Poder

PF se reúne com Aluