Política

Gestão de Iriane Gonçalo é rejeitada por 62,73 porcento dos eleitores em Pastos Bons

Iriane Gonçalo, prefeita de Pastos Bons

Iriane Gonçalo, prefeita de Pastos Bons

O instituto Nacional de Opinião Pública (INOP), realizou pesquisa no munícipio de Pastos Bons, cidade com mais de 19 mil habitantes, para saber como anda a gestão da prefeita Iriane Gonçalo sobre o olhar dos eleitores e, os números assustam.

Do total de pessoas ouvidas – 62,73 porcento desaprova o mandato da prefeita, que tem aceitação de apenas de 36,65 porcento do eleitorado. Apenas uma pessoa não opinou.

Em outro cenário, que aponta uma possível reeleição – 57,14 porcento não votariam em Iriane se as eleições fossem hoje, por exemplo. 28,57 porcento apostariam em novo mandato e 14,29 porcento possivelmente votariam na prefeita se ele melhorasse sua gestão.

Quando questionados sobre quem deveria assumir a prefeitura nas próximas eleições, metade dos entrevistados apontou o vereador Pinto Piçarra como favorito, com 50,31 porcento. Iriane Gonçalo ficou com 36,02 porcento. Não responderam ou não opinaram – 13,66 porcento dos ouvidos.

No quesito popularidade é que a prefeita despenca – 75,16 porcento afirmaram que pelo que ouvem do seu mandato Iriane não se reelegeria na cidade. Já 10,56 porcento acreditam que sim, ela teria uma nova chance e 14, 29 porcento não opinaram.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Irmã de Hilton Gonçalo não conclui obra da saúde em Pastos Bons

Uma obra que passou do prazo de entrega deve resultar no encaminhamento de ação na Justiça cobrando a responsabilidade da Prefeitura de Pastos Bons. A obra orçada em R$ 151 mil reais, passou do período que deveria ser entregue.

Localizada no povoado Angical, a obra que foi anunciada pela prefeita Iriane Gonçalo(PV) como um grande investimento que beneficiaria milhares, hoje amarga do desprezo da população de Pastos Bons.

A placa da obra comunica informa que foi iniciado os trabalhos no dia 02/12/13 e terminaria em 02/12/14. O investimento foi para ampliação da unidade básica de saúde.

O descaso público da gestão de Iriane Gonçalo reflete na população que se submete a buscar atendimento em redes hospitalares de cidades próximas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.