPVA, no âmbito do Estado do Rio de Janeiro, podendo variar para cada estado federativo:

• Veículos de entidades filantrópicas, devidamente registrados;

• Veículos de aluguel (táxis de propriedade de profissionais autônomos), reboques e similares;

• Veículos adaptados a portadores de deficiência física;

• Veículos oficiais (federais, estaduais e municipais);

• Veículos com mais de 15 anos de fabricação (variável especificamente tal regra de acordo com a legislação específica de cada Estado; em São Paulo estão isentos os veículos com mais de 20 anos de fabricação).

Dito isto, convém agora esclarecer aos condutores de veículos, para que não sejam vítimas em vias públicas da má intenção e consequente extorsão por parte de alguns agentes da autoridade de trânsito – uma parte destes desconhecem a própria norma em vigor do Conselho Nacional de Trânsito- que, de acordo com a Resolução/ CONTRAN 205/06, que entrou em vigor em território nacional em 15 de fevereiro de 2007, o IPVA ( Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) NÃO É MAIS DOCUMENTO DE PORTE OBRIGATÁRIO, sendo revogada a Resolução 13/98, que até então estabelecia que o IPVA era também um dos documentos de porte obrigatório. A Resolução 205/06 estabelece que a PERMISSÃO PARA DIRIGIR ( documento inicial de primeira habilitação), a CARTEIRA  NACIONAL DE HABILITAÇÃO e o CERTIFICADO DE REGISTRO E LICENCIAMENTO DE VEÍCULO (CRLV), somente em suas originais, não sendo válidas suas cópias, são hoje os documentos do porte obrigatório do motorista. Se, no entanto, a carteira estiver vencida com mais de 30 dias do prazo de validade, consitui infração gravíssima, com perda de 7 pontos no prontuário. O CRLV também tem que estar dentro do exercício de validade anual,  válido até a data-limite do próximo licenciamento de acordo com o calendário de cada Departamento Estadual de Trânsito, por final de placa, ou de acordo com o procedimento específico de cada Estado na emissão do documento. 

Esclareça-se que o IPVA, quitado juntamente com o DPVAT  e as taxas de serviço, nas datas previstas em calendário fixado por cada Estado, é condição necessária, como no caso do Rio de Janeiro, para agendamento, vistoria do veículo e a concessão do documento de licenciamento anual, após a aprovação na inspeção veicular e na de gases poluentes. Vale lembrar que boa parte dos estados da federação ainda não realizam a inspeção veicular anual nem a inspeção de gases poluentes. No Estado do Rio de Janeiro, numa nova regra, já válida para o ano de 2012,  os carros, motos, triciclos e quadriciclos que poluam o ar de forma exagerada serão reprovados e terão 30 dias para regularem os motores e  retornarem ao posto de vistoria. Os que poluírem de forma branda serão liberados, com a observação de inapto no documento.

Dito isto, convém agora esclarecer aos condutores de veículos, para que não sejam vítimas em vias públicas da má intenção de alguns agentes da autoridade de trânsito – alguns destes ainda desconhecem a própria norma em vigor do Conselho Nacional de Trânsito- que, de acordo com a Resolução/ CONTRAN 205/06,  em vigor em território nacional desde 15 de fevereiro de 2007, o IPVA ( Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) NÃO É MAIS DOCUMENTO DE PORTE OBRIGATÓRIO, sendo revogada a Resolução 13/98, que até então estabelecia que o IPVA era também um dos documentos de porte obrigatório.

A Resolução 205/06 estabelece que a PERMISSÃO PARA DIRIGIR ( documento inicial de primeira habilitação), a CARTEIRA  NACIONAL DE HABILITAÇÃO e o CERTIFICADO DE REGISTRO E LICENCIAMENTO DE VEÍCULO (CRLV ; documento anual), somente em suas originais, não sendo válidas suas cópias, são hoje os documentos do porte obrigatório do motorista. Se, no entanto, a carteira estiver vencida com mais de 30 dias do prazo de validade, constitui infração gravíssima, com perda de 7 pontos no prontuário do motorista. O CRLV também tem que estar dentro do exercício de validade anual,  válido até a data-limite do próximo licenciamento de acordo com o calendário por final de placa ou conforme a regra e procedimento estabelecido para cada estado-membro.

 Aos agentes de trânsito fica o lembrete de que EXTORSÃO (o ato de obrigar alguém a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, por meio de ameaça ou violência, com a intenção de obter vantagem, recompensa ou lucro), com a ameaça, por exemplo, de rebocar o veículo para depósito por falta do comprovante do IPVA, o que é ilegal conforme esclarecimento acima, constitui crime tipificado no Artigo 158  do Código Penal Brasileiro, com pena de reclusão, de 4 (quatro) a 10 (dez) anos, e multa.

Aos condutores de veículos fica a lembrança de que é dever de cada um cumprir as regras de circulação de trânsito, em rodovias, estradas e vias urbanas. Trânsito é meio de vida, não de mortes, mutilações, dor e sofrimento. Se for dirigir não beba. O uso do álcool ao volante tem sido causa de grandes tragédias no trânsito brasileiro. Preserve a vida. Dirija com atenção e os cuidados indispensáveis à segurança de trânsito.

Milton Corrêa da Costa
Coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bia Venâncio entrega Casa do Trabalhador em Paço do Lumiar

Ato da assinatura da Prefeita para o funcionamento da Casa

Ato da assinatura da Prefeita para o funcionamento da Casa

A comunidade de Paço do Lumiar ganhou nesta quinta-feira a Casa do Trabalhador entregue pela secretaria de desenvolvimento social que conta com o apoio da secretaria de estado de trabalho e economia solidária, IFMA e outras instituições.

Esteve presente na solenidade de entrega o secretário de estado José Antônio Heluy, representando o secretário de assistência solidária Chico Gomes compareceu a subsecretária Ana Calvet, o pró-reitor de extensão do IFMA o professor Torreão além dos vereadores do município e secretários da administração de Paço do Lumiar.

A Casa do Trabalhador que vai atender a comunidade oferecendo curso de capacitação técnica e varias áreas de atuação, cursos esses oferecidos pelo IFMA através do programa do governo federal PROMATEC, serão cerca de 80 vagas para mais de 15 cursos técnicos profissionalizante.

O secretário de desenvolvimento social Augustos Gomes depois de ter ampliado a cobertura do “Bolsa Familia” no município para quase 14 mil beneficiados que insere uma circulação de renda de 1 milhão e meio na cidade e começa o ano já com a entrega da Casa do Trabalhador.

Politicas Publicas:

O secretário de estado de trabalho e economia solidária Jose Antônio Heluy destaca a importância que tem os municípios aplicar politicas publicas na área do desenvolvimento do trabalho assim como a capacitação da mão de obra ou seja da população luminense, desta forma caminhamos para a erradicação da extrema pobreza e a geração da autonomia financeira da população.

A prefeita Bia Venâncio mais uma vez parabenizou seus secretários pelos excelentes trabalhos feitos por eles em suas pastas e em especial ao secretário Augustos Gomes do desenvolvimento social e sua adjunta Ana Carla que não medem esforços para buscar soluções para garantir benefícios na área social do povo luminense.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.