Política

Léo Cunha vai à Sinfra em busca de melhorias para Porto Franco

WhatsApp Image 2017-03-29 at 11.21.54

O deputado estadual Léo Cunha (PSC) e o prefeito de Porto Franco, Nelson Horácio (PSD) se reuniram com o secretário de Infraestrutura Clayton Noleto na tarde de ontem (28) onde levaram importantes reivindicações para o município de quase 24 mil habitantes.

Entre as demandas, o parlamentar e o prefeito solicitaram que o Governo do Estado amplie as obras de recuperação e pavimentação de ruas e avenidas através do Programa Mais Asfalto. Também foi solicitado o envio de ambulância para a rede municipal de saúde. “Porto Franco é uma cidade em crescimento, o turismo é uma importante fonte de renda na região, por esses e muitos outros motivos a cidade merece mais desenvolvimento, viemos aqui solicitar ajuda do Governo para que beneficie a cidade com mais benfeitorias, é um clamor do povo”, ressaltou o parlamentar.

Também foi levado ao secretário Clayton o pedido de uma patrulha agrícola para o aumento da produção dos agricultores. Além de levar progresso a comunidades, a máquina também diminui o trabalho braçal. Também foi solicitada a distribuição do “kit feira” com equipamentos para os feirantes. O kit é composto por barracas, balanças, caixas plásticas, gaiolas, caixas de isopor, pallet, jalecos, bonés e camisas.

No final do encontro, o secretário Clayton afirmou que vai encaminhar todas as demandas e fazer um acompanhamento para que elas sejam prontamente atendidas e colocadas em prática. “No campo e na cidade, estamos trabalhando em busca dessas e de mais conquistas para Porto Franco”, afirmou o deputado Léo Cunha.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Clayton Noleto diz que vai apurar denúncia contra assessor da Sinfra

Após sabatina na Assembleia Legislativa do Maranhão, o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, conversou com titular do Blog do Neto Ferreira e afirmou que irá verificar a veracidade das informações que acusam o chefe jurídico da Sinfra, Eloy Weslem Ribeiro de emitir pareceres com o registro da OAB cancelado.

“Vamos verificar agora. O deputado (Edilázio Júnior – PV) fez o comentário com o documento a distância no dispositivo de fala. Ainda não olhei o documento, não tem nada formalizado. E, vamos confirmar ou não, verificar a veracidade dessa informação e analisar legalmente quais são, eventualmente as consequências”, explicou Noleto.

Ao ser questionado se o caso for confirmado o que seria feito, o chefe da Sinfra disse que as medidas tomadas irão depender da avaliação da situação. “Como é realmente um caso concreto, eu não gostaria de falar conceitualmente”.

Clayton Noleto foi sabatinado, na manhã desta quarta-feira (15), pelos deputados estaduais sobre o programa Mais Asfalto do Governo Flávio Dino, entre outros assuntos pertinentes. E um dos questionamentos acerca da Sinfra foi o caso do chefe do setor jurídico trabalhar com a OAB cancelada.

Na ocasião, o secretário garantiu que não sabia da suposta irregularidade.

Leia também

Assessor de Clayton Noleto emitiu pareceres na Sinfra com a OAB cancelada


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Assessor de Clayton Noleto emitiu pareceres na Sinfra com a OAB cancelada

clayton-noleto-940x540-777x437

O chefe do setor jurídico da Secretária Estadual de Infraestrutura, Eloy Weslem Ribeiro, está com o registro da OAB cancelado desde 2014, segundo revelou o deputado estadual Edilázio Júnior (PV), durante sabatina do secretário Clayton Noleto, na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Após a revelação, o Blog do Neto Ferreira teve acesso aos documentos que comprovam a informação (veja abaixo).

Portanto, Eloy não poderia emitir pareceres jurídicos para aprovação de licitações da Sinfra, segundo o Estatuto dos Advogados. Desse modo, todos os processos licitatórios da pasta estão sob suspeitas.

Clayton Noleto afirmou a Edilázio Júnior que não sabia do cancelamento da OAB do seu assessor.

IMG-20170215-WA0054

IMG-20170215-WA0053

IMG-20170215-WA0052


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Fernandão da Edeconsil: o homem que mais ganha dinheiro no governo Flávio Dino

fernandao

O abençoado Fernando Antônio Leitão Cavalcante, conhecido no meio empresarial como Fernandão, dono da Edeconsil Construções e Locações Ltda, é o homem que mais fatura cifras milionárias no governo Flávio Dino.

Fernandão, que tem como sócio José Thomaz Cavalcante Filho na construtora, tem se tornado recordista em ganhar contratos com valores exorbitantes na gestão estadual.

Em 2016, o empresário já lucrou o montante de R$ 104.965.148,74 milhões com a construção de obras públicas em todo o Maranhão. Mas, a “mão amiga” de Fernandão, a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra) pretende pagar à Edeconsil nada menos do que R$ 173.768.657,12 milhões, referente aos acordos contratuais do ano corrente.

A parceria entre o governo Flávio Dino e a poderosa construtora de Fernandão iniciou em 2015. Naquele ano, a Edeconsil embolsou R$ 127.211.057,46 milhões. E de lá para cá, a conta só foi aumentando e parceria ficando mais forte. Durante esses dois anos, a gestão estadual já pagou R$ 232.176.206,20 milhões ao empresário.

Os lucros são exorbitantes. E a tendência é aumentar. Presume-se que Fernadão, até 2018 – final do mandato de Flávio Dino-, irá faturar cifras que giram em torno de quase R$ 500 milhões.

Portanto, Fernandão, de fato, é abençoado por Deus!

edeconsil3

Dados referentes ao ano de 2016, que foram colhidos no Portal da Transparência

edeconsil4

Dados referentes ao ano de 2015, que foram colhidos no Portal da Transparência

edeconsil1

Cadastro da Edeconsil na Receita Federal.

edeconsil

Cadastro da Edeconsil na Receita Federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

CGU acusa governo Flávio Dino de superfaturamento em obras

img-20160418-wa0254

Relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) revela que houve superfaturamento por quantidade (pagamento por serviços mais caros do que os efetivamente realizados e por quantidade maior que a realmente utilizada) em obras da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SINFRA) no valor de R$ 839.579,35 mil.

A fiscalização é referente a um contrato entre o Estado do Maranhão, por intermédio da Secretaria de Infraestrutura e a empresa Ducol Engenharia Ltda em 20 de setembro de 2013, cujo objeto é a duplicação da Rodovia MA-203, Av. de acesso à Orla Marítima – 1ª etapa / Av. dos Holandeses, entre os municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, com extensão de 3 km, no valor de R$ 29.686.508,43 milhões.

A análise foi realizada entre 14 de março e 8 de abril de 2016 e avaliou o montante de R$ 40.799.68,20 milhões.

Segundo documento obtido com exclusividade pelo Blog do Neto Ferreira, a obra começou no governo Roseana Sarney, mas não foi concluída. A gestão de Flávio Dino deu continuidade e chegou a pagar à Ducol Engenharia Ltda, em 2015, o valor de R$ 3.3 milhões, conforme mostram as notas fiscais abaixo.

A empresa Delbrisa Engenharia Ltda., contratada pelo governo para avaliar a execução da construção, sugeriu à Sinfra mudanças no projeto que resultaria em um aditivo de R$ 3.286.511,05 milhões para sanar os problemas.

Entretanto, a obra de extensão está cheia de irregularidades e atrasada. “Com base nos exames realizados, conclui-se que a obra está bastante atrasada, considerando que era para ser concluída em setembro de 2014 e em abril de 2016 estava com um percentual de realização de 68,3%.”, explicaram os auditores da União.

Entre muitas falhas estão, trincas longitudinais, afundamentos da pista e formação de crateras (conforme mostram fotos abaixo), além de superestimativas de quantitativos e superfaturamento por quantidade, em montante de R$ 839.579,35 mil.

sinfra3

sinfra

sinfra1

sinfra2


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Governo interdita brinquedo da Praça da Lagoa após acidentes

img-20160630-wa0005

A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) do Maranhão se pronunciou nessa quarta-feira (29) sobre acidentes envolvendo crianças acontecidos na recém-entregue Praça da Lagoa, na Lagoa da Jansen, em São Luís (MA). Pelas redes sociais, ao menos dois casos foram relatados em que crianças cortaram o pé em um dos brinquedos.

Em nota, a Sinfra lamenta o episódio e diz que o brinquedo, que possui certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), foi montado pela empresa fornecedora e que realizou imediata interdição do brinquedo. Ainda de acordo com a Sinfra, providências já foram tomadas para conserto do brinquedo, no intuito de evitar novas ocorrências dessa natureza.

A obra foi entregue pelo Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís no último sábado (25) como sendo uma iniciativa pioneira na capital maranhense com brinquedos adaptados para crianças com deficiência física.

