Poder

Vice de Edivaldo Holanda chama gestores escolares para suposto ato eleitoreiro

IMG-20160817-WA0016

O vice na chapa do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, Júlio Pinheiro, presidente afastado do sindicato dos professores da rede estadual de ensino, já está mobilizando a categoria dos educadores para angariar votos e tentar alavancar a candidatura.

Uma plenária já está agendada com gestores escolares para a próxima terça-feira (23). O evento deve acontecer no escritório do vice Júlio Pinheiro, localizado atrás da Unidade de Ensino Básico do Anjo da Guarda.

Na imagem de divulgação do evento, com a célebre frase:”Vamos precisar de todo mundo…Um mais um é sempre mais que dois…”, o candidato a vice-prefeito deixou bem claro a intenção de usar os educadores para conseguir votos.

A estratégia de Júlio Pinheiro contraria o Art. 73 inciso III da Lei Eleitoral (9.504/97), que expressa que é vedado ao agente público em campanha eleitoral “ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado”.

A Lei também afirma que em caso de infringimento da norma o responsável estará sujeito a pagar multa de até R$ 10 mil.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.