Poder

Construtora de Colinas já ganhou milhões em contratos em Prefeituras do MA

A empreiteira J.C. Construção e Imobiliária, de nome fantasia Agrocol Consultoria e Engenharia, vem movimentando cifras milionárias em Prefeituras do Maranhão.

Com base em dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o Blog do Neto Ferreira apurou que a construtora já faturou R$ 5.052.757,44 milhões entre os anos de 2018 e 2019 em contratos públicos.

Somente na Prefeitura de Parnarama, a J.C. Construção ganhou um acordo contratual de R$ 2.239.056,60 milhões. O documento foi assinado no início desse ano.

Em São Domingos do Maranhão, a empreiteira vem atuando desde 2018. De lá pra cá, já lucrou R$ 1.660.629,00 milhão.

Ainda de acordo com dados do TCE, na Prefeitura de São João dos Patos a construtora ganhou R$ 1.153.071,84 milhão em contrato celebrado também no começo de 2019.

A J.C é comandada por Jânio Célio de Sousa e Jair Sousa. Ela fica localizada em Colinas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Praça da Alegria, em Colinas, é o retrato do descaso do poder público

O que um dia já foi um ponto turístico conhecido da cidade, hoje é o retrato do descaso do poder púbico. A praça Jaldo Moreira, ou praça da Alegria como é popularmente conhecida, que fica em Colinas (MA), está abandonada há anos.

abandono2

Antes palco de atrações culturais, agora a praça virou reduto de vândalos e usuários de drogas. A denúncia foi feita por um leitor do Blog do Neto Ferreira, que preferiu não ser identificado. Segundo apurou a reportagem, a praça foi inaugurada em 2012, com show do cantor Tom Cléber.

abandono

Desde então, a praça vem sendo negligenciada, e hoje vive sua situação mais crítica. As paredes foram pichadas, o chão está quebrado e o mato se acumula por todas as partes. Veja, abaixo, uma imagem feita no dia da inauguração da praça, em 2012.

antes

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A ponte da Trizidela que o prefeito tenta culpar os adversários em Colinas

Que a gestão do prefeito atual de Colinas Dr Antonio Carlos (PSD) vem sendo marcada por muitos escândalos a céu aberto isso não é segredo para ninguém. De tantas escândalos existem em seu governo a maior delas acontece na sala da CPL(Comissão Permanente de Licitação) .

É lá onde mora o perigo já que supostamente não existe concorrência entre empresas participantes e sim indicação a dedo de empresas de amigos do prefeito e quando aparece uma que não é do conhecimento da população colinense, pode apostar que é coisa boa, como é o caso da Rio Preto Construções que foi homologado em seu nome no dia 24 de abril de 2014 um contrato no valor de R$ 2.416.824,98 (dois milhões quatrocentos e dezesseis mil oitocentos e vinte e quatro reais e noventa e oito centavos) que seria para a construção da ponte que liga o centro da cidade ao bairro Trizidela (veja na foto).

Para a surpresa de muita gente, no mesmo dia e na mesma salinha foi homologado o mesmo contrato com a mesma finalidade e dessa vez com a LF TRANSPORTE de propriedade do Léo e Fala Fina no valor de R$ 2.435.507,41 (Dois milhões quatrocentos e trinta e cinco mil quinhentos e sete reais e quarenta e um centavo).

A LF TRANSPORTE que seria a responsável pela construção da dita ponte derrubando suas tábuas que ainda serviam para o tráfego de muita gente que nos prazos determinado no contrato seria entregue a população.

Todos sabem que essa empresa não tem a mínima estrutura para construir uma ponte de concreto da magnitude que é essa da Trizidela.

E onde entra a Rio Preto? Essa daí segundo informou na época o jornalista Badeco é “fantasma” e com medo de um problema maior o prefeito resolveu cancelar seu contrato mas a essa altura ela já havia abocanhado 100 mil reais . Fato mesmo é que uma é enrolada e a outra que já ganhou nessa gestão mais de 30 milhões em contratos não tem sequer uma pá para tocar qualquer obra da complexidade que é essa em questão.

37916269

thumbnail_img-20161017-wa0048

thumbnail_img-20161017-wa0049


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Escândalo: carvoeiro é usado como “laranja” de empresa que fatura milhões em Colinas

thumbnail_ALUÍZO-FIRMA (3)

Aluizo da Silva, o falso milionário

Empresas de fachada têm faturado alto no município de Colinas, administrado pelo prefeito Antônio Carlos Oliveira. Há poucos dias, o esquema criminoso foi denunciado na Câmara Municipal de Colinas.

Conforme a denúncia, uma verdadeira organização criminosa está atuando na administração municipal de Colinas com a finalidade de desviar recursos públicos federais e estaduais. É criada empresas de fachadas com o objetivo de firmar parcerias com a Prefeitura.

As empresas L. A. Terraplanagem e Construções e a L. F. Transportes e Construções, por exemplo, já receberam mais de R$ 15 milhões da Prefeitura de Colinas para executar os mais variados serviços. No entanto, há fortes indícios de corrupção envolvendo gestores públicos e empresários do município.

