Poder

Justiça decreta nova prisão para Marcelo Odebrecht e mais 4

Do G1

Marcelo Odebrecht já está preso (Foto: Piti Reali/AE)

Marcelo Odebrecht já está preso (Foto: Piti Reali/AE)

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, decretou nova prisão preventiva para o presidente da Odebrecht S.A, Marcelo Odebrecht, e mais quatro ex-executivos da empreiteira.

O pedido para os novos mandados foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF).

A decisão do juiz foi publicada por volta das 11h desta sexta-feira (24). Moro considerou novas provas e fatos e encaminhou a decisão aos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os cinco investigados, que estão presos desde junho, haviam entrado com pedido de habeas corpus (ação para garantir a liberdade), no STJ.

“Ocorre que, no curso das investigações, surgiram elementos supervenientes que reforçam a relação entre a Odebrecht e o pagamento de propinas no exterior”, declarou o juiz em um dos trechos da decisão. Segundo Moro, é importante que as Cortes onde os presos apresentam recursos conheçam as descobertas feitas pela polícia e pelo MPF.

Foram feitos pedidos de prisão para:

– Marcelo Bahia Odebrecht, presidente da holding Odebrecht S.A.
– Rogério Santos de Araújo, ex-diretor da Odebrecht
– Márcio Farias da Silva, ex-diretor da Odebrecht
– César Ramos Rocha, ex-diretor da Odebrecht
– Alexandrino de Salles Ramos de Alencar, ex-diretor da Odebrecht


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Homem é preso e armas brancas são apreendidas durante ação da polícia em terminal de integração

José Raimundo Pereira dos Santos, preso por porte ilegal de arma

José Raimundo Pereira dos Santos, preso por porte ilegal de arma

Das 17h às 22h de ontem (23), a Polícia Militar do Estado realizou operação em todo distrito industrial de São Luís, onde foram apreendidas dezenas de armas e brancas e um homem foi preso por porte ilegal de arma.

José Raimundo Pereira dos Santos, de 26 anos, foi encaminhado para delegacia para prestar esclarecimentos.

Ainda foram apreendidas 19 motocicletas e 10 automóveis, por falta de habilitação dos condutores e não licenciamento.

Batizada de “Terminal Seguro”, a ação contou com um efetivo de 50 policiais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Presos os suspeitos de atirar em criança na Alemanha

Uma cobrança por dívida de droga fez com que uma criança fosse morta em São Luís, no último sábado, dia 18. Os quatros suspeitos de participarem do crime foram presos no mesmo dia, no bairro Iva Saldanha.

Charles Ribeiro França, Maurício Marque, Wilkson Richard Correa Alves e Gilvan Silva Melo foram encontrados com uma pistola calibre 380, com carregador e nove munições intactas; 41 pedras de substância semelhante ao crack; 16 papelotes de substância semelhante a maconha; um capacete; R$ 23,75; dois aparelhos celulares; uma balança de precisão e 60 frascos de um líquido aparentando ser “lolo”.

A intenção dos criminosos era balear o pai, para um acerto de contas. Os suspeitos foram encaminhados para delegacia da Vila Embratel.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Polícia prende bandidos com 243 bananas de dinamite no Maranhão

O Serviço de Inteligência da 6 Companhia Independente e a Polícia Civil encontraram em uma pousada da cidade de Pastos Bons, no Maranhão, 243 (duzentos e quarenta e três) bananas de dinamite, uma escopeta, um colete prova de bala, dinheiro e aparelhos celulares.

E em seguida, efetuaram a prisão de dois indivíduos que tinham relação com o material apreendido, os mesmos participar, bem como são suspeitos de participarem de roubo a bancos e explosão de caixas eletrônicos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Preso mais um envolvido na tantativa de assalto ao banco de Riachão

Policiais militares do 4*Batalhão, com apoio do CISP-Centro de Inteligência da Secretaria de Segurança, prenderam um dos homens envolvidos na tentativa de arrombamento do Banco do Brasil de Riachão, Walber Sudre dos Santos, 37 anos.

O mesmo já vinha sendo suspeito de participação no assalto de Fortaleza dos Nogueiras, em março deste ano, onde parte dos assaltantes após dois dias no mato tomaram dois veículos e fugiram para Riachão.

Walber Sudre foi visto antes da ação conduzindo a caminhonete Frontier, cor branca, apreendida após o confronto. Ele foi autuado em flagrante continuado pela polícia federal, já que a busca pelos assaltantes que ainda estariam na região e pelos que foram identificados como apoio na cidade de Riachão, já que um dos mortos no confronto com a policia federal era daquele município.

Agora as investigações buscam confirmar a participação de mais pessoas envolvidas com essa quadrilha que tem vínculo com o PCC e membros nos Estados do Maranhão, Tocantins e Pará.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Desembargador João Santana deve prender políticos e empresários do esquema de Anajatuba

Helder Aragão, Carlos Braide e Fabiano Bezerra fazem parte organização criminosa

Helder Aragão, Carlos Braide e Fabiano Bezerra fazem parte organização criminosa

O desembargador da 1ª Câmara Criminal, João Santana, deve prender com base nas provas contundentes os acusados de integrar uma organização criminosa. Políticos e empresários que operavam saqueando os cofres públicos do município de Anajatuba.

A caneta do magistrado deve colocar na cadeia os 27 membros acusados de corrupção: Helder Aragão, Edinilson dos Santos Dutra, Álida Maria Mendes Santos Sousa, Leonardo Mendes Aragão, Luís Fernando Costa Aragão, João Costa Filho, Georgiana Ribeiro Machado, Francisco Marcone Freire Machado, Francisco Diony Soares da Silva, Antônio Carlos Muniz Cantanhede, Marcelo Santos Bogéa, Domingos Albino Bezerra Sampaio, Antônio José Fernando Júnior Batista Vieira, Fabiano de Carvalho Bezerra, Antônio Carlos Braide, Hilton José Paiva dos Reis, Glauco Mesquita de Oliveira, José Antônio Machado de Brito Filho, Anilson Araújo Rodrigues, Ginaldo Marques da Silva, Franklin Bey Freitas Ferreira, Marcelo Alexandre Silva Ribeiro, José de Ribamar Costa Moura, Matilde Sodré Coqueiro, Natascha Alves Lesch, Diego Fabrício Silva Barbosa e Maina Maciel Mendonça.

João Santana assume o processo do escândalo de Anajatuba, em decorrência dos seus amigos da 1ª Câmara Criminal, Antônio Fernando Bayma de Araújo e Raimundo Nonato Magalhães Melo, ambos terem optado misteriosamente pela suspensão do julgamento.

O esquema que envolve políticos e empresários começou a ser investigado após denúncia feita ao Fantástico no quadro – “Cadê o dinheiro que estava aqui?” O autor da denúncia foi o vice-prefeito da cidade, Sidney Pereira, que ao verificar documentos descobriu desvios de dinheiro.

O prefeito Helder Aragão, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Carlos Braide e o empresário Fabiano Bezerra são apontados como cabeças do esquema que desviou milhões do município, com fraudes em licitações, pagamentos de serviços não executados, empresas fantasmas e inexigibilidades ilegais.

Dada a demora na resolução, as coisas parecem continuar como se nada tivesse acontecido. Contudo, espera-se da justiça que o procedimento investigatório seja finalizado com eficiência e ordem, para que a sociedade obtenha respostas do dinheiro público que foi empregado em proveito particular.

Nos próximos dias prisões devem acontecer. Aguardem!

O desembargador da 1ª Câmara Criminal, João Santana, assume caso de corrupção em Anajatuba


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Homem usa procuração falsa para tirar carro do Detran e é preso

Selo que levantou suspeitas sobre o documento

Selo que levantou suspeitas sobre o documento

Um selo do cartório do 1º ofício de imóveis fez com que um funcionário do Detran percebesse a fraude em uma procuração, usada na tentativa de retirada de um veículo Pálio de cor preta, placa NIB 7603 do órgão.

Apreendido na madrugada do dia 21 de junho durante uma perseguição policial em uma blitz da Operação Lei Seca, no bairro do Ipase, o veículo estava em posse de Kerliton Chagas França, preso na mesma noite por porte ilegal de arma.

Raimundo Nonato Freitas foi quem apresentou a procuração falsa para retirar o carro em nome de Rogério dos Santos Cavalcante. Raimundo foi levado para a Delegacia de Defraudações para prestar esclarecimentos.

O Detran já registrou dois casos só este mês, com pessoas querendo aplicar o mesmo golpe.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Membro de facção é preso em Penalva

Benedito Silva Santos, preso no povoado de Teso (Penalva).

Benedito Silva Santos, preso no povoado de Teso (Penalva).

Mais um integrante do PCM foi preso. Desta vez no povoado de Teso, município de Penalva. Benedito Sousa Santos (24 anos), tem 03 mandados de prisão abertos, segundo o Sistema Nacional de Informação (INFOSEG e SIGO), todos por assalto a mão armada, além de uma fuga Complexo Penitenciária de Pedrinhas.

O PCM é uma das facções criminosas que ficou conhecido após o envio de cartas com juras de morte a gestores do sistema prisional do Maranhão e a policiais. O grupo ganhou ainda mais repercussão quando o Bonde dos 40 também ficou conhecido e ambos passaram a se desafiar por meio de vídeos na internet e até em letras de música.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário

Prefeito de Anajatuba e Carlos Braide podem ser presos a qualquer momento

Helder Aragão, prefeito de Anajatuba e Carlos Braide

Helder Aragão, prefeito de Anajatuba e Carlos Braide

Com 55 anos e eleito para o mandato de 2013 a 2016 da prefeitura de Anajatuba, Hélder Lopes Aragão (PMDB), está na mira da justiça. Motivo: o gestor é acusado de desviar milhões do município. Além dele, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Antônio Carlos Braide, também aparece como membro de uma organização criminosa.

As denúncias contra o prefeito de Anajatuba começaram em 2014, quando o vice-prefeito, Sidney Pereira, checou documentos e descobriu que houve desvio de dinheiro, fazendo a denúncia à Polícia Federal (PF), e ao Ministério Público (MP). O caso foi destaque na imprensa nacional, em matéria exibida no Fantástico no quadro “Cadê o dinheiro que estava aqui?”.

Os desvios de dinheiro eram feitos na contratação de empresas prestadoras de serviço e fornecedores de produtos, que juntas receberam R$ 9 milhões só no ano passado.

A organização criminosa da qual o prefeito faz parte já desviou R$ 13.964.048,02 milhões de reais dos cofres do município, através das empresas Vieira e Bezerra, atual FCB Produções e Eventos, A4 Serviços e Entretenimento, Construtora Construir e MA Silva Ribeiro.

Na última sexta-feira (03), o promotor da Comarca de Anajatuba, Carlos Augusto Soares ajuizou quatro ações civis públicas, por crime de Improbidade Administrativa contra o prefeito Helder Aragão, os secretários municipais Ednilson dos Santos Sousa (Administração), Álida Maeria Mendes Santos Sousa (Educação), e Luís Fernando Costa Aragão (Assistência Social). Além dos integrantes da Comissão Permanente de Licitação, João Costa Filho, Georgina Ribeiro e Francisco Marcone.

A ação pleiteia a suspensão dos direitos políticos dos envolvidos e indisponibilidade dos bens.

Indícios não faltam para a prisão do gestor.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.