Poder

César Pires é acusado de mandar incendiar casas de quilombolas

O tenente da Polícia Militar do Maranhão, Moura, e o jagunço conhecido por Raimundo Monteiro (vulgo Raimundo da Chica), empregado do deputado estadual César Pires (DEM), líder do governo Roseana Sarney (PMDB) na Assembleia Legislativa do Maranhão, em ato criminoso, incendiaram mo dia (03), duas casas de quilombolas, localizadas na Comunidade de Santa Maria dos Moreiras, por volta das 15 horas, no exato momento em que os quilombolas realizavam reunião na comunidade. No dia 31 de janeiro, o jagunço anunciou que iria incendiar todas as casas de Santa Maria dos Moreiras, a mando do democrata.

Tal ato de selvageria objetiva intimidar, através do terror, as comunidades quilombolas que buscam a libertação territorial, a saber Santa Maria dos Moreiras, Bom Jesus, Tamboril e Jerusalém, que estão em litígio desde 1992 com o deputado Cesar Pires.

Ocorre que, a liminar judicial que mantinha a comunidade quilombola na posse de seu território tradicional, foi liminarmente suspensa por decisão proferida pelo Desembargador Marcelo Carvalho Silva, , fato este que tem aumentado a violência na localidade.

O Maranhão tem vivenciado uma onda de ataques e violência contra comunidades quilombolas, comunidades tradicionais, assentados e acampados nos dois primeiros meses de 2013. No começo de janeiro, a capela da Comunidade Vergel, também em Codó, foi incendiada. No dia 31 de janeiro, o quilombola José da Cruz, do Quilombo Salgado, foi torturado pela Polícia Militar do Maranhão.

Em fevereiro, o juiz da Comarca de Senador La Rocque mandou despejar 54 famílias de acampados do MST e a juíza da Comarca de Paço do Lumiar ordenou o despejo da comunidade tradicional do Tendal.

A equipe de reportagem do Blog do Neto Ferreira tentou contato com o deputado Cesar Pires, mas não obteve êxito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Presos suspeitos de ‘executar’ sargento da PM em São Luís

Corpo do Sargento Gilmar na pedra do Socorrão II.

Corpo do Sargento Gilmar na pedra do Socorrão II.

O Serviço de Inteligência da Polícia Militar prendeu ainda na noite da última terça-feira (15), duas pessoas suspeitas de envolvimento no homicídio que vitimou o 3º sargento da PM, Gilmar Santana Cruz de Azevedo, 52 anos, lotado no 1º BPM.

O crime aconteceu quando o policial se deslocava para sua residência no coletivo que fazia linha Jardim Tropical/Terminal São Cristóvão. No momento do crime, o PM estava apaisana e carregando uma sacola com a farda e a arma. Nenhum objeto e nem arma do militar foram subtraídos.

De acordo com informações policiais, o militar estava no interior do ônibus no momento em que alvejado com dois tiros, disparados por um dos homens que estavam em uma motocicleta, de cor preta, e que aguardava o ônibus parar e cometer o homicídio. O sargento Gilmar Santana ainda foi socorrido, mas veio a óbito no Socorrão II.

Após o crime, as equipes do Serviço de Inteligência deram início às diligências para identificar e prender os suspeitos. Segundo informações policiais, cinco pessoas estariam envolvidas na morte do PM. A Polícia afirmou ainda que os suspeitos são integrantes do grupo do “sub-zero”, que vem cometendo ações criminosas naquela região.

Estão detidos, Jackson Dutra Ataíde, morador do bairro São José; Carlos Jorge Rabelo Frazão, conhecido como “Jorginho”, ambos de 21 anos; e Pedro Ricardo Sousa, 18 anos. De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), durante a perseguição, Paulo Henrique Rabelo Frazão, conhecido como “pé-de-bola”, irmão de Jorginho, armado com um revólver calibre 38 de marca Taurus, atirou em direção à guarnição e acabou sendo atingido no confronto. Ele ainda foi levado para o Socorrão II, mas não resistiu.

Em poder do trio, a polícia ainda apreendeu 140 trouxinhas de crack. A arma e o entorpecente foram encaminhados para o Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim) para serem periciados.

As Polícias Civil e Militar estão em diligências para identificar outros dois suspeitos que fazem parte do bando e que empreenderam fuga no momento da ação policial.

Em relação à motivação do crime, nenhuma linha de investigação foi descartada. Segundo a Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), o inquérito está sob a responsabilidade do delegado Roberval Rodrigues, titular do 19º Distrito Policial no Jardim Tropical.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Sargento da PM é executado com tiros em ônibus

Sargento da PM, Gilmar Santana Cruz de Azevedo.

