Maranhão

Prefeitura de Itinga abandona matadouro e gado é abatido de forma clandestina

Matadouro interditado pela Vigilância Sanitária

Matadouro interditado pela Vigilância Sanitária

Interditado pela Vigilância Sanitária estadual após uma denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA), o único matadouro do município de Itinga está em estado de abandono há pouco mais de seis meses.

Sem condições de funcionar desde então, a prefeitura ainda não tomou providências para que a situação seja regularizada, o que faz com que os açougues da cidade comercializem carne de origem duvidosa.

Para se ter uma ideia, acredita-se que o gado esteja sendo abatido de forma clandestina, na “Moita” (linguagem dos matadores). Como não há fiscalização e nem acompanhamento veterinário do que está acontecendo, a situação vai sendo levada em ‘banho maria’.

Para não prejudicar o fornecimento de carne na região, alguns açougueiros passaram a abater o gado em Açailândia, mas logo desistiram, devido aos custos e a falta de interessa da prefeitura em solucionar o problema.

Basta saber se o prefeito da cidade consume a carne que é vendida do município e leva à mesa o filé encomendado de outras cidades.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.