Maranhão

Bomba! Flávio Dino deverá oferecer secretaria de Saúde para Weverton Rocha

FLVIO-1

Fontes do blog no meio comunista afirmaram que  até o final da próxima semana, Flávio Dino deverá dar fim no impasse que tem vivido com o PDT, partido que tem como principal cacique no Maranhão o deputado federal Weverton Rocha.

A vaga de vice na chapa do comunista já está praticamente decidida, será do PSDB, e para que o PDT não fique magoado e lance a candidatura de Hilton Gonçalo, Dino pretende oferecer a secretaria de saúde aos pedetistas no caso de uma eventual vitória. Vale lembrar que a secretaria de saúde é vista como o pote de ouro do governo estadual e claro que Rocha que responde a diversos processos, inclusive no STF, deverá aceitar numa boa a proposta de Flávio.

Atualmente a secretaria de saúde do estado é ocupada por Ricardo Murad, que a frente da pasta já conseguiu grandes feitos, como por exemplo eleger sua esposa prefeita de Coroatá, depois de duas derrotas, além de outros diversos prefeitos.

No entanto, caso a onda da “mudança” vença as eleições do próximo ano, pelo menos na secretaria de saúde, o que mudará é apenas o nome do secretário, os atos deverão ser os mesmos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Eita Flávio Dino: Presidente do PDT, afirma que Hilton Gonçalo pode ser sim candidato a governador

O deputado federal Weverton Rocha, Hilton Gonçalo e o deputado estadual Carlinhos Amorim no Encontro Regional do PDT em Pinheiro

O deputado federal Weverton Rocha, Hilton Gonçalo e o deputado estadual Carlinhos Amorim no Encontro Regional do PDT em Pinheiro

Durante o Encontro Regional do PDT realizado na cidade de Pinheiro, mais uma vez as lideranças da legenda voltaram a afirmar que Hilton Gonçalo pode vir, sim, ser candidato a governador pelo partido. O presidente Julião Amim e o secretário-geral Weverton Rocha, destacaram a importância da sigla durante a reunião política, evidenciando existir um entendimento que o PDT será protagonista em 2014.

“Hilton pode ser o nosso nome como candidato para governador”, destacou Julião Amim durante o Encontro partidário. O presidente chegou a ir mais além, destacando as características do pré-candidato: “É um excelente administrador, um homem de caráter excepcional, muito correto”.

As declarações surgiram em meio a questionamentos se existe ainda a possibilidade de Hilton Gonçalo e o próprio PDT manterem as esperanças de ter candidatura própria em 2014. O presidente do partido, respondeu de forma clara: “É claro. Pois ninguém sabe o amanhã. Hilton foi um dos melhores prefeitos do Brasil”.

O deputado federal Weverton Rocha enfatiza a fala de Julião e reitera que “o PDT será protagonista” e isso pode ocorrer através de uma candidatura própria ao governo, uma vez que Hilton Gonçalo vem reafirmando o desejo de concorrer ao cargo e tem o aval do partido.

Por sua vez o ex-prefeito, reitera: “Repito, não tenho interesse em cargo parlamentar, meu perfil é de executivo, fiz muito em Santa Rita, eu tenho o que mostrar, aliás já tenho um leque de propostas preparadas para serem apresentadas, continuarei colocando meu nome para a disputa”.

Hilton Gonçalo vem mantendo sua agenda política, conversando com lideranças políticas de diversas regiões do estado, além de manter importante aproximação com deputados estaduais e federais que tem preferência pelo seu nome entre os apresentados pela oposição.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

PPS indica apoio a Eduardo Campos nas eleições de 2014

Eduardo Campos e Marina Silva deverão ter apoio do PPS em 2014

Eduardo Campos e Marina Silva deverão ter apoio do PPS em 2014

O PPS (Partido Popular Socialista) sinalizou neste sábado (7) que vai apoiar a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (SP), e da ex-senadora Marina Silva à Presidência da República nas Eleições 2014. Durante congresso que vai até amanhã, a sigla decidiu pelo apoio a Campos por 152 votos a favor contra 98 da proposta de candidatura própria do partido.

Havia ainda uma terceira possibilidade, de apoio ao possível candidato tucano ao Planalto em 2014, senador Aécio Neves (MG), mas a proposta foi descartada na última hora.

