Poder

Prefeitura de São Luís recebe quase R$ 6 milhões do governo federal, mas não entrega obra

IMG-20160628-WA0006

A população da Cidade Operária aguarda ansiosamente pela conclusão da obra da maternidade no bairro, prometida pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, no mês de outubro de 2013. Só que de lá para cá quase nada foi feito. De acordo com a placa informativa, a maternidade deveria ter sido entregue no dia 26 de junho deste ano.

O Governo Federal já liberou quase R$ 6 milhões para a construção, conforme dados do Portal da Transparência, mas no local só é notório o descaso e o desrespeito com a coisa pública. A Prefeitura só construiu a base e nada mais. O último repasse, de R$ 2.644.000,00, foi feito no dia 22 de janeiro deste ano.

O convênio com o Ministério da Saúde é no valor de R$ 24 milhões e vigora no dia 31 de agosto deste ano. O projeto da maternidade visa oferecer 132 leitos, destes, 100 de internação e 20 de UTI’s – 10 neonatais e 10 infantis.

Com a obra abandonada e o prazo se esgotando, a população segue desacreditada na gestão municipal. Só restam as lamentações, revoltas, frustrações e o desperdício com o dinheiro público.

As promessas de Edivaldo Holanda Júnior mais uma vez não foram cumpridas, e novamente a população é quem paga o pato. Os órgãos responsáveis precisam apurar o abandono dessa obra, cobrar explicações sobre o motivo do descumprimento do prazo  e do destino do recurso já repassado pelo governo federal.

Os moradores da região, que sonharam com uma unidade de saúde de grande porte no bairro, aguardam uma solução para o descaso da Prefeitura de São Luís. Confira abaixo, os detalhes do convênio publicados no Portal da Transparência.

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.