Maranhão

Ônibus voltam a circular na capital maranhense durante à noite

onibus

Ônibus voltam a circular na cidade durante o dia e noite, e postos de combustíveis ficam proibidos de vender gasolina em garrafas pets. Estas foram uma das decisões tomadas durante reuniões que ocorreram no final da tarde de ontem, na sede do comando geral da Polícia Militar, no Calhau.

Em um dos primeiros encontros, o comandante da PM, coronel Zanoni Porto, recebeu o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Carlos Rogério; o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Maranhão (STTREM), Gilson Coimbra; e o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET), José Luis Medeiros, acertaram o retorno da frota total de ônibus na cidade durante o período da noite. “Estamos dando um voto de confiança para o comandante da PM e hoje, os coletivos estão rodando normalmente”, declarou o Gilson Coimbra.

Um documento com todos os pedidos de reivindicações sobre segurança foi entregue nas mãos de Zanoni Porto. Ele garantiu que a Polícia Militar vai intensificar o policiamento ostensivo com novas estratégicas, principalmente, naquelas áreas onde há um grande número de registros a assaltos a ônibus.

No começo na noite, a maioria dos coletivos foi recolhida para a garagem por volta das 19h, causando pânico na população. Mas, segundo a direção do SET, menos de 40% da frota continuou rodando pelas avenidas da capital. “De fato, os ônibus estavam circulando, no entanto, não tinham passageiros e a cidade vazia, os empresários recolheram a frota”, destacou Gilson Coimbra.

No período da manhã, ocorreu uma reunião na SMTT, no Maranhão Novo, em que foram traçados os argumentos para ser tratado com os representantes da segurança pública.

Postos em alerta
Devido aos fortes boates a ataques a postos de combustíveis da capital, a classe empresarial deste ramo se reuniu com Zanoni Porto. No decorrer do encontro, também traçaram políticas de policiamento e decidiram que não poderá ser comercializado gasolina, diesel ou álcool para colocar em garrafa pet.

Ainda esta semana, vai começar uma fiscalização nesses estabelecimentos e haverá uma reunião com os representantes da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para oficializar a decisão. “Essa medida é uma forma de dificultar as ações dos criminosos e proporcionar mais segurança para a população”, destacou Zanoni.

Durante a noite de ontem, muitos motoristas ficaram com receio de abastecer o carro nos postos de combustível e alguns deles encheram o taque no período da tarde. “Vou primeiro deixar a poeira de violência baixar um pouco para freqüentar os postos durante a noite, enquanto, isso, vou encher o meu tanque pela manhã”, declarou o estudante de Direito, Maycon Renier Messias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Detentos comemoram ao filmar decapitados em Pedrinhas; veja o vídeo

Da Folha

 

Vencida a discussão técnica, o que se segue é um documento explícito do horror praticado no complexo de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão, onde 62 presos foram mortos desde o ano passado.

São dois minutos e 32 segundos em que os próprios amotinados filmam em detalhes três rivais decapitados. E se divertem exibindo os corpos –ou que restam deles.

O vídeo, gravado no dia 17 de dezembro, começa com os presos caminhando por dez segundos dentro da penitenciária. Para preservar suas identidades, tomam o cuidado de exibir apenas os pés.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Hospitais divulgam boletim médico das vítimas dos ônibus incendeados

Foi divulgado agora há pouco o boletim médico das vitimas do ultimo atentado causado por bandidos na capital, São Luís.

Veja o boletim médico:

Pacientes no Hospital Tarquínio Lopes Filho (Geral)

– O paciente Márcio da Cruz Nunes, 37 anos, encontra-se em estado grave, estável nas 24h, melhora clínica, ainda sob ventilação mecânica.

– A paciente Juliane Carvalho Santos, 22 anos, encontra-se em bom estado geral, lúcida e comunicativa, referindo dor e prurido leve, sobretudo durante e logo após a troca de curativo. Recebendo tratamento padrão para o grande queimado. Em acompanhamento psicológico e psiquiátrico.

– Abyancy Silva Santos, 35 anos (feminino), internada em enfermaria de Clínica Cirúrgica, estável, com 10% de área queimada.

Paciente do Hospital Estadual Infantil Juvêncio Matos

– A paciente Lorane Beatriz Santos, 1 ano e 5 meses, tem quadro estável e encontra-se em leito da enfermaria pediátrica.”


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Polícia consegue abortar tentativa de novos incêndios à ônibus

Ônibus queimado no ultimo final de semana.

Ônibus queimado no ultimo final de semana.

Duas pessoas se aproximaram ontem à noite de um posto na região da Camboa com recipientes para comprar gasolina. Uma viatura da PM observou o comportamento estranho dos rapazes e se aproximou do local.