O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire (SP), comemorou a decisão. Ao defender o apoio a Campos e Marina, Freire citou o “reencontro histórico” com um projeto de esquerda democrática.

— É um reencontro com uma esquerda democrática na qual nós, a muito custo, ingressamos a partir da década de 1960. É um reencontro histórico inclusive na crise geral das esquerdas mundiais.

Freire também destacou ainda que “a partir de agora, a unidade do PPS é que é o fundamental” e que “não tem nem derrotados nem vencedores”.

O posicionamento favorável ao PSB nas Eleições 2014 é apenas um indicativo de apoio, já que legalmente as convenções dos partidos acontecem no mês de junho. No entanto, é um sinalização clara dos rumos que o partido pretende tomar em 2014.

A partir de agora, a direção nacional da legenda vai procurar Eduardo e Marina para começar a discutir uma agenda para o Brasil que caminhe na direção da construção de uma nova maneira de fazer política, um novo modelo para economia e um novo modo de governar.

Escolhido para fazer a defesa da tese vencedor, o deputado federal Arnaldo Jordy (PPS-PA) disse que o PPS precisava mudar o seu eixo de alianças e trabalhar para o fim dualidade entre o PT e o PSDB que há anos toma conta da política brasileira. Para o parlamentar, até agora a candidatura que pode representar a mudança é a que está sendo construída pelo PSB e pela Rede.

— O que é mais dinâmico no nosso entendimento é o que se expressa na candidatura de Eduardo e Marina. É esse eixo que está tentando construir uma nova agenda para o Brasil”, disse Jordy.

Veja abaixo a sinalização oficial do partido sobre as Eleições 2014:

“1 – O PPS se soma ao PSB e REDE para construir uma candidatura a presidente da República no rumo da nova política, nova economia e novo governo para o Brasil.

2 – Nomeia uma Comissão Eleitoral para analisar a situação nacional e de cada estado e fazer a discussão das melhores alternativas para o crescimento do PPS, principalmente considerando as alianças que o partido tem nos estados.

3 – Convocam uma pré-convenção eleitoral para março de 2014 para decidir a aliança do partido

Brasília, 07 de dezembro de 2013″

(R7)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

“Educação da mudança” continua envergonhando no cenário nacional

 

Na pequena casinha sem nenhum conforto para as crianças, o teto coberto de palha já oferece perigo aos alunos.

Na pequena casinha sem nenhum conforto para as crianças, o teto coberto de palha já oferece perigo aos alunos.

Depois das escolas do município de São Luís, administrado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, pupilo de Flávio Dino, ser destaque nacional por servir café com farinha para alunos, agora são os municípios de Caxias e Matões, ambos administrados pelo PSB, que envergonham o Estado no cenário nacional.

Os dois municípios foram destaques na TV Bandeirantes, nesta segunda-feira, pela triste realidade de ainda manter escolas de palha sem o mínimo de condições dignas para atender alunos da rede municipal de ensino.

Em Matões, onde a prefeita Suely Pereira, é a mãe do deputado Rubens Júnior (PCdoB), que todo dia promete mudar o Maranhão, a situação é indigna sob todos os aspectos. Já em Caxias, onde o chefão do comunismo, Flávio Dino, garantiu sua eleição de deputado federal pela primeira vez, graças ao coronelismo dos “Coutinhos”, o retrocesso é de causar revolta em qualquer ser humano.

Confira a reportagem assinada pelo jornalista Ricardo Rodrigues, correspondente da TV Band em Caxias. (Portal Gi)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Agora é oficial: PT, Lula e Dilma irão apoiar Luis Fernando para governador

Presidenta Dilma decidiu que irá apoiar Luis Fernando Silva

Presidenta Dilma decidiu que irá apoiar Luis Fernando Silva

Em reunião de mais de quatro horas com a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e toda a cúpula do PMDB decidiram alguns pontos para a eleição de 2014.

O primeiro assunto discutido, foi a questão do RJ em que ficou decidido que o PT não irá romper com o governador Sergio Cabral (PMDB), pelo menos não agora. E outro assunto que ficou acertado foi o apoio do PT ao pré-candidato ao governo do Maranhão, Luis Fernando Silva que terá no seu palanque agora além da governadora Roseana Sarney, a presidente Dilma e o ex-presidente Lula.

