Crime

Mulher tenta roubar R$ 4 mil em loja do São Luís Shopping e é presa

image

Uma mulher identificada como Rafisa Santana Gomes, 26 anos, moradora do Bairro de Fátima, foi presa em flagrante delito tentando roubar roupas na loja do Louvre Magazine, localizada no São Luís Shopping.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, as roupas estavam avaliadas em R$ 4 mil.

Ainda de acordo com a SSP, Rafisa tem várias passagens por furtos a lojas. Ela foi encaminhada para a delegacia do Vinhais, onde foi autuada por furto e depois encaminhada para a Penitenciária Feminina de Pedrinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

PF prende estelionatário no MA

PF

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (17), mandado de prisão preventiva contra um estelionatário atuante nesta capital. O homem enganava as vítimas afirmando que, em troca de dinheiro, conseguiria facilmente aposentar pessoas por conhecer servidores de dentro do INSS.

As investigações identificaram que o estelionatário não só não dava entrada no benefício e ficava com o dinheiro das vítimas, como sequer existiam os tais servidores do INSS. Cerca de dez pessoas foram enganadas.

O preso já respondia a uma ação penal pelos mesmos fatos perante a Justiça Federal, a Inquérito Policial na Delegacia de Defraudações da Polícia Civil, e havia sido preso pela Polícia Federal em 2011. Atualmente, respondia em liberdade ao processo.

Na investigação em curso o homem foi indiciado pelos crimes de estelionato e tráfico de influência, que é quando o criminoso exige vantagem a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público no exercício da função (art. 171 e art. 332 do Código Penal). As penas podem chegar a dez anos de reclusão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Judiciário / Política

Justiça decreta prisão do ex-prefeito de Governador Luiz Rocha

O desembargador Vicente de Paula foi o relator do processo.

O desembargador Vicente de Paula foi o relator do processo.

Os desembargadores da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) denegaram liminar que revogava a prisão do ex-prefeito de Governador Luiz Rocha, Luiz Feitosa da Silva (Luiz do Cinema) e determinaram a expedição de mandado de prisão do ex-gestor que – além do pagamento de multa – terá que cumprir pena de sete anos de detenção em regime semiaberto.

Luiz do Cinema foi denunciado pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) por fracionar despesas e fazer contratação direta de serviços médicos e técnicos na área de contabilidade, dispensando licitação descumprindo critérios previstos em lei, no exercício de 2003.

Com o trânsito em julgado da sentença proferida nos autos da Ação Penal, o ex-prefeito foi preso e recolhido à penitenciária de Pedrinhas, em maio de 2015, sendo posto em liberdade por medida liminar em julho deste ano.

O magistrado afirmou que não há motivo para anular a sentença, pois não houve ofensa ao direito de defesa e nem o seu cerceamento. Ele disse ser inviável o conhecimento da alegação de prescrição, uma vez que não foi anexada ao processo a cópia integral da ação penal que resultou na condenação de Feitosa.

Em relação à atipicidade do crime, ele ressaltou que o acervo de provas anexado ao processo está incompleto, além de o trânsito em julgado da condenação na instância inicial já ter ocorrido. (Processo nº 379512015)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil / Judiciário

Zeca Pagodinho é condenado a 3 anos de prisão por fraude

Com informações do Ministério Público do Distrito Federal

O cantor Zeca Pagodinho foi condenado pela Justiça do Distrito Federal por fraude na contratação de um show para a 15ª Expoagro, realizada em 18 de abril de 2008, e para o aniversário de Brasília, em 21 de abril de 2008. Além do cantor, Aldeyr do Carmos Cantuares, representante da empresa Star Comércio, Locação e Serviços Gerais Ltda.; César Augusto Gonçalves, Ivan Valadares de Castro e Luiz Bandeira da Rocha Filho, ex-ocupantes de cargos em comissão na extinta Empresa Brasiliense de Turismo (Brasiliatur), respondem pelo crime.

No show da 15ª Expoagro, foram gastos R$ 170 mil apenas para o pagamento do cachê de Zeca Pagodinho. Mas, apresentações realizadas poucos meses antes custaram cerca de R$ 200 mil pelo cachê artístico e outros serviços. Ficou comprovado que houve superfaturamento na festa do aniversário de Brasília em 2008. Foi pago a outro artista o valor de R$ 120 mil por uma apresentação de 45 minutos, apesar de valor semelhante ter sido cobrado em shows com duração de uma hora e meia.

Zeca Pagodinho foi condenado a três anos de detenção em regime aberto, sendo a pena convertida em prestação de serviços à comunidade e ao pagamento de valor a ser definido pela Justiça. César Augusto Gonçalves, Ivan Valadares de Castro e Luiz Bandeira da Rocha Filho foram condenados a quatro anos e oito meses de detenção em regime semiaberto e ao pagamento de multa no valor de 2% dos dois contratos. Aldeyr do Carmo Cantuares recebeu condenação de três anos e seis meses de detenção em regime aberto e pagamento de multa no valor de 2% dos dois contratos.

Os dois shows foram contratados pela Brasiliatur por inexigibilidade de licitação. De acordo com a Lei 8.666/93, que institui normas para licitações e contratos da administração pública, obras ou serviços somente poderão ser contratados quando houver um orçamento detalhado que comprove a composição de todos os custos, inclusive nos casos de inexigibilidade. Na ação, o Ministério Público demonstrou também que houve superfaturamento nas contratações dos dois eventos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Pm é preso por receptação

Um policial militar identificado como Carlos Alberto Vilanova Tavares foi preso, na manhã desta segunda-feira (23), pelo crime de receptação de roubo.

Segundo o titular da Delegacia de Roubos e Furto, Alexandre Craveiro, o agente militar adquiriu produto roubado de Robert Bruno Costa Balata, de 18 anos, suspeito de ter participado de um assalto a uma residência no bairro do Araçagy, no dia 9 de novembro.

Apos a prisão, o assaltante delatou os nomes dos outros comparsas que participaram do assalto, assim como os receptadores da mercadoria roubada.

Ainda de acordo com o delegado, um dos compradores era o policial Carlos Alberto, que adquiriu cerca de 69,5 gramas de ouro, um brinco, entre outros objetos, do autor do roubo.

O policial foi preso em seu escritório, situado na praça Deodoro, Centro de São Luís.

Robert foi detido em sua residência no bairro da Divinéia, em São Luís. Em sua residência, foram encontrados uma grande quantidade de drogas e uma balança, que caracteriza tráfico de drogas.

Robert Bruno e o policial militar Carlos Alberto Vilanova Tavares

Robert Bruno e o policial militar Carlos Alberto Vilanova Tavares


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão / Saúde

PF conduz ex-prefeito de Coroatá

O sobrinho do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad, Rômulo Trovão, ambos ex-prefeitos do municípios de Coroatá, está sendo levado nesse momento para a sede da Superintendência da Polícia Federal, em São Luís, para prestar depoimento.

Agentes federais estão cumprindo diversos mandados de prisão preventiva, de busca e apreensão e condução coercitiva (quando a pessoa é levada à delegacia para prestar depoimento) em vários locais de São Luís e do interior do estado.

Carro da PF na porta do prédio do ex-prefeito de Coroatá.

Carro da PF na porta do prédio do ex-prefeito de Coroatá.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Preso criminoso que participou da chacina em Panaquatira

Criminoso que participou da chacina na praia da Ponta Verde, em  Panaquatira, no dia 23 de maio desse ano, identificado como Cleonilson de Sousa Almeida, o BODE, de 21 anos, foi preso pela Polícia Civil.

A prisão se deu através do cumprimento de um mandado de prisão preventiva, na tarde desta última quarta-feira (11), no bairro do Miritiua, município de São José de Ribamar.

Com o suspeito, foi encontrado um celular com fotos acintosas do indivíduo armado com revólver e pistola, além de mensagens enviadas para presos que estão no Complexo Penitenciário de Pedrinhas oferecendo armamento.

Cleonison foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas e ficará à disposição da Justiça.

Criminoso suspeito de participar da chacina em Panaquatira.

Criminoso suspeito de participar da chacina em Panaquatira.

Foto encontrada no celular do criminoso que participou da chacina em Panaquatira.

Foto encontrada no celular do criminoso que participou da chacina em Panaquatira.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime / Maranhão

Preso grupo que fraudava provas da UEMA

Uma ação da Polícia Civil resultou, na manhã desta terça-feira (10), na prisão de integrantes de uma quadrilha especializada em fraudar o vestibular da Universidade Estadual do Maranhão. A prisão ocorreu na cidade de Itapecuru-Mirim, interior do Estado.

O Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes/2016) ocorreu no domingo (8) e na segunda (9).

Aguardem mais informações!

Quadrilha suspeita de fraudar a prova da UEMA

Quadrilha suspeita de fraudar a prova da UEMA


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Mulher tenta entrar em presídio com cachaça, celulares e chips na vagina

Esta não é primeira vez que mulheres tentam entrar  com objetos na vagina na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) de Imperatriz, mas dessa vez a situação é um tanto quanto engraçada.

Neste final de semana, durante a visita íntima, uma mulher foi presa ao tentar entrar enrolado em uma camisinha com dois celulares, dez chips e vários saquinhos de cachaça.

Ela foi encaminhada para a delegacia de Imperatriz, onde serão realizados os procedimentos legais.

Dois celulares, dez chips e vários saquinhos de cachaça

Dois celulares, dez chips e vários saquinhos de cachaça.

Mulher presa com com dois celulares, dez chips e vários saquinhos de cachaç

Mulher presa com com dois celulares, dez chips e vários saquinhos de cachaça.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Polícia prende envolvidos em assalto ao banco de Presidente Dutra

Os dois foram presos dentro de uma casa nas imediações da área do assalto

Os dois foram presos dentro de uma casa nas imediações da área do assalto

A Polícia Militar prendeu na noite da última quinta-feira (10), dois elementos suspeitos de participarem do assalto ao banco do Nordeste de Presidente Dutra. Os assaltantes foram identificados como Marcus Vinicius Rodrigues, da Bahia, e Francisco Farias Vaz, de Imperatriz.

Os dois foram presos dentro de uma casa nas imediações da área do assalto. Com a dupla foi encontrado a quantia de R$ 161 mil reais.

Com a prisão dos dois a polícia espera prender os outros participantes do assalto a qualquer momento.

Dinheiro encontrado com os assaltantes

Dinheiro encontrado com os assaltantes


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.