Ele jogaram no chão os recipientes e empreenderam fuga pelas ruas da Camboa, alcançando trechos em que carros não têm acesso. Para o coronel Alves, do Comando Metropolitano, a ação dos dois indicavam que eles iriam tentar provocar incêndios em transportes coletivos.

Com informações do Blog do Luis Cardoso.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Maranhão deve transferir chefes de quadrilha para penitenciárias federais

Choque invade Pedrinhas

Em meio a grave crise de segurança, o governo do Maranhão aceitou transferir os chefes de facções criminosas para penitenciárias federais de segurança máxima.

Assustados, motoristas e cobradores pararam pelo terceiro dia consecutivo para pedir mais segurança de madrugada. Segundo o sindicato, apenas 30% dos ônibus estão circulando.

Entre sexta-feira e sábado, quatro ônibus foram incendiados e duas delegacias e um posto da polícia foram atacados em São Luis. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as ordens para os ataques partiram de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, que está ocupado pela Polícia Militar e pela Força Nacional de Segurança.

Quinze pessoas foram presas suspeitas de participarem dos atentados. Entre elas, o homem que, segundo a polícia, jogou combustível e ateou fogo em cinco pessoas em um ônibus. Ele está com parte do rosto e um dos braços queimados.

Quatro vítimas do ataque estão internadas, duas em estado grave. A quinta vítima, a menina Ana Clara, de seis anos, morreu nesta segunda-feira. No velório, a família estava inconformada com tamanha brutalidade.

A governadora Roseana Sarney divulgou nota se solidarizando com a morte de Ana Clara e chamou de selvageria a ação dos criminosos.

Nesta noite, a Tropa de Choque fez mais uma vistoria na penitenciária de Pedrinhas. O comando da PM ficou surpreso com o que encontrou, apesar das revistas constantes que vêm ocorrendo há uma semana. Nas celas, segundo a PM, havia munição, celulares, dois aparelhos de DVD e seis televisores.

O governo do estado anunciou que vai aceitar a ajuda do Ministério da Justiça, que ofereceu 25 vagas em presídios federais de segurança máxima para os chefes das facções criminosas que estão em Pedrinhas. A Secretaria de Segurança, por questões estratégicas, não divulgou quantos serão transferidos.

A governadora do Maranhão está em delicada situação, já que o governo federal está determinando a política de segurança.

Até a situação ficar insustentável, a governadora Roseana Sarney, do PMDB, se mostrava mais preocupada em refutar as críticas, de olho nos adversários da eleição de outubro, do que em encarar a gravidade do problema.

Foi preciso lembrar a ela que o desgaste político será ainda maior se o Supremo Tribunal Federal aceitar um eventual pedido de intervenção no estado feito pelo procurador-geral da República.

A conta ainda não foi fechada, mas o Ministério da Justiça estima em dezenas o número de detentos que serão transferidos para presídios federais. “O Governo Federal fez esse oferecimento ao governo do estado, a governadora aceitou muito bem esse oferecimento, nos mandou estudar a necessidade de fazer essa transferência e a quantidade. É isso que nós estamos fazendo nesse momento”, afirma Aluísio Mendes, secretário de Segurança Pública/MA.

Roseana está no segundo mandato consecutivo e não pode disputar um terceiro, mas o clã Sarney, aliado de primeira hora das gestões Lula e Dilma, há meio século no poder no Maranhão, terá um representante na sucessão de Roseana. Representante que vai enfrentar Flávio Dino, do PC do B, presidente da Embratur, e líder nas pesquisas.

A situação é ruim para Roseana, reprovada hoje por quase metade do eleitorado, mas é delicada também para o governo Dilma, porque o PT ainda está dividido sobre abandonar ou não o clã Sarney. Uma intervenção federal no estado seria algo muito mais custoso, sob todos os aspectos, do que o envio da Força Nacional e a remoção de presos.

Jornal da Globo;


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Roseana se pronuncia e se diz “revoltada” com ataques

roseeA governadora do Maranhão, Roseana Sarney resolveu finalmente se pronunciar sobre a onda de violência que tem dominado a capital São Luis.

A governadora lamenta a morte da pequena Ana Clara e fala sobre as atitudes que pretende tomar para melhorar a situação carcerária no estado.

Assista:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Terror em São Luís faz MP pedir Força Nacional

pageA procuradora-geral de justiça em exercício, Terezinha de Jesus Anchieta Guerreiro, entregou, na manhã desta segunda-feira, 6, no Palácio dos Leões, ao secretário de Estado da Casa Civil do Maranhão, João Abreu, ofício solicitando a adoção de medidas pela governadora Roseana Sarney para combater a onda de violência e garantir a segurança da população. O primeiro pedido do Ministério Público é que seja requisitado o apoio imediato da Força Nacional para atender as necessidades emergenciais de combate à violência.