Lula e Dilma resolveram abandonar de vez Flávio Dino que deverá procurar seu partido o PCdoB e iniciar uma nova crise no governo Dilma, já que os comunistas são camaradas de longos anos dos petistas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Deu no Globo: Dilma, Lula e PMDB tentarão resolver amanhã crise no Maranhão

Dilma-Sarney-Lula

A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, além do presidente do PT, Rui Falcão, vão se reunir com a cúpula do PMDB, amanhã, em Brasília, para tentar resolver problemas entre os dois partidos em sete estados: Rio de Janeiro, Maranhão, Minas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraná e Paraíba. Essas divergências afetam o projeto de reeleição da presidente e, em alguns casos, asseguram palanques para dois adversários: o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e o senador Aécio Neves (MG).

No Maranhão, a direção nacional do PT deve forçar a aliança com o PMDB da família Sarney, embora o PCdoB cobre apoio à candidatura do presidente da Embratur, Flávio Dino, que também tem conversado com Eduardo Campos.

Na quinta-feira, o senador José Sarney (PMDB-AP) teve audiência com Dilma. Ele afirmou que a conversa foi sobre obras no Amapá, sem relação com as eleições, até porque, segundo ele, o apoio do PT ao PMDB no Maranhão estaria assegurado:

— O grupo que nos apoia (no PT) ganhou (o comando do diretório regional), então não há problema mais — disse.

Mas o resultado da eleição do PT no Maranhão está em litígio. O atual presidente, Raimundo Monteiro, pró-Sarney, proclamou sua reeleição. Mas seus adversários não reconheceram o resultado e fizeram um segundo turno à revelia da direção nacional, que não autorizou nova votação. O tema será discutido pela Executiva Nacional do PT na próxima terça-feira.

Continue lendo clicando aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Gardênia Castelo revela que PSDB tem vaga garantida na chapa de Flávio Dino

gardênia-castelo

A disputa por um espaço na chapa majoritária de Flávio Dino (PC do B) pode estar prestes a ter um desfecho, pelo menos é o que se entende, diante da declaração da deputada estadual Gardênia Castelo (PSDB), que revela: “o Flávio conversou com o Brandão e garantiu que o PSDB terá espaço garantido na chapa majoritária”. O comentário da filha do ex-prefeito de João Castelo, ocorre na mesma semana em que ganhou grande repercussão o enunciado do presidente da Embratur, ao afirmar “ser uma honra” contar Castelo em seu palanque em 2014.

O “namoro” entre PSDB e Flávio Dino é antigo, desde o mês de maio desse ano, o deputado federal Carlos Brandão já anunciava uma pretensão de aproximação dos dois lados, mas que as conversas deveriam ter cautela, por conta da disputa presidencial de 2014, uma vez que Aécio Neves (PSDB) vai precisar de um palanque no Maranhão. Então o acerto com os tucanos passaria também por um acordo na disputa do governo federal.

Em relação à declaração da deputada Gardênia, o presidente do PC do B no Maranhão, explica que “todas as discussões sobre a montagem da chapa vão ser feitas no momento certo, esse debate vai ser levado com tranquilidade”. Márcio Jerry ainda comenta “todos os pleitos para ocupar a vaga de vice-governador de Flávio são legítimos”.

Na fala do líder comunista é perceptível o cuidado que se tem de não confirmar e nem negar a afirmação da tucana, uma vez que existe um tensionamento constante dentro do grupo oposicionista, por conta das disputas das vagas na chapa majoritária. Ainda em 2012, um acordo teria sido feito com o PDT e PSB para que as vagas de vice-governador e de senador fossem ocupadas pelos partidos citados, respectivamente. No entanto hoje o PSDB e o Solidariedade reivindicam também seus espaços, o que vem gerando grandes discussões nos bastidores.

Ciente dessa situação, Márcio Jerry ainda enfatiza: “a unidade é essencial para consolidar o sentimento de mudança que o povo deseja, devemos manter essa idéia, para que se transforme em uma vitória eleitoral em 2014”.

O presidente do PSDB, Carlos Brandão, foi procurado por nossa equipe para comentar o assunto, mas sua assessoria informou que ele participava de uma reunião na Câmara Federal e não conseguia manter contato. Já Flávio Dino, respondeu o comentário por meio de uma mensagem enviada por sua assessoria: “Todas as vagas majoritárias serão debatidas em uma reunião com os partidos. Dialogo e negociação entre todos”.

