Judiciário

Prefeita de Açailândia é afastada do cargo por desvio de bens públicos

Gleide Lima dos Santos foi afastada da prefeitura de Açailândia

Gleide Lima dos Santos foi afastada da prefeitura de Açailândia

Gleide Lima dos Santos foi afastada da prefeitura de Açailândia por determinação da Justiça do Maranhão. A prefeita, que já responde a outras ações criminais, teve como relator do processo o magistrado Raimundo Melo, acompanhado do desembargador João Santana.

O afastamento foi determinado pelo uso indevido de bens públicos durante a administração da gestora. Também foi deferido o afastamento do secretário de Obras, Wagner de Castro Nascimento. A Câmara também decidiu pelo encaminhamento da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e ao vice-prefeito da municipalidade, Juscelino Oliveira e Silva.

O Ministério Público moveu uma ação contra Gleide dos Santos por improbidade administrativa, encaminhados à Promotoria de Justiça da Comarca de Açailândia, ao constatar que ela utilizou R$ 160 mil reais em serviços de mão de obra e de máquinas na fazenda Copacabana, de propriedade da gestora e de seu companheiro, Dalvadisio Moreira dos Santos.

A prefeita utilizou o serviço de melhoramento de estradas para uso do dinheiro público, no trecho que somente dá acesso a propriedade.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.