Cidade

Moradores bloqueiam trânsito na BR 135

Moradores da Vila Maranhão bloqueiam o trânsito na BR-135

Moradores da Vila Maranhão bloqueiam o trânsito na BR-135

Do Imirante.com

Moradores do bairro Vila Maranhão e localidades próximas, interditaram desde às 05h00 da manhã, desta segunda-feira (6), a BR 135 nos dois sentidos da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal foi chamada ao local, mas não pôde conter o manifesto.

O motivo principal do protesto é a falta de segurança na região. De acordo com os manifestantes a situação na Vila Maranhão é grave. O número de assaltos, homicídios e outros crimes tem aumentado muito e não há presença de um posto policial na localidade.

Ainda segundo os moradores, só há promessas por parte da Secretaria de Segurança Pública do Estado, que até hoje não atendeu nenhuma reivindicação da comunidade.

O protesto terminou após ser agendada uma reunião entre dois representantes dos moradores e o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, marcada para ás 15h00, no Colégio Gomes de Sousa, para discutir ações de segurança para região. O Corpo de Bombeiros retirou o material que ocupava a via.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Política

Glalbert Cutrim vistoria obra na BR 135 e cobra celeridade do DNIT

Segundo vice-presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Glalbert Cutrim (PRB) vistoriou, nesta quarta-feira (03), a obra de duplicação da BR – 135, único corredor de acesso terrestre à capital São Luís.

Na oportunidade, o parlamentar cobrou celeridade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) na execução dos serviços e recebeu do superintendente substituto regional do órgão, Antônio Lucio Oliveira, a garantia de que o trecho de 28 km, ligando a Estiva até o fim do Campo de Perizes, estará liberado para o tráfego de veículos no fim deste ano.

“Constatamos, nessa visita in loco ao canteiro de obras, que, de fato, os trabalhos estão transcorrendo de forma lenta em função das fortes chuvas que continuam caindo. No entanto, recebemos a garantia do DNIT de que a obra será entregue até dezembro. Continuaremos fiscalizando e cobrando, uma vez que a finalização desta obra é uma das prioridades de nosso mandato”, afirmou Cutrim.

Glalbert participou da vistoria acompanhado do prefeito de Bacabeira, Alan Linhares (PTB); vereadores do município; dos também deputados estaduais César Pires (DEM), Eduardo Braide (PMN), Zé Inácio (PT) e Vinícius Louro (PR ) – este último presidente da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia – além do deputado federal Hildo Rocha (PMDB).

Acompanhados de Antônio Lúcio Oliveira e de representantes da empresa responsável pela obra, os parlamentares visitaram alguns trechos da 135 e puderam constatar que menos da metade do trecho de 28 km já recebeu asfalto.

O valor inicial da obra, que começou em 2012, era de R$ 213 milhões de reais. Atualmente, a mesma está orçada em R$ 394 milhões.

Antônio Lúcio explicou que a demora no cronograma da obra ocorreu devido ao período chuvoso e a queda de recursos no orçamento. O superintendente garantiu que os trabalhos estão ganhando ritmo mais acelerado e que, em dezembro, o tráfego de veículos estará totalmente liberado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Novos radares vão controlar trânsito na BR-135

A partir desta segunda-feira (20), nove radares de fiscalização eletrônica de velocidade começarão a funcionar em pontos específicos da BR-135. A instalação dos instrumentos de fiscalização faz parte do Plano Nacional de Controle de Velocidade (PNCV), coordenado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com o objetivo de aumentar a segurança dos usuários das rodovias federais e coibir o excesso de velocidade e, por consequência, possíveis acidentes.

Nessa etapa entrarão em operação nove equipamentos, entre radares fixos e barreiras eletrônicas, instalados em diversos trechos da BR. No Km 0 e no Km 1, em São Luís, foram instalados dois radares fixos, com velocidade máxima permitida até 60 Km/h.

Já na saída da capital maranhense, no Km 59 e 60, em Bacabeira, foram instaladas duas barreiras eletrônicas, com limite de velocidade máxima até 50 km/h. Em outros trechos, como os Km 75 e 78, no município de Santa Rita, dois radares fixos entrarão em funcionamento, com velocidade máxima permitida até 80 km/h.

Com o funcionamento definitivo destes equipamentos, será iniciada a fiscalização efetiva da velocidade nesta rodovia, sendo autuados os veículos que infringirem o limite regulamentado.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Moradores interditam a BR-135 após morte de criança na Vila Itamar

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Moradores da Vila Itamar interditaram, na manhã desta segunda-feira (25/11), a BR-135, no sentido São Luís/ Estreito dos Mosquitos. O motivo do protesto foi a morte de uma criança de seis anos, que foi atingida por um tiro na cabeça.

De acordo com populares, um homem identificado por “Sapão” foi o autor dos disparos que atingiu a criança quando estava dentro de um comércio no bairro. Moradores afirmam que ele pretendia matar um desafeto, mas acabou atingindo a criança, que foi levada para o Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrão II), mas não resistiu. (O imparcial)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão

Moradores do Maracanã bloqueiam trecho da BR-135

fogo

Logo nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (31), moradores da área do Maracanã interditaram um trecho da BR-135, nas proximidades da Unidade de Ensino Básico Zuleide de Andrade. Os manifestantes reclamam da falta de infraestrutura nas escolas dos povoados da região.

Em protesto, os moradores atearam fogo em pneus e pedaços de madeira. Eles dizem que só liberam a via quando as autoridades tomarem alguma providência que melhore as condições da educação no local. Os manifestantes denunciam que, devido à falta de transporte público na área, algumas crianças chegam a ir para a escola a pé.

Por causa da manifestação, um grande engarrafamento se formou nos dois sentidos da rodovia. Devido ao bloqueio da pista, alguns motoristas estão buscando atalhos pela Vila Maranhão. (Imirante)


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Estudantes do IFMA prometem fechar BR 135 nesta quinta-feira

O Campus Maracanã estão organizando uma manifestação para a manhã desta quinta-feira (27), a partir das 8h. Eles reclamam das péssimas condições de transporte público. Para chegar ao campus, os alunos precisam enfrentar uma verdadeira disputa, no Terminal de Integração do São Cristóvão, até que consigam entrar no ônibus. O deslocamento é feito sempre com superlotação dos veículos.

Além disso, os estudantes são vítimas constantes de assaltos dentro dos ônibus.

Os estudantes prometem interditar o trecho da BR 135 que fica próximo ao Campus Maracanã.

Em 2011, alunos da instituição fizeram manifestação semelhante, interditando a rodovia. No dia seguinte, a Direção Geral do Campus Maracanã, representantes do Grêmio Estudantil e representantes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) se reuniram para avaliar as condições do serviço e buscar soluções. Dois anos depois, a situação permanece precária.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cidade

Trabalhadores rurais interditam BR-135

Logo nas primeiras horas desta manhã e terça-feira (18), por volta das 5h30, trabalhadores rurais interditam o Km 1 da BR-135, próximo ao aeroporto da capital, impedindo assim a entrada e saída de pessoas da cidade.

Aproximadamente 3.500 trabalhadores reivindicam melhorias de trabalho. O protesto foi denominado de “Grito da Terra 2013”. Devido a manifestação, várias pessoas já usaram as redes sociais para relatar a perda do vôo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Identificada vítima de acidente de carro na BR-135

Imirante.Com

Conforme publicado pelo blog (reveja ), Ramon Figueiredo Corrêa Filho, de 30 anos, é o nome do motorista do Corsa Classic, de placas NMV-1574, que morreu na manhã desta sexta-feira (2), em acidente na BR-135, 5 Km após a ponte do Campo de Perizes, ao colidir de frente com uma carreta de cor azul.

Segundo informações, ele se dirigia para a cidade de Nina Rodrigues, quando bateu na carreta, A mãe e a sobrinha da vítima também estavam no Corsa Classic. Mas até o momento não se tem informações sobre o estado de saúde das duas.

O acidente provocou um extenso engarrafamento no Campo de Perizes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Duplicação da BR-135 será iniciada em julho

As obras do novo projeto de duplicação da BR-135, única rodovia de acesso a São Luís, devem ser iniciadas no mês de julho, quando chega ao fim o período de chuvas na região. O anúncio foi feito ontem (27), de realização das obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

O projeto técnico, com planilha de valores e prazo de execução, será apresentado ao governo do Maranhão e para as bancadas estadual e federal através do diretor-geral do DNIT, Jorge Ernesto Fraxe, durante sua estada na capital nas próximas semanas.

Desapropriação

Por causa do projeto de ampliação, casas instaladas próximas ao leito da rodovia, especialmente as que se encontram na altura do Campo de Perizes, deverão ser desapropriadas e retiradas e seus proprietários indenizados. Jorge Fraxe pretende propor um convênio com o Maranhão para que isso ocorra.

Mais

A BR-135, considerada uma das mais perigosas do Maranhão, registra constantes acidentes de veículos com mortes, especialmente no Campo de Perizes. Segundo levantamento do DNIT, circulam diariamente pelo Campo aproximadamente 17 mil veículos. Próximo ao trecho da rodovia, que não tem acostamento, há duas ferrovias (Carajás e CFN), e ao lado torres de alta-tensão da Eletronorte e a adutora do Sistema Italuís.

Do Estado do Maranhão


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Após pressão, Dnit promete início da duplicação da BR-135 para junho de 2012

Em reunião com o secretário de Estado de Infraestrutura, Max Barros, em Brasília, o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), Jorge Fraxe, e o secretário-executivo do Ministério dos Transportes, Miguel Mazzela, garantiram que o cancelamento da licitação para duplicação da BR-135 não inviabilizará a obra.

Reunião para definição da obra de duplicaçõa da BR 135

Reunião para definição da obra de duplicaçõa da BR 135

Os representantes do governo federal prometeram que a duplicação, do trecho de 28 km, entre São Luís e Bacabeira, será iniciada em junho de 2012. “O Maranhão está em uma situação em que não se pode mais esperar”, declarou o secretário durante a reunião.

Na conversa que manteve com os integrantes do Ministério dos Transportes e do Dnit, Max Barros deixou claro que o governo do Estado não concordou com o “cancelamento unilateral da licitação” e exigiu o estabelecimento de prazos rígidos para que não haja mais atrasos na obra.

Na avaliação dele, a data de junho de 2012 é aceitável, levando-se em consideração que a nova pista será construída sobre solo mole e que na região Norte do Estado, de janeiro a junho é praticamente impossível fazer serviços de terraplenagem devido às chuvas.

“O governo do Estado foi tomado de surpresa [pelo anúncio do cancelamento da licitação], mas a licitação já foi cancelada unilateralmente e isso é um fato irrevogável. Dentro desta realidade, o que nos parece claro é que devemos definir, de agora em diante, um cronograma de trabalho rígido, que seja cumprido, porque o Maranhão não pode ficar com essa pendência. São vidas que se perdem todas as semanas nessa rodovia e isso deve ser considerado pelo governo federal”, destacou Max Barros.

Outra preocupação do secretário é com a perda de recursos. Dos R$ 190 milhões deste primeiro trecho, cerca de R$ 60 milhões são oriundos de emendas de bancada. Se não forem empenhados até 31 de dezembro (o empenho só pode ser feito após toda a licitação), esses recursos serão perdidos. “Estamos no limite do prazo”, alertou Barros.

Adequações – Uma solução para o problema financeiro da obra também foi debatido em Brasília. Durante o encontro, que contou ainda com a participação do deputado estadual Alexandre Almeida (PT do B), ficou estabelecido que o Dnit promoverá algumas adequações ao projeto da duplicação. A principal delas diz respeito ao deslocamento da linha férrea que beira a BR-135 no Campo de Perizes. Inicialmente, ela seria deslocada para dar lugar à via, o que não será mais necessário. Segundo os engenheiros do órgão, a solução mais viável e mais barata será criar um sistema de proteção com defensas ao longo da linha e construir a nova pista ao lado dela, usando os trilhos como uma espécie de canteiro central.

Ao fim da reunião, o diretor-geral Jorge Fraxe reiterou que a duplicação está entre as prioridades do Dnit. “Pode-se dizer que hoje é um marco esse projeto de duplicação da BR-135. Essa é uma obra prioritária para o Dnit, e nós nos comprometemos, como exigiu o secretário Max Barros, a estabelecer o prazo máximo de junho de 2012 para o início das obras, após as adequações já propostas nesta reunião”, finalizou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.