Política

Senador diz que Eduardo Braide buscou apoio do grupo Sarney

joao-alberto

Em entrevista concedida ao jornalista Ronaldo Rocha, o senador da República, João Alberto, também desmentiu o deputado e candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN).

Durante a conversa, o senador se mostrou bastante chateado com a postura de Braide em relação às suas declarações sobre apoios políticos em sua campanha nas eleições municipais e declarou que o parlamentar está faltando com a verdade ao dizer que jamais buscou apoio do PMDB ou do grupo Sarney.

João Alberto confirmou o que foi dito pelo deputado Adriano Sarney, na última terça-feira (18), durante o discurso na Assembleia Legislativa (relembre).

“Não foi apenas uma vez. Foram duas vezes, todas na sede estadual do PMDB. E há testemunhas. Numa dessas reuniões o deputado João Marcelo inclusive estava presente. E lá o deputado Eduardo Braide buscou apoio do partido para a disputa da eleição”, disse.

O pedido de apoio foi negado pelo senador à Braide porque o PMDB já tinha um candidato a prefeito, que era Fábio Câmara e seria impossível forma coligação com o partido dele.

Ele afirmou que a legenda negou apoio a Braide, uma vez que tinha como candidato o vereador Fábio Câmara (PMDB).


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

“Eduardo Braide foi a casa de Roseana Sarney pedir apoio”, revela neto de Sarney

Durante a sessão plenária desta terça-feira (18), realizada na Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Adriano Sarney (PV) deu uma declaração que caiu feito uma bomba no colo do candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN).

O parlamentar revelou que, no 1º turno das eleições municipais, Braide procurou, sim, apoio político da família Sarney e o acusou de mentir quando fala que é um candidato independente.

Adriano disse, ainda, que, o candidato do PMN foi até à sede PMDB falar pessoalmente com o presidente da legenda, o senador João Alberto.

“É com enorme tristeza que vejo o deputado Eduardo Braide utilizar o tempo de televisão, entrevistas, para falar e minimizar o grupo Sarney. A mando de quem? A mando do governador? (…) Mas aqui reponho a verdade, e a verdade é só uma, o deputado Eduardo Braide, no primeiro turno, buscou o apoio do grupo Sarney”, declarou.

Ainda de acordo com Adriano, o candidato do PMN se dirigiu também até a residência da ex-governadora Roseana Sarney para pedir o seu apoio, o que não conseguiu.

“Ele buscou o meu apoio, buscou o apoio do PMDB e foi até a sede do PMDB no São Francisco pediu apoio direto do presidente estadual do PMDB, senador João Alberto, e lá tinham testemunhas, lá tinham câmeras que filmaram tudo e não achando suficiente, o deputado hoje candidato ao governo municipal foi até a casa da ex-governadora Roseana Sarney pedir o seu apoio”, revelou.

A declaração de Adriano Sarney deixa bastante claro que Eduardo Braide quis que a sua chapa fosse composta por outros partidos, ao contrário do que ele diz em sua campanha.

1


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Pai de Eduardo Braide entra em cena e articula apoios para o filho

carlos-braide

Carlos Braide, pai de Eduardo Braide.

O ex-deputado Antônio Carlos Braide, pai do candidato a prefeito pelo PMN, Eduardo Braide, decidiu entrar na campanha do filho após o resultado das urnas que levou Eduardo juntamente com Edivaldo Holanda Júnior (PDT) para o 2º turno das eleições em São Luís.

Segundo fontes fidedignas, Carlos Braide já está articulando apoios para o parlamentar pelos bastidores. Eduardo Braide também começou a costurar os apoios e já chegou até procurar a candidata derrotada Eliziane Gama (PPS) e o senador Roberto Rocha (PSB) para uma futura aliança política.

Diante de tais informações, tudo indica que o pai de Eduardo Braide terá um papel fundamental em sua gestão, caso seja eleito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Eduardo Braide afirma que não fará alianças políticas no 2º turno das eleições

eduardobraide-1

Após uma virada surpreendente, o candidato a prefeito de São Luís, o deputado Eduardo Braide (PMN), declarou, em entrevista coletiva, que não fará alianças políticas para concorrer no 2º turno das eleições municipais.

Segundo Braide, ele quer evitar que alianças partidárias o prejudique em uma possível administração a frente da Prefeitura de São Luís.