Sargento da PM, Gilmar Santana Cruz de Azevedo.

Foi executado ontem por volta de 22h00, com um tiro no olho, dentro de um ônibus que faz linha para o Jardim Tropical, o sargento da PM, Gilmar Santana Cruz de Azevedo.

De acordo com informações da Policia, o sargento estava voltando do trabalho, sem farda, com destino a sua casa no Jardim Tropical.

Após o expediente o sargento passou no Sacavém na casa da sua mãe como de costume, jantava, tirava a farda e seguia para casa.

Durante a trama, dois homens em uma moto encostaram o veiculo ao lado do coletivo e efetuaram a  “queima roupa” pela janela, dois tiros no rosto do PM.
O crime se caracteriza execução, os bandidos fugiram sem levar nada, nem mesmo a arma que estava em sua bolsa.

A polícia acredita que o policial tenha sido vítima de vingança de algum elemento que tenha prendido na área. O sargento Gilmar era lotado no 1º Batalhão da Polícia Militar e estava desde 1984 na corporação.

Até a manhã de hoje, familiares não tinham contado pra mãe do sargento, com medo que a senhora passasse mal, pois ela é hipertensa.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Policiais Militares e Bombeiros fazem protesto na Assembleia Legislativa do Maranhão

(Em primeira mão). Policiais Militares e Bombeiros estão reunidos desde ás 03h da manhã desta terça-feira, 08, na porta da Assembleia Legislativa do Maranhão em forma de protesto pelas reivindicações de 30% das perdas salariais.

O grupo está parado logo na entrada da Assembleia Legislativa aguardando a liberação da portaria logo ao amanhecer.

No local foi possível confirmar, que estão mobilizando todas as viaturas da Polícia Militar do Maranhão (PMMA) e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) para que sejam deslocadas e integrem a manifestação dos grevistas iniciada na manhã de hoje.

O manifesto de policiais militares e bombeiros será bastante tumultuado na área do entorno da Assembleia Legislativa. Segundo informações colhidas no local, os manifestantes entraram ás 8h no legislativo Estadual.

As viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros estão com as sirenes ligadas no intuito de chamar atenção de pessoas que trafegam na Avenida  Jerônimo de Albuquerque em São Luís

Daqui a pouco mais informações…

(Atualizado ás 06:39)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Policiais Militares reúnem para a 'Operação Padrão'

Blog do Louremar

A Associação dos Policiais Militares do Médio Mearim realiza amanhã, às 9 horas na sede da entidade, uma reunião com os associados para definir os procedimentos do dia 8 de novembro. Essa é a data marcada para o íncio da ‘Operação Padrão’, movimento reivindicatório de melhores condições salariais e de trabalho.

A decisão pela ‘Operação Padrão’ foi tomada na semana passada, durante um encontro na sede da Federação dos Trabalhadores da Indústira do Estado do Maranhão (Fetiema). Indignados com o fato de o Governo do Estado não ter incluído a reparação das perdas salariais no orçamento para o ano de 2012, os policiais se reuniram com as entidades e a liderança do coronel Ivaldo Barbosa. Ivaldo é o único oficial superior da ativa que se manifestou a favor das reivindicações.

Reivindicações

Além das perdas salariais, no índice de 30%, os militares cobram a cumprimento do escalonamento vertical. O escalonamento é o índice que estabelece os parâmetros para o salário do soldado ao coronel. Mesmo o assunto já tendo transitado em julgado a favor dos militares, o Governo ignora o assunto. Os militares reivindicam também jornada de trabalho de 44 horas semanais e novos critérios para a Promoção.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Criança é encontrada morta às margens do Rio Maracaçumé

Conforme publicado no blog do Jarivanio, na manhã de ontem, 17, foi encontrada um corpo de uma criança enterrada à beira do rio Maracaçumé que aproximadamente teria 3 anos.

Corpo da criança logo após ser retirado da areia

Corpo da criança logo após ser retirado da areia

A criança tinha desaparecido desde a tarde de ontem, 16, e os familiares estavam já preocupados mais ansiosos de encontra-la com vida.

O motivo da morte foi segundo peritos, afogamento e estrangulamento, já que não havia marcas visíveis no corpo. O corpo foi encontrado enterrado sob a areia de cabeça para baixo.

A polícia Civil e Militar foi acionada e para que investiguem a causa da morte da criança

Um suspeito de 45 anos já foi preso e encontra-se na delegacia de Governador Nunes Freire.

Até o presente momento, a polícia não revelou se realmente o envolvimento da morte da criança tem haver com o detido.

Os parentes da crinaça estão chocados com o fato, só que aguardam respostas concretas das autoridades policiais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.