Poder

Tribunal torra mais de R$ 1 milhão com notebooks para juízes

Apesar da crise financeira que assola o país, o Tribunal de Justiça do Maranhão, que tem como presidente o desembargador Cleones Carvalho Cunha, está operando no “azul” e ao que parece a escassez de verbas ainda não chegou pelo órgão.

Documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira revela que o TJ-MA celebrou um contrato no valor de R$ 1.715.200,00 milhão com a empresa Dell Computadores do Brasil Ltda. O acordo foi assinado no dia 17 de outubro.

O acordo contratual tem como objeto a aquisição de 320 notebooks do modelo DELL Latitude E5470 para garantir a modernização do Poder Judiciário. Cada equipamento custou ao Tribunal de Justiça R$ 5.360,00 mil.

Conforme a Circular abaixo, parte dos aparelhos já foram entregues no dia 19 de dezembro aos juízes da Comarca de São Luís.

Em contato com o Blog, a Assessoria de Comunicação do TJ-MA informou que a compra foi feita dentro dos procedimentos legais. A nota detalhou, ainda, o que cada notebook possui, o que teria feito com que os equipamentos tivessem o valor tão alto. Veja abaixo:

A Diretoria de Informática informa que os notebooks foram adquiridos através de licitação, processo administrativo nº 4993/2016, por pregão eletrônico, no qual participaram empresas como HP, Lenovo,Dell, Positivo, entre outras.

A vencedora do pregão foi a empresa Dell, que forneceu 320 notebooks ao TJMA, através do contrato 107/2016.

O equipamento fornecido, um notebook Dell Latitude E5470, com 48 meses de garantia, com as configurações do termo de referência, custou R$5.360,00

A diferença no custo se deve:

1. Memória: o equipamento veio com 8 GB de memória, enquanto o ofertado no site da Dell vem com 4 GB;
2. Garantia: o equipamento foi adquirido com 4 anos de garantia, enquanto que o equipamento ofertado no site da Dell vem com 1 ano de garantia;
3. Maleta de transporte: o equipamento adquirido veio com maleta de transporte, o que não está incluso no preço do site Dell.

Caso se faça uma simulação no site da Dell, incluindo mais 4 GB de memória 9totam 8 GB), maleta de transporte e 3 anos de garantia (veja que o do TJMA tem 4 anos de garantia) o preço de venda fica em R$6.109,00.

tj

thumbnail_img-20161221-wa0035


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Vice-prefeito de Bacuri é absolvido em decisão ‘relâmpago’ por desembargador Lourival Serejo

Do blog Luís Pablo

Desembargador Lourival Serejo

Desembargador Lourival Serejo

O desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa (vice-presidente e corregedor do TRE-MA) poderá enfrentar uma grave denúncia no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Serejo concedeu uma decisão ‘relâmpago’ e cheia de suspeita em favor do vice-prefeito de Bacuri, Richard Nixon dos Santos (PMDB), que foi preso pela polícia por vender notas ‘frias’ a prefeituras maranhenses envolvidas com agiotas. Nixon passou a ocupar o cargo do prefeito Baldoino Nery.

A decisão de 15 laudas do magistrado em colocar o vice no cargo de prefeito levou apenas o tempo de 1h e 11min. Como pode?!

Mas o mais grave não é isso. É que o Blog do Luis Pablo apurou e descobriu que quando o processo subiu concluso (chegou no gabinete do desembargador no Tribunal de Justiça) e quando saiu a decisão, Lourival Serejo estava presente na sessão do Tribunal Regional Eleitoral.

Como pode?! O desembargador desafiou a lei da física, ou então é um The Flash – o homem mais rápido do mundo que é personagem de uma série da TV americana.

Lourival Serejo terá que explicar como estava em dois lugares ao mesmo tempo. Do contrário, cairá a forte suspeita de que a decisão já estava pronta, sem ele ter lido o processo, para apenas assinar uma liminar em favor de uma pessoa acusada de sagrar os cofres públicos.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.