Crime

Diretor da Penitenciário de Pedrinhas é baleado

Agentes penitenciários prestam solidariedade para Kadu.

Agentes penitenciários prestam solidariedade para Kadu.

O diretor de Segurança e Disciplina do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, Carlos Eduardo Oliveira, conhecido como Kadu, foi baleado no bairro Santa Cruz, em São Luís. Ele foi levado para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão).

De acordo com informações, dois homens em uma moto efetuaram pelo menos 15 disparos e três acertaram na coxa de Kadu. O caso aconteceu rua Epitáfio Cafeteira.

As autoridades civis e militares fazem diligencias para tentar localizar os bandidos que tentaram executar o diretor de Segurança do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Assembleia pede criação de CPI para investigar caos em Pedrinhas

As recentes fugas, mortes e casos de corrupção dentro sistema prisional maranhense poderão ser investigadas em uma CPI da Assembleia Legislativa do Maranhão. A deputada Eliziane Gama informou na manhã desta quarta-feira (17) que apresentou requerimento pedindo que a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o sistema penitenciário após o período eleitoral.

A situação de caos instalada é insustentável e é necessário haver uma investigação séria e isto é possível através de uma CPI. Ela esclareceu que iniciará o recolhimento de assinaturas dos demais colegas parlamentares, e se houver impossibilidade de instalação da CPI pedirá que a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa também acompanhe as investigações sobre esta situação.

A proposta é contribuir com a celeridade das investigações sobre a facilitação de entrada de armas e drogas, além de fugas e mortes dentro do sistema prisional maranhenses. O preocupante também é a paralisação dentro do sistema prisional, de agentes e vigilantes de empresa terceirizada que presta serviço para o Complexo Penitenciário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Sebastião Uchôa entrega o cargo após crise em Pedrinhas

Sebastião é exonerado da Sejap.

Sebastião é exonerado da Sejap.

A governadora Roseana Sarney nomeou, na manhã desta quarta-feira (17), interinamente, o secretário de Segurança Pública, delegado Marcos Affonso Junior, para responder pela Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap).

Sebastião Uchôa, que conduzia a Sejap há 1 ano e 6 meses, entregou o cargo na manhã desta quarta-feira (17), o que foi prontamente aceito pela governadora Roseana Sarney.

O afastamento de Uchôa se deu após detentos conseguirem cavar um túnel e fugir do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, na madrugada de hoje. Só neste ano, 92 detentos conseguiram fugir.

Na semana passada, 36 presos conseguiram fugir da penitenciária depois que bandidos roubaram uma caçamba e derrubaram um moro na parte de trás da unidade.

Detentos tentam fugir.

Detentos tentam fugir.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Geral

Tumulto deixa agente e detentos feridos em Pedrinhas

pedrinhas

O Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, registrou mais um motim na manhã desta quinta-feira. Ocorreu um princípio de tumulto em Pedrinhas em que um monitor de uma empresa terceirizada da unidade e três detentos ficaram feridos; todos imediatamente socorridos.

Segundo informou a Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), o Batalhão de Choque da Polícia Militar do Maranhão e o Grupo Especial de Operações Penitenciárias (GEOP) já estão no local. O Grupamento Tático Aéreo (GTA) também foi acionado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Após sete mortes e mais de 40 feridos, Roseana manda Choque invadir Pedrinhas

Blog do Luis Pablo

Choque invade Pedrinhas

Choque invade Pedrinhas

Uma rebelião que começou por volta de 18h30 de hoje no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís-MA, resultou na morte de sete detentos e mais de 40 feridos.

Neste momento está um verdadeiro inferno em Pedrinhas, o Batalhão de Choque da Polícia Militar e o Grupo de Operações Penitenciarias (GOP) tentam conter os presos. A ordem para a entrada do Choque teria sido expedida pela própria governadora Roseana Sarney.

Segundo informações repassadas ao Blog do Luis Pablo, a rebelião seria resultada de uma briga entre facções que tentam controlar o tráfico na Ilha. Os presos já tomaram dois pavilhões, cerraram celas para liberar os detentos. Foram encontradas seis pistolas, bombas e outras armas letais.

O movimento de ambulâncias e carros do rabecão é intenso no Complexo de Pedrinhas. Até o momento foram transferidos 17 detentos para os Socorrões I e II.

Ainda segundo informações repassadas ao blog, bandidos estariam tentando invadir os hospitais para matarem os presos que estão sendo atendidos.

A bomba no Sistema Penitenciária está ficando cada vez mais insustentável.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.