Poder

Vereador e guarda municipal de Chapadinha são investigados por pedofilia

Vereador Emerson Aguiar PV e Antonio Gedeao Neto Netinho guarda municipal

O vereador da cidade de Chapadinha Emerson Aguiar (PV) e o guarda municipal que esta a disposição da desembargadora Nelma Sarney, Antônio Gedeão Neto, estão sendo investigados por aliciamento de menores para a prática ilegal da pedofilia.

A Policia Militar e o Conselho Tutelar foram acionados na noite do dia, 7, após denúncias que duas jovens de 16 e 17 anos, estariam embriagadas em plena praça pública do município. Segundo relatos de vizinhos, as duas menores chegaram de carro e foram deixadas no Bairro da Corrente.

O fato registrado e denunciado ao Conselhor Tutelar e ao Ministério Público, por uma professora da escola CEM. Raimundo Araújo, que após uma mulher de nome desconhecido, se passar por madrinha das menores, que no momento estariam em sala de aula, e acabou liberando-as.

Depois do inusitado, as jovens foram vista em um bar na companhia do vereador Emerson Aguiar e Antônio Gedeão Neto, Guarda Municipal licenciado e atualmente a disposição da desembargadora Nelma Sarney.

O depoimento da professora e as denúncias sobre o suposto caso de pedofilia, já se encontra na Promotoria de Justiça do município. Atenção CPI da Pedofilia!


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Irmão de Magno Bacelar faz arruaça em escola pública

Marco Antônio Bacelar irmão de Magno Bacelar

Marco Antônio Bacelar irmão de Magno Bacelar

O irmão do ‘meio deputado estadual’ Magno Bacelar (PV), protagonizou uma verdadeira arruaça das grandes em uma escola pública no dia, 28, de setembro próximo ao município de Chapadinha.

Marco Antônio Bacelar irmão mais velho do parlamentar, simplesmente invadiu e aterrorizou alunos da Escola Municipal de Francisco Pereira da Luz, situada no povoado Lagoa dos Pássaros (Chapadinha) à 15 km de Afonso Cunha.

No momento do ocorrido, segundo a professora Cleudimice Machado da Costa, estava realizando uma prova com os alunos, quando por volta das 14hs30min, Marco Antônio Bacelar e outros 04 maus elementos, invadiram e começaram a aterrorizar crianças de 7 anos.

A escola se quer tem cadeiras escolares

A escola se quer tem cadeiras escolares

De forma desumana, o bando foram expulsando-as da escola no simples proposito de cometer delitos.

Após escorraçar as crianças da sala de aula, começaram a subtrair de forma ilegal e imoral, todos os móveis, eletrodomésticos e utensílios domésticos que pertence a instituição, provocando pânico e terror no sistema educacional daquele município.

Depois do ato repugnante, a professora Cleudimice Machado da Costa prestou queixa delegacia contra Marco Antônio Bacelar. Segundo a ocorrência, a escola ficou completamente vazia, até mesmo as carteiras escolares, o bando comandado pelo irmão de Magno Bacelar chegaram a levar. Veja a ocorrência abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.