“Não fiz alianças no primeiro turno para conseguir tempo de televisão, agora que o povo de São Luís me deu um tempo de televisão maior, é que eu não tenho nenhum motivo para fazer qualquer aliaNça que venha prejudicar uma futura administração a frente da Prefeitura de São Luís (sic)”, pontuou Eduardo Braide.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Eduardo Braide acusa TV Difusora de ser partidária

braide

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN), afirmou, em entrevista coletiva, concedida, na tarde desta terça-feira (27), que a TV Difusora é uma emissora partidária.

A declaração foi dada em seu Comitê Central, localizado no retorno do Caôlho, após o cancelamento do debate da emissora referida acima, que seria realizado hoje (27), às 22h.

“Um candidato a prefeito de São Luís que é do partido do PDT, então ai eu acho que cabe a própria imprensa, se for o caso, averiguar essa situação, já que foi divulgado pela própria imprensa essa relação estreita e direta do PDT e a TV Difusora de São Luís”, frisou Braide.

A TV Difusora, que foi arrendada deputado federal, Weverton Rocha (PDT), cancelou o debate depois que o candidato do PMN ganhou na Justiça o direito de participar do encontro.

A emissora alegou que motivos operacionais decidiu cancelar o debate. (Reveja)

Desse modo, a atitude da Difusora deixou bem claro que Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que é do mesmo partido de Weverto Rocha, foi beneficiado com o cancelamento, afinal Braide já havia declarado que deseja confrontar o prefeito de São Luís sobre às suas ações realizadas a frente da gestão municipal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Agenda dos candidatos a prefeito de São Luís

Terminplaner

Wellington do Curso (PP)

08h – Participa do Programa Cidades Sustentáveis (Local: Assembleia Legislativa)
Tarde – Reunião com coordenação de campanha
Noite – Grava programa eleitoral

Fábio Câmara (PMDB)

9h00 – Participa de Assinatura da Carta-compromisso com o Programa Cidades Sustentável, promovida pelo Instituto de Cidadania Empresarial do Maranhão, no Auditório Fernando Falcão.
11h30 – Reunião com feirantes do João Paulo.
15h30 – Gravação do programa eleitoral para TV.
19h – Participa de entrevista no Jornal Maranhão Acontece, na TV Guará.
20h – Encontro com moradores da Nova República, no Maracanã.

Eliziane Gama (PPS)

08:30h – Cidade Sustentável: Apresentação Sustentável e Assinatura da Carta de Compromisso
Local: Assembleia Legislativa
13h- Gravação de Programa Eleitoral
20h: Encontro dos Candidatos com a Classe Médica

Edivaldo Holanda Júnior (PDT)

Manhã – Despacha na Prefeitura
17h – Caminhada na Vila Isabel (Concentração na Avenida Jairzinho às 16h – a 300 metros da Unidade Mista do Itaqui Bacanga)

Rose Sales (PMB)

08h30 – Assinatura da carta compromisso Cidade Sustentável
17h – Corpo a Corpo no Cruzeiro do Anil
19h – Encontro com lideranças do bairro Monte Castelo

Cláudia Durans (PSTU)

08h30 – Participa de cerimônia de assinatura de
carta‐compromisso com o Programa Cidades Sustentáveis
11h30 – Participa de panfletagem no restaurante
universitário da UEMA
18h – Participa de reunião com coordenação de campanha

Eduardo Braide (PMN)

08h30 – Cerimônia de assinatura da carta‐compromisso com o Programa Cidades Sustentáveis (ICE‐MA)
15h – Gravação de programa eleitoral
19h – Reunião com a comunidade da Vila Nova

Valdeny Barros (PSOL)

08h30 – Participa da cerimônia de assinatura do Programa Cidades Sustentáveis
16h – Participa de panfletagem no bairro do Coroadinho
18h – Participa de panfletagem em frente à Faculdade Pitágoras (Cohab/Turu)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Veja a agenda dos candidatos a prefeito de São Luís para esta terça-feira

Eleição-2016

Wellington do Curso (PP)

09h – Reunião externa e grava programa eleitoral
16h – Visita a jornais impressos
19h – Reunião com lideranças do polo Coroadinho

Valdeny Barros (PSOL)

09h ‐ Gravação de programas de Rádio em TV
15h – Participa de oficina de cartolinas na Praça João Lisboa
16h – Participa de caminhada e panfletagem na Rua Grande
19h – Participa de plenária organizativa com coordenação de campanha na sede do partido

Eduardo Braide (PMN)

08h ‐ Caminhada na Cidade Olímpica
14h ‐ Gravação de programa eleitoral
19h ‐ Reunião com a comunidade da Cidade Olímpica

Eliziane Gama (PPS)

8h – Grava Programa Eleitoral
10h – Reunião coordenação de campanha
16h – Abraço ao Centro Histórico
18h – Lançamento de Candidatura na Vila Embratel

Edivaldo Holanda Júnior (PDT
)

Manhã – Trabalha normalmente no cargo de prefeito
Tarde – Caminhada na Cidade Operária, Unidade 205. Início às 17h.
Noite – Reúne com lideranças.