Vaga de vice

Apesar de não ter confirmado que a vaga ser preenchida pelo PSDB seria a de vice-governador, Gardênia Castelo mostrou que esse talvez seja o único espaço que possa a ser oferecido a legenda. “Entendemos que é praticamente certo a candidatura de Roberto Rocha ao senado, então se o nosso partido vai ocupar um espaço na chapa majoritária, possivelmente esta vaga seja de vice, mas ainda existe muito a ser discutido”, completou. (O imparcial)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito Osmani declara apoio a Roberto Costa em Lago da Pedra

Blog do Marcelo Vieira.

Ex-prefeito Osmani, Alberto Filho e Roberto Costa.

Ex-prefeito Osmani, Alberto Filho e Roberto Costa.

O deputado Roberto Costa (PMDB) vai disputar os votos de Lago da Pedra com o colega de parlamento Neto Evangelista (PSDB), deputado da oposição que tem o apoio da sogra, a prefeita Maura Jorge.

O ex-prefeito Osmani, líder maior da oposição em Lago da Pedra, reuniu no último sábado, em sua casa, um grande número de simpatizantes e lideranças politicas, entre  elas o prefeito de Igarapé Grande, Breado, para anunciar o deputado Roberto Costa como candidato de seu grupo nas eleições de 2014.

O apoio de Osmani ao deputado peemedebista atende a um pedido do senador João Alberto e foi um balde de água fria nas pretensões do também deputado Carlinhos Florêncio, que acabou por perder o aliado e claro, os votos que esperava ter no município.

O senador João Alberto e o deputado federal Alberto Filho também participaram do encontro. vale lembrar quer os dois são adversários de Florêncio em Bacabal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Adiado lançamento da pré-candidatura de Luís Fernando ao governo do MA

luis-fernando2
Foi decido pela cúpula do PMDB o adiamento do lançamento da pré-candidatura do secretário Luis Fernando (Infraestrutura), ao Governo do Estado do Maranhão.
A decisão foi tomada após a confirmação da ausência de alguns caciques da legenda, como os ministros Edison Lobão (Minas e Energia) e Gastão Vieira (Turismo), que não poderiam participar do lançamento, em razão da agenda política do ministério de ambos, não permitir a presença dos dois.

No entendimento da cúpula do PMDB, um lançamento desse porte não poderia ser realizado sem que as principais lideranças estejam presentes.

O partido deverá anunciar uma nova data para a realização do lançamento da pré-candidatura de Luis Fernando.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

PMDB fará grande evento em Coroatá para anunciar Luis Fernando como pré-candidato a governador

Luis-Fernando-em-Caxias-foto-Antônio-Martins

Coroatá será o ponto de largada da pré-candidatura do ex-prefeito de São José de Ribamar e atual secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB), ao Governo do Estado.

Agendado pelo presidente estadual do PMDB, senador João Alberto, o primeiro grande ato de mobilização das lideranças deveria ter acontecido no dia 9 de novembro, mas uma série de compromissos e fatos não previstos resultou no adiamento. O evento político foi anunciado ontem pelo deputado estadual e atual secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad (PMDB).

O ato político de Coroatá será o primeiro de uma série por meio da qual Luis Fernando Silva será apresentado pelo PMDB como o candidato do partido à sucessão da governadora Roseana Sarney. A idéia da cúpula do PMDB é, de fato, apresentar às lideranças regionais e ao eleitorado o ex-prefeito de São José de Ribamar como o nome que liderará a campanha do grupo nas eleições de 2014. A iniciativa vem do fato de que seu nome foi definido numa reunião da cúpula pemedebista há certa de três meses.

Luis Fernando não vem se movimentando como candidato a governador. Ele está mergulhado no trabalho, percorrendo o estado anunciando, inspecionando e inaugurando obras. Um dos itens mais importantes desse elenco de obras são as rodovias que em meados de 2014 tornarão o Maranhão o primeiro estado do Nordeste em que todas as sedes municipais estarão interligadas por asfalto.

A rotina do secretário e pré-candidato a governador é intensa e sem descanso. Luis Fernando tem percorrido todas as regiões repetidas vezes, o que lhe dá uma visão ampla e detalhada da realidade do estado. Tanto que ele tem resposta para qualquer problema que diz respeito ao governo em qualquer região do Maranhão. E é com esse cacife que agora ele percorrerá o estado como pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.