Um carvoeiro, identificado como Aluizo da Silva, foi vítima da organização. Ele mora em uma casa de taipa, tem uma vida simples, mas descobriu recentemente que é dono de uma empresa prestadora de serviços à prefeitura de Colinas com o faturamento de mais de R$ 7 milhões. Com a informação, o trabalhador pegou um baita susto.

Aluizo informou que em 2014 foi procurado pelo dono da L.F, Leonardo Ribeiro, que também é funcionário do Banco do Brasil. Na época foi convidado a abrir uma empresa, com o objetivo de executar obras e serviços para o município de Colinas. Para isso, só precisava emprestar o nome. Já que quem assumiria o comando seria o bancário e um outro homem, identificado como Adelson Filho.

Seduzido com a proposta, Aluizo chegou a entregar toda a documentação exigida, mas depois disso nunca mais teve notícia da tal empresa. Ele também alega que nunca recebeu um centavo da empresa. Aluizo constatou que era um falso milionário quando teve acesso ao extrato bancário da L.A Terraplanagem e Construções, e confirmou que era “sócio” da empresa.

Contrato social

planilha


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Carlos Brandão cumpre agenda especial em Colinas

Carlos Brandão em Colinas

Carlos Brandão em Colinas

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, esteve este fim de semana na sua cidade natal, Colinas, no sertão maranhense.

Durante a sua agenda especial na cidade, o vice-governador fez questão de prestigiar a tradicional vaquejada que acontece em Colinas, há 23 anos, e de se reunir com lideranças locais, que estiveram com ele durante toda a manhã do último sábado (25).

Na ocasião, ele dialogou com diversos prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, ex-vice-prefeitos, lideranças políticas, representantes de comunidades colinenses e amigos de longa data. Juntos, debateram sobre o governo Flávio Dino e também sobre a política local. “É um prazer estar na minha terra, conversando sobre o que planejamos para Colinas a para o Maranhão”, afirmou Carlos Brandão.

O vice-governador deve voltar a Colinas, na segunda quinzena de agosto.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Assalto a agência do Bradesco em Gonçalves Dias é investigado

A Polícia Civil já abriu inquérito para identificar os dois bandos envolvidos nos assaltos a uma agência bancaria na cidade de Gonçalves Dias e dos Correios, em Colinas. As ações criminosas ocorreram na última segunda–feira (6) e terça-feira (7), respectivamente.

De acordo informações policiais, a ação na agência do Bradesco em Gonçalves Dias teria sido cometida por dois homens em uma moto Broz, de cor vermelha. A polícia já descobriu que a dupla estava armada com uma pistola. No momento do assalto, havia três funcionários, um cliente e o vigilante, que foi rendido e teve sua arma roubada pelos assaltantes.

Em Colinas, investigadores lotados na 13ª Delegacia Regional e militares da 11ª Companhia Independente, ambos sediados em Presidente Dutra, e policiais daquele município, estão diligenciando desde a tarde desta terça-feira (7) a fim de capturar os envolvidos no assalto a agência dos Correios.

Segundo a polícia, três homens armados com pistolas ponto 40 e 380 teriam invadido a agência e rendido os funcionários. Após a ação, os criminosos teriam empreendido fuga em veículo Fiat Strada, de cor branca.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Colinas: Caema é obrigada a regularizar fornecimento de água e suspender cobrança

A pedido do Ministério Público, a Justiça concedeu liminar em Ação Civil Pública determinando que a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) regularize, no prazo de 40 dias, o fornecimento de água no município de Colinas. A decisão judicial prevê ainda a suspensão do pagamento da tarifa pelos consumidores da cidade, a partir de novembro, até a solução definitiva do problema.

Em caso de descumprimento, a Caema será obrigada a pagar multa no valor de R$ 10 mil por dia até o limite de R$ 500 mil. A medida foi tomada pelo juiz Marcelo Matos e Oka em ação de autoria da promotora de justiça Letícia Teresa Sales Freire, titular da Promotoria de Colinas.

No procedimento, a representante do Ministério Público relata que o problema da falta d’água atinge a cidade há muito tempo e que alguns bairros chegam a passar meses sem o abastecimento. Segundo a promotora, a situação não poupa nem os prédios públicos, como o Fórum, a Promotoria, a Câmara de Vereadores, a Delegacia, hospitais e escolas. “Todos padecem diariamente com a falta do fornecimento de água, serviço essencial à manutenção da vida e da saúde pública”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Escola pública vira estábulo em Colinas

Blog do Hilton Franco

Rede escolar do minicípio de Colinas

Rede escolar do minicípio de Colinas

Esculhambação! Uma escola da rede pública municipal de Colinas-MA se transformou em um estábulo no povoado Sitiozinho, na zona rural do municipio.

Tomada por um matagal a Unidade Escolar Capitão Lili, localizada às margens da BR 135 possui dois “alunos” ilustres – um jumento e um cavalo que se alimentam do capim que verdeja com a chegada das chuvas.

O slogan Colinas para todos, no muro da escola já diz tudo. A cidade é de todos,inclusive  dos animais.

Em consulta ao site do MEC, foi verificado que a escola está extinta. Porque foi extinta? Se a escola seria extinta, porque construiram?

Escola em total estado de abandono

Escola em total estado de abandono

E assim segue o Maranhão com 19% da população analfabeta…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.