Dos oito brinquedos instalados no parquinho, dois são adaptados, segundo informam governo e prefeitura, um deles o carrossel – em que cadeiras de rodas podem ser acopladas. Segundo informa o governo estadual, o espaço foi projetado pelo arquiteto e projetista Marcos Borges.

Leia a nota da Sinfra na íntegra:

Sobre acidente com criança em brinquedo na praça da Lagoa, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) esclarece que:

1. o brinquedo foi montado pela empresa fornecedora, que dispõe de todos os certificados exigidos pelo Inmetro.

2. realizou imediata interdição do brinquedo e está adotando todas as providências necessárias para a correção do erro.

3. lamenta o episódio ao tempo em que trabalha para evitar repetição de ocorrências desta natureza.

São Luís, 29 de junho de 2016.

Secretaria de Estado da Infraestrutura

img-20160630-wa0006


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Empresa recebe millhões do Governo, mas deixa rodovias abandonadas

A situação das rodovias que ligam as cidades Vitorino Freire a Paulo Ramos e Paulo Ramos a Lago da Pedra, as MA-008 e MA-119 respectivamente, é caótica. As vias estão completamente intrafegáveis.

A empresa responsável pela manutenção e conservação das estradas, Construservice Empreendimentos e Construções Ltda, sediada na Avenida Santos Dumont, no município de Codó, ganhou um contrato do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), de R$ 3,7 milhões para realizar tal trabalho na malha viária da Regional de Bacabal, que inclui as duas MA’s referidas acima, porém as condições das Rodovias são degradantes.

Veículos não conseguem passar pelos locais, afinal há buracos e lama que impedem o tráfego e os deixam completamente atolados.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, a pavimentação das estradas, que ligam as cidades de Paulo Ramos a Vitorino Freire e Lago da Pedra, não foi realizada em razão de limitações financeiras, por isso são feitas operações que garantem o fluxo regular de carros.

De acordo com o Portal da Transparência do Maranhão, a Construservice recebeu entre os anos de 2014 e 2015 o montante de R$ 32.700.588,56 milhões dos cofres da Sinfra para prestar serviços de pavimentação, manutenção e conservação de Rodovias estaduais maranhenses, no entanto as estradas estão precárias.

Confira abaixo os valores recebidos pela Construtora e a situação das MA’s 008 e 119.

contruserv2

Dados colhidos no Portal da Transparência em 2014.

CONSTRU1

Dados colhidos no Portal da Transparência em 2015.

contruserv

c4999dec17071c893026864a4cf0f00d

cbd885b8f6731d574d2ade4759a1f72f

e4bec59b5ae40d29f6f8959d2f9dbea8

e487cba7666eed2ee49a50367fb28172


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Flávio Dino exonera Ednaldo Neves da Infraestrutura

Ednaldo Neves

Ednaldo Neves e Flávio Dino.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, determinou com urgência a exoneração do subsecretário estadual de Infraestrutura, Ednaldo Neves. Comenta-se nos bastidores do Palácio dos Leões que a exoneração foi motivada por suspeita de corrupção.

Neves ganhou espaço no atual governo devido a eleição municipal de 2012, quando foi candidato a prefeito de São Luís.

Naquela ocasião, atacava diretamente o então prefeito João Castelo (PSDB) e isso teria favorecido Edivaldo Holanda Júnior, que ganhou a disputa eleitoral. Após as eleições, Ednaldo Neves ganhou um cargo na Prefeitura e depois foi chamado para assumir a subsecretaria de Infraestrutura do Maranhão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Sinfra ainda deve ex-cargos comissionados

Ex-funcionários com cargos comissionados da Secretaria do Estado de Infraestrutura (Sinfra) que foram exonerados nos períodos de novembro e dezembro de 2014, até hoje estão sem receber o 13º e as férias proporcionais, a que têm direito.

De acordo com uma ex-funcionária, alguns chegaram a receber os valores, mas ainda há um montante de aproximadamente 100 pessoas que estão dependendo da liberação do secretário, Clayton Noleto.

Ela afirma que o pagamento estaria previsto para janeiro, e depois para fevereiro, e já foi informada que para março já foi descartada a hipótese de receber. Existe uma informação de que foi emitido um documento que solicita o bloqueio do pagamento dos ex-funcionários.

A senhora, que não quer se identificar, pede que o secretário preveja a consciência e procure pagar o que deve, pois muitas dessas pessoas necessitam receber seus direitos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.