Geral

Gasolina passará a custar R$ 2,88 no Maranhão

20130130103827aumentocombustivelO Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira (26) a lista com o preço médio ponderado ao consumidor final dos principais combustíveis utilizados pelo setor de transporte no país. Segundo o Confaz, os valores deverão ser adotados a partir de 1º de setembro nos estados e no Distrito Federal.

No caso da gasolina, o litro mais caro é o cobrado no Acre, R$ 3,25. Em seguida, vêm Rondônia (R$ 3,05), Amazonas e Tocantins (R$ 3,03). Os valores mais baratos são os registrado no Piauí (R$ 2,78), Paraíba (R$ 2,80) e Pernambuco (R$ 2,81), no Maranhão (R$ 2,88). Não foram divulgados os preços na Bahia nem no Rio Grande do Sul.

Sobre o diesel, o valor mais caro também é o registrado no Acre, R$ 2,72. Completam o topo da lista os estados de Roraima (R$ 2,56), Mato Grosso (R$ 2,57) e Rondônia (R$ 2,51). Já os motoristas do Mato Grosso do Sul (R$ 2,20), Ceará (R$ 2,25), Maranhão e Rio Grande do Norte (R$ 2,26) são os que mais economizam na hora de abastecer com esse combustível.

Em relação ao álcool, Acre (R$ 2,63), Roraima (R$ 2,55), Alagoas e Paraíba (R$ 2,47) registram o valor mais elevado, no Maranhão (R$ 2,39) . Os preços mais em conta são os de Goiás (R$ 1,92), Mato Grosso (R$ 1,96), Mato Grosso do Sul (R$ 1,97) e Paraná (R$ 1,99).

A tabela do Confaz traz os preços de referência para gás liquefeito de petróleo (GLP), querosene de aviação (QAV), gás natural veicular ( GNV), gás natural industrial (GNI) e óleo combustível. Os preços servem de base para calcular o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do produto. Com informações da Agência CNT de Notícias.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brasil

Dilma ignora aumento da gasolina

O deputado Vaz de Lima (SP) criticou a postura da presidente Dilma Rousseff diante do aumento do preço da gasolina e do diesel. Na semana passada, a petista foi questionada por jornalistas sobre os rumores a respeito do reajuste dos combustíveis, ao que ela respondeu: “eu não falo sobre aumento de gasolina, eu falo de redução de tarifa de energia.” Ela se referia ao pronunciamento em rede nacional de rádio e TV na semana passada para propagandear a queda na conta de luz. Para o tucano, a presidente só usa a estrutura do governo para anunciar medidas que, a seu ver, são positivas.

“A presidente segue uma cartilha do roteiro do próprio PT. Trata das coisas ‘boas’ do governo usando a estrutura que tem, mas esquece outros assuntos. Um bom gestor – que age com seriedade e não quer só maquiar as contas públicas – teria a coragem de explicar por que haverá esse aumento”, ressaltou nesta quarta-feira (30). De acordo com o parlamentar, a presidente não tem pulso de gestora. Com isso, o país vai pagando um preço alto pelos desmandos administrativos e pela falta de gestão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.