No documento, o MPMA destaca que a medida é necessária tendo em vista as ações recorrentes praticadas por líderes de facções e organizações criminosas, instaurando o medo na população. Também foi pedido o funcionamento do Gabinete de Gestão Integrada, regulamentado pelo Decreto nº 19.499/2013, a fim de permitir o acompanhamento da situação da segurança pública por todos os órgãos e entidades com missão institucional na garantia da ordem pública.

O terceiro ponto do documento é o deslocamento de detentos para presídios federais. O MPMA solicita a imediata transferência dos principais integrantes das facções criminosas para as unidades penitenciárias sob a responsabilidade do Governo Federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Governadora encaminha relatório onde detalha medidas para o Sistema Prisional

pedrinhas271013

A Secretaria de Estado de Comunicação Social (Secom) informa que no relatório encaminhado ao Ministério Público Federal, o Governo do Maranhão detalha todas as medidas tomadas nos últimos anos para dar solução aos problemas identificados no Sistema Prisional do Maranhão, desde o início da atual gestão.

Entre as providências que constam do documento, está o relatório de obras em andamento para a ampliação do número de vagas no sistema carcerário, com a situação de cada unidade em reforma e em construção, na capital e no interior do estado. Também estão detalhadas informações sobre o reaparelhamento de todas as unidades prisionais do Maranhão e sobre todos os investimentos que foram realizados antes e após ter sido decretada situação de emergência em outubro do ano passado, quando o Governo do Estado solicitou o reforço da Força Nacional para a garantia da segurança no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

O total de recursos viabilizados pelo Governo do Estado para essas providências ultrapassa os R$ 131 milhões e as obras já estão em execução ou em fase de contratação.

O Governo do Maranhão demonstra, por meio das providências que vem sendo tomadas, que não compactua com qualquer atitude de desrespeito aos direitos humanos, muito menos com inverdades que foram levadas a público pelo juiz Douglas Martins, do Conselho Nacional de Justiça, com o único objetivo de agravar ainda mais a situação nas unidades prisionais do estado e numa clara tentativa de descredibilizar medidas que já haviam sido determinadas pelo Governo.

A exemplo de tais inverdades, um vídeo anexado ao relatório do CNJ, veiculado na internet há mais de dois anos, nos Estados Unidos, em sites pornográficos e até de pedofilia, onde um homem aparece com uma das pernas esfolada. O juiz quis fazer crer que se tratava de uma vítima de torturas de Pedrinhas. Fraude grosseira que contamina todo o relatório.

Outra denúncia apresentada pelo CNJ, sem nenhuma prova, foi a de que mulheres estariam sendo estupradas no Complexo Penitenciário. A Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária não recebeu até hoje nenhum relato de estupro de mulheres ou irmãs de apenados.

O juiz afirmou também que tinha sido proibido, “por líderes de facções”, de ter acesso a Pedrinhas, quando na verdade foi aconselhado por pessoas da direção do presídio a voltar em outro momento, para não constranger familiares, já que a vistoria ocorria em horário de visita ao Presídio no período de Natal. O representante do CNJ preferiu ir embora.

O documento entregue pelo Governo do Estado à Procuradoria Geral da República traz um relato de todos os esforços que vem sendo realizados para apurar responsabilidades dentro e fora dos presídios, sobre os fatos que vem ocorrendo no Sistema Penitenciário do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Criança que teve corpo queimado por bandidos não resiste aos ferimentos e morre

foto-1

A menina Ana Clara de seis anos, que teve 98% do seu corpo queimado em um incêndio causado por bandidos em São luis, não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta segunda-feira (06).

Além dela, a mãe e uma irmã de um ano e quatro meses também sofreram queimaduras pelo corpo, mas não correm risco de morte. No momento do atentado, a mãe implorou para que os marginais não queimassem suas filhas, mas não teve seu pedido atendido.

Aguarde mais informações.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Terrorismo em São Luís é destaque internacional

bbc

 

O site BBC, que é um dos maiores sites de notícia do mundo, noticiou neste domingo dia (05),  os atentados que ocorreram na capital do estado nesta ultima sexta-feira (03).

Os ataques começaram a se intensificar na sexta-feira (3), após o início da operação ‘Pedrinhas em Paz’, coordenada pela Polícia Militar, que tem como objetivo de diminuir as mortes nas unidades prisionais do Maranhão. O Secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, confirmou ao G1 que os ataques foram ordenados por detentos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Cinco pessoas ficaram feridas com queimaduras durante uma das ações dos criminosos. Um homem de 35 anos ficou com mais de 80% do corpo queimado. Uma menina de 6 anos teve 90% do corpo queimado, de acordo com informações do Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II, onde ficou internada na UTI e em estado grave. Ela estava com a mãe e a irmã, de 1 ano e 4 meses. As duas também ficaram feridas. No início da noite desse sábado, as crianças foram transferidas para o Hospital Infantil Dr. Juvêncio Matos, onde permanecem internadas. Um jovem de 30 anos também ficou ferido.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.