Rose Sales (PMB)

10h – Promotoria da educação Luciane Belo
14h Atendimento político
15h Corpo a corpo COHATRAC
19h Panfletagem CEUMA TURU/FAMA

Fábio Câmara

08h – Expediente na Câmara de São Luis.
17h – Entrevista na Rádio Capital.
20h – Reunião com moradores da Vila Formosa.

Cláudia Durans (PSTU)

07h – Panfletagem na Central de Abastecimento do Maranhão (CEASA)
10h – Entrevista ao Programa Avesso (TV Guará)
15h – Sabatina na TV Guará Noite – Panfletagem na Faculdade Estácio de Sá e depois Cegel


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Veja a agenda dos candidatos à Prefeitura de São Luís para esta segunda-feira

Eleição-2016

Veja a agenda dos candidatos à prefeitura de São Luís (MA) para esta segunda-feira (5).

Rose Sales (PMB)

Manhã:
– Reunião com a coordenação de campanha
– Atendimento lideranças
Tarde:
– Reunião com representantes do sindicato de educação
– Visita a instituição voltada para deficientes visuais
Noite:
– Reunião com líderes comunitários

Wellington (PP)

Manhã:
– Reunião com líderes evangélicos
– Entrevista para emissora de TV
Tarde:
– Reunião com coordenação de campanha
Noite:
– Reunião com liderança candidato

Eduardo Braide (PMN)

Manhã:
– Reunião com equipe de coordenação de campanha
– Visita à Santa Casa
Tarde:
– Sabatina em um jornal de São Luís
Noite:
– Reunião com lideranças da área Itaqui-Bacanga

Fábio Câmara (PMDB)

Manhã:
– Entrevista em uma emissora de rádio
Tarde:
– Sabatina em uma emissora de TV
Noite:
– Faz campanha no Anjo da Guarda
– Reunião com membros da igreja Batista no Parque Timbira

Valdeny Barros (Psol)

Noite:
– Participa de plenária com coordenação de campanha na sede do partido

Edivaldo Holanda Jr. (PDT)

Manhã:
– Compromissos administrativos
Tarde
– Caminhada no Caratatitua
Noite:
– Sem compromissos marcados

Eliziane Gama (PPS)

Manhã:
– Reunião com a coordenação geral da campanha
– Inauguração da Casa de Eliziane
Tarde:
– Atendimento institucional
– Participa de programa de rádio
Noite:
– Encontro com os profissionais da área da saúde

Cláudia Durans (PSTU)

Manhã:
– Barragem do Bacanga, na frente onde tem a comporta
Tarde:
– Sem compromissos marcados
Noite:
– Reunião da coordenação de campanha

Zeluís Lago (PPL)

– Faz campanha pelas redes sociais


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Eduardo Braide diz que Edivaldo não soube eleger prioridades em sua gestão

braide

O candidato do Partido da Mobilização Nacional (PMN) a prefeito de São Luís, Eduardo Braide, foi o último a ser entrevistado na sabatina realizada pelo jornal o Estado do Maranhão e durante a entrevista, o deputado criticou veementemente a gestão de Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Para ele, governar é saber eleger prioridades e o atual gestor não tem feito isso. Braide citou o exemplo da educação, que a Prefeitura perdeu os recursos repassados pelo governo federal porque não soube aplicar. Disse também que é preciso resolver os problemas do sistema educacional para depois melhorá-lo.

” É difícil falar em escola em tempo integral se não funcionam nem as de tempo normal. É preciso resolver problemas como a estrutura física do sistema educacional já que existem escolas que não tem local certo”, pontuou Eduardo Braide.

Segundo o candidato, a Educação precisa ser priorizada e que a questão das greves dos professores precisa de diálogo para que não haja prejuízo aos alunos. Ele usou o exemplo de quando comandou a Caema que não tiveram paralisação dos servidores porque ele priorizava o diálogo.

O deputado estadual também comentou sobre temas como segurança públicas, mobilidade urbana, esporte e tecnologia.

Segundo Braide, ele tem uma lei que fomenta a prática de esporte. “Mas não basta somente fazer áreas de lazer ou de esportes. É preciso manter. Por isso, na nossa proposta temos o programa Adote um Espaço para que a iniciativa privada posso com incentivo cuidar de áreas como praças e áreas de lazer e de prática de esportes”, alegou.

E sobre a segurança pública, o candidato do PMN disse que em seu programa de governo os guardas municipais irão atuar nas escolas, apesar de que na Constituição Federal a Guarda Municipal é para guardar o patrimônio. Outra proposta apresentada por Braide é construir Pontos Avançados de Segurança para assim fazer uma parceria com o governo estadual para disponibilizar a polícia militar para ocupar esses espaços.

Eduardo Braide falou, também em relação ao VLT e criticou a licitação do Transporte Público. Para ele, é necessário ser incluída no edital de licitação a pesquisa técnica levando em consideração o grau do satisfação do usuário para que os empresários tivessem o comprometimento de melhorar a frota em São Luís. “A licitação me parece ser de faz de conta. A pergunta que fica é: o que podemos melhorar com essa licitação?”, questionou.

Ao ser questionado sobre a situação dos terminais de integração, o deputado afirmou que “há vários problemas como banheiros ruins, falta de segurança e estrutura precária, mesmo se resolvesse esse tipo de problemas, não resolveria o problema de transporte para a população. Não adianta resolvermos a questão da estrutura física dos terminais se não investirmos em mais linhas integradas”, frisou Braide.

Em relação ao VLT, Eduardo declarou que desde o início já estava claro que não iria dar certo. “O problema da implantação do transporte de massa é a desapropriação de áreas que deixa o custo alto. Um exemplo positivo ocorreu em Porto Alegre com a construção suspensa para evitar desapropriação. Se tiver alguma eventual inviabilidade, encontraremos a solução. O certo é que a população de São Luís não ficará sem um transporte de massa”.

Durante a sabatina, detalhou também como implantaria a tecnologia em sua gestão e citou alguns de seus projetos que fez enquanto deputado estadual e como pretende desenvolver o seu trabalho, caso seja eleito, a frente da Prefeitura de São Luís.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Três deputados na “lista negra” de Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB), colocou os leões para rugir não somente contra os deputados estaduais de oposição, mas, principalmente, a três deputados que diziam ser aliados do governo, inclusive, votando a favor dos projetos.

Estão na “lista negra” do comunista os deputados Eduardo Braide (PMN), Stênio dos Santos Rezende (PRTB) e Josimar de Maranhãozinho (PR). O trio hoje é visto como inimigos do Palácio dos Leões.

A irá dos leões foi gerada após o deputado Braide se recusar a atender o telefonema do governador Flávio Dino, alegando que só falaria com o presidente Humberto Coutinho (PDT). Dino ficou revoltado e engoliu seco o tratamento.

Braide não atendeu o telefonema do governador depois que foi retirado da liderança do maior bloco da Assembleia, através de uma articulação do deputado Othelino Neto (PCdoB). Othelino coordenou o recolhimento de assinaturas para mudar a liderança do Bloco em retaliação a Braide, que tentava ser vice-presidente da Assembleia.

Ocorre, porém, que o governador teria entrado em campo para desfazer o que Othelino Neto fez, mas Eduardo Braide teria se chateado e acabou entrando no Bloco União Parlamentar, liderado pelo deputado Josimar de Maranhãozinho, vice-líder Vinicius Louro, e composto por Antônio Pereira (DEM), Cabo Campos (PMB), Carlinhos Florêncio (PHS), César Pires (sem partido), Eduardo Braide (PMN), Stênio Rezende (PMB) e Wellington do Curso (PPS).

Eduardo Braide aproveitou para sair do grupo de whatsapp denominado ‘Gestão Política Alema’, que tem como integrantes um núcleo reservado de deputados que possuem bom transito com o governador..

Na manhã de ontem quinta-feira (03), antes do plenário Nagib Haickel, da Assembleia Legislativa do Maranhão, conceder título de cidadão maranhense ao Bispo de Imperatriz, Dom Gilberto Pastana, o secretário de comunicação e articulação política do estado, Márcio Jerry (PCdoB), aguardava na entrada do plenário quando o deputado Eduardo Braide passou ao lado de Jerry, mas sequer o cumprimentou.

O clima é tenso e promete.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.