Poder

21 carros da Cemar pegam fogo em galpão da empresa GB Engenharia; veja o vídeo

Um vídeo publicado no you tube na última quarta-feira, 01, mostra um grande incêndio no galpão da empresa GB Engenharia de propriedade de Júlio César, localizada na estrada da Vitória em São Luis.

No galpão havia 21 carros de modelo Fiat Uno, de propriedade da Cemar. Os fogo se alastrou por todos os veículos; veja abaixo o vídeo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Portal da família Sarney já divulga gestão de Sebastião Madeira

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB) que passou anos ao lado do ex-governador falecido Jackson Lago (PDT), fingindo descaradamente ser oposição. Mão se passaram um ano, ele  já não esconde mais o seu alinhamento político à oligarquia da famiglia Sarney e ao deputado federal, Chiquinho Escórcio (PMDB).

Madeira e Escórcio ja foram inimigos mortais

Madeira e Escórcio ja foram inimigos mortais

Para surpresa de todos, no último dia, 23, do mês passado, o portal miranteano da famiglia Sarney destacou a Prefeitura de Imperatriz com a realização do concurso público que acontecerá no dia 26 deste mês. Muito estranho e inusitado!

A que ponto se submeteu o gestor em incluir seu desafeto o deputado federal Chiquinho Escórcio em seu leque de amizades, bem como é observado e bastante comentado nos corredores da Câmara Federal onde foram vistos percorrendo em Brasília.

O desgosto de familiares do saudoso Jackson Lago com o prefeito tucano de Imperatriz, Sebastião Madeira, é indiscutível.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

UniCeuma afirma que uma vez comprovada a fraude, diplomas serão anulados

Campos do Uniceuma Renascença

Campos do Uniceuma Renascença

A Superintendência Especial de Investigação Criminal (Seic) identificou 240 alunos do Uniceuma que teriam sido beneficiados pela fraude de adulteração da notas, de acordo com a assessoria de comunicação da própria Instituição de Ensino Superior.

Alguns, já na condição de reprovados, conseguiram receber o diploma e hoje estão atuando irregularmente como profissionais na área de formação.

Caso comprovada a ilicitude e participação dos alunos, estes serão punidos criminalmente e submetidos à Comissão de Ética da Instituição. Aos que tiveram diplomas concedidos irregularmente, estes serão anulados, afirmou a assessoria.

Os nomes dos envolvidos já foram enviados à Seic pela reitoria da faculdade e estão sendo apurados um a um. O objetivo é confirmar se as notas atribuídas irregularmente eram com a conivência do aluno beneficiado. Veja abaixo alguns envolvidos

Jéssica Albuquerque – cursando ainda Enfermagem; filha do vereador de São Luís Sebastião Albuquerque.

Adolfo Chaves Cruz – ex-aluno formado em Direito; filho da presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), desembargadora Anildes Chaves Cruz. Em depoimento colhido pela Seic, Adolfo teria contribuído nas investigações numa espécie de “delação premiada”.

Aline Lago – formada em Odontologia; teria sido aprovada em 12 disciplinas com a ajuda do esquema no banco de dados da Universidade; é sobrinha do ex-governador do Maranhão Jackson Lago (falecido em abril).

Bernardo Milhomem – cursando ainda Direito; conhecido por Almôndega é filho do deputado estadual Antônio Pereira (DEM).

Do Imparcial


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

CNJ: a vitória da democracia, da transparência e da igualdade perante a Lei

Por Milton Corrêa da Costa

O dia 02 de fevereiro de 2012 ficará marcado, na história-pátria, como o dia em que, após quase 123 anos de Brasil-República, foi definitivamente ratificado, no estado democrático brasileiro, o pressuposto constitucional de que todos são iguais perante a lei. Ou seja, todos podem ser investigados por seus atos, inclusive magistrados e também publicamente.

O Supremo Tribunal Federal, ainda que numa difícil votação entre seus ministros (6×5), devolveu ao Conselho Nacional de Justiça o direito de investigar magistrados por desvios de conduta, independentemente de ações nas corregedorias dos tribunais estaduais. E mais, para o bem da democracia processos disciplinares contra juízes serão julgados em sessão pública. Ou seja: o controle externo e transparente do Poder Judiciário está consolidado, após mais de um século de república.

A grande verdade é que até o rumoroso caso do Juiz Nicolau ( apelidado de “Juiz Lalau”), hoje recolhido à prisão domiciliar, em razão da idade, pouco se sabia sobre crimes e condutas desviantes de juízes e desembargadores. No máximo tinha-se notícia de crimes passionais que envolviam magistrados. Prevalecia até então a dura e realista afirmativa da insigne ministra corregedora do CNJ, Eliana Calmon, de que “havia bandidos escondidos atrás da toga”. Mais do que ninguém ela sabe.

Em qualquer profissão, e magistrados como seres humanos estão propícios também sujeitos aos atos falhos e à fraqueza moral, há bons e maus profissionais. Há bons e maus servidores públicos ou não. Desembargadores, juízes, políticos, autoridades governamentais, autoridades policiais, agentes da autoridade, médicos, militares de alta patente, dirigentes de empresas privadas, engenheiros, fiscais de renda, diretores de estatais e autarquias, conselheiros de tribunais de contas, etc.., etc.., na obtenção de vantagem indevida ( crime de concussão quanto se trata de servidores públicos), cometem gravíssimos desvios de conduta no exercício do cargo ou crimes diversos fora de suas atribuiçoes em sua vida privada, atentatórios ao decoro de classe. Precisam, pois, sem exceções e privilégios, ser fiscalizados e prontamente investigados na existência de indícios de condutas indevidas e, sobretudo de forma transparente.

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), que arguiu junto ao STF os poderes do Conselho Nacional de Justiça, deve também comemorar a decisão histórica. A imensa maioria de desembargadores e juízes que cumprem com denodo e honradez a nobre missão – muitos ameaçados de morte- nada tem a temer. Há agora, definitivamente, a real possibilidade de separar o joio o trigo. Todos, de uma vez por todas, são agora iguais perante a lei, inclusive magistrados.

O espírito de corpo terá que prevalecer sempre sobre o corporativismo que é nefasto a qualquer classe de profissionais. A última possibilidade de perpetuação de uma indesejável ‘caixa-preta’chegou ao fim. Para o bem da democracia, o princípio da transparência dos atos públicos, a começar pelo Poder Judiciário, foi restabelecido. Comemoremos, para sempre, o 02 de fevereiro de 2012. O Estado Democrático de Direito saiu vitorioso. Sem justiça transparente não há democracia.

Milton Corrêa da Costa é coronel da reserva da PM do Rio de Janeiro


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bira do Pindaré lança pré-candidatura a prefeito de São Luís

O deputado Estadual lança, nesta sexta – feira (03), pré-candidatura à prefeitura de São Luís, no Restaurante Picuí Tábua de Carne, no bairro Ponta da Areia. Toda sociedade maranhense, movimentos sociais, trabalhadores e militantes estão convidados a se somar nesta luta por uma São Luís mais digna.

Este jantar é uma iniciativa política de várias tendências e coletivos do PT. Como a Militância Socialista, Articulação de Esquerda, a Democracia Socialista, o grupo Reboliço, Reage PT, lideranças importantes como Augusto Lobato, Silvio Bembem, o Deputado Dutra, Chico Gonçalves, Cintra, fundadores históricos Jomar, Teresinha Fernandes, e todos aqueles que são petistas autênticos e verdadeiros.

Silvana Serra, integrante da tendência militância socialista, vê no encontro desta sexta uma grande iniciativa que nasce da base da militância do PT e tem um desejo profundo de melhorar a vida do nosso povo.

O jantar acontece amanhã, a partir das 19 horas. “Todos que quiserem se somar a esta grande batalha estão convidados, compareçam e serão muito bem recebidos”, convidou o parlamentar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Recordar é viver: gravação feita pela Polícia Federal em diálogo entre a família Sarney

Operação “Boi Barrica” realizada pela Policia Federal do Brasil. Gravação telefônica feita no dia, 30, de março de 2008 ás 15h. Na ligação o diálogo entre Maria Beatriz Sarney e seu pai Fernando Sarney. Ouça abaixo:

Operação “Boi Barrica” realizada pela Policia Federal do Brasil. Gravação telefônica feita no dia, 02, de abril de 2008 ás 09h. Na ligação o diálogo entre Fernando Sarney e Aluísio Filho. Ouça abaixo:

Operação “Boi Barrica” realizada pela Policia Federal do Brasil. Gravação telefônica feita no dia, 02, de abril de 2008 ás 10h. Na ligação o diálogo entre José Sarney e seu filho Fernando Sarney, ligação feita por Aluísio Mendes. Ouça abaixo:

Operação “Boi Barrica” realizada pela Policia Federal do Brasil. Gravação telefônica feita no dia, 25, de março de 2008 ás 10h. Na ligação o diálogo entre João Fernando Gonçalves Sarney e seu pai Fernando Sarney para tratar sobre o descaso com o emprego de marajá que tem no Congresso Nacional. Ouça abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Com medo preso, Ricardo Murad diz está à disposição da Polícia Federal

Ricardo Murad

Ricardo Murad

Diante dos fortes indicius de desvio nos recursos federais utilizados pela Secretaria de Saúde do Estado,  onde poderá desencadear uma possível operação da Polícia Federal (PF) na Secretaria de Estado de Saúde, o secretário Ricardo Murad com medo de ser preso, encaminhou ofício, ontem,  quinta-feira (2), à direção nacional do Departamento da PF, em Brasília, com cópia para a Superintendência do órgão no Maranhão, se colocando à inteira disposição para eventuais esclarecimentos referentes à sua gestão, com o fornecimento de documentos que diz necessários à investigação, caso a demanda se concretize.

No ofício ao diretor Leandro Daiello Coimbra e ao superintendente Cristiano Barbosa Sampaio, o secretário afirma que “a partir deste momento a Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão está a sua inteira disposição para que seus agentes e delegados fiscalizem ou investiguem o que entender necessário”. E completou: “O que não se quer é essa onda de anúncios e mais anúncios de “operações” que não deixam de prejudicar o trabalho de um grupo de servidores que se dedica, e muito, em fazer a anunciada e necessária revolução no sistema de Saúde Pública do Maranhão, cujo único objetivo é garantir saúde de qualidade aos maranhenses”.

Ao argumentar que as anunciadas “operações” decorrem de iniciativas de cunho político perpetradas, inicialmente, pelo ex-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-MA), Raymundo Portelada, e pelo deputado Domingos Dutra, o secretário Ricardo Murad relatou que, dos recursos empregados no Programa Saúde é Vida, apenas 30% do custo de oito Unidades de Pronto Atendimento (UPA) – todas já construídas – são oriundos do Tesouro Nacional e cujas respectivas contas são prestadas com todo o rigor que exige o Ministério da Saúde.

Todas as “irregularidades” apontadas por Raymundo Portelada foram, no documento, classificadas como denúncias vazias. Segundo explicou o secretário, o preço de cada um dos 72 hospitais e de todas as UPAS obedece rigorosamente os valores praticados em obras da União e pela Caixa Econômica Federal, e que os procedimentos licitatórios foram públicos, obedecendo aos ritos legais.

“Obras pagas e não realizadas, de jeito nenhum. Todas elas estão de pé, muitas delas já funcionando plenamente, o que é facílimo de ser constatado, pois já estão atendendo a população do nosso Estado”, contestou o secretário, acrescentando que o Pleno do Tribunal de Contas do Estado, após acolher tais acusações, decidiu por reavaliar as denúncias, o que está sendo feito no momento.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Supremo decide por 6 a 5 que CNJ tem autonomia para investigar juízes

O Supremo Tribunal Federal decidiu por 6 votos a 5 que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tem autonomia para investigar e punir juízes e servidores do Judiciário. Com o resultado, perde  efeito decisão liminar (de caráter provisório) do ministro Marco Aurélio Mello que reduzia a autonomia do CNJ.

Plenário do Supremo durante análise de limites ao poder do CNJ (Foto: Nelson Jr. / SCO / STF)

Plenário do Supremo durante análise de limites ao poder do CNJ (Foto: Nelson Jr. / SCO / STF)

Ação proposta em agosto do ano passado pela Associação dos Magistrados do Brasil (AMB) contestava a competência do órgão para iniciar investigações e aplicar penas administrativas antes das corregedorias dos tribunais.

No processo, a entidade questionava a legalidade da resolução 135 do CNJ, que regulamenta processos contra magistrados e prevê que o conselho pode atuar independentemente da atuação das corregedorias dos tribunais.

Desde quarta-feira (1º), quando a votação foi interrompida devido à primeira sessão do ano do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os ministros decidiram debater a legalidade de cada item da resolução.

Os ministros Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski, Luiz Fux, Cezar Peluso e Celso de Mello foram a favor da limitação dos poderes do CNJ, com base na invalidação desse artigo. Gilmar Mendes, Ayres Britto, Joaquim Barbosa, Cármen Lúcia, Rosa Maria Weber e José Antonio Dias Toffoli por sua vez, votaram contra.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Veja os filhos dos "figurões" envolvidos na fraude do Uniceuma

O delegado Breno Galdino da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic), que investiga a fraude do esquema de notas do Centro Universitário do Maranhão (UniCEUMA), informou nesta quinta-feira, 2, que já foram identificados 700 envolvidos na fraude que beneficia alunos na “compra” de notas e a consequente aprovação em diversas disciplinas fraudadas na instituição.

Uniceuma

Uniceuma

O blog teve acesso a alguns nomes (veja abaixo) de acusados de participarem do esquema, que envolve principalmente filhos de figurões do estado. Na lista contém nomes de filhos da desembargadora, a filha de um vereador de São Luís, a neta do falecido ex-governador Jackson Lago, além de um filho do deputado da região Tocantina que o irmão é dono da Oscip “Bem Viver”, que mantém contratos com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Já a Seic acredita que o cabeça do esquema seja, o ex-funcionário conhecido por “Guru” que fez em torno de 400 alterações no sistema de emissão de notas do (Uniceuma), onde o mesmo cobrava os valores de R$ 1,500 ou de R$ 1,200 reais por cada cadeira.

Abaixo a lista de filhos de deputado, desembargadora e outros envolvidos.

Bernardo Milhomem – ex-aluno formado em Administração; conhecido por Almôndega é filho do deputado estadual Antônio Pereira (DEM).

Adolfo Chaves Cruz – ex-aluno formado em Direito; filho da presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), desembargadora Anildes Chaves Cruz. Em depoimento colhido pela Seic, Adolfo teria contribuído nas investigações numa espécie de “delação premiada”.

Aline Lago – formada em Odontologia; teria sido aprovada em 12 disciplinas com a ajuda do esquema no banco de dados da Universidade; é sobrinha do ex-governador do Maranhão Jackson Lago (falecido em abril).

Jéssica Albuquerque – cursando ainda Enfermagem; filha do vereador de São Luís Sebastião Albuquerque.

Nossa equipe tentou entrar em contato com os possiveis envolvidos no esquema, mas não conseguiu respostas.

Os envolvidos na fraude vão responder por formação de quadrilha e estelionato.

Além destes, o blog divulgará outros nomes de filhos e parentes de prefeitos. Aguardem!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Juiz Marcelo Pereira é empossado na comarca de Bequimão

A cerimônia no gabinete da presidente em exercício do TJMA

A cerimônia no gabinete da presidente em exercício do TJMA

O Tribunal de Justiça empossou o juiz substituto Marcelo Frazão Pereira no cargo de juiz de Direito da comarca de Bequimão, de entrância inicial. A assinatura do termo de posse aconteceu nesta quinta-feira (2), no gabinete da desembargadora Maria dos Remédios Buna, presidente em exercício do TJMA.

Pereira, 33 anos, ingressou na magistratura no concurso de 2009. Era juiz substituto da 15ª Zona Judicial e atuou nas comarcas de Balsas, Buriticupu, Tasso Fragoso, Montes Altos, Riachão, Alto Parnaíba e Amarante, antes de ser titularizado em Bequimão,

“É uma nova fase na carreira. Vou poder desenvolver um trabalho mais efetivo, colocar em prática a minha experiência e concentrar as atividades na comarca de Bequimão”, disse o juiz.

Após a assinatura do termo de posse, o juiz recebeu os cumprimentos da presidente em exercício, dos juízes Kleber Carvalho, auxiliar da presidência, e Alice Prazeres, auxiliar da Corregedoria, e da esposa, a advogada Daniela Noronha.

REMOÇÃO – Para o preenchimento da vaga em Bequimão, o Tribunal abriu processo de remoção (Edital Nº 66/2011) dentre os juízes titulares da entrância, mas não houve interessados. Por ser o mais antigo dentre os juízes substitutos, o juiz Marcelo Pereira foi designado para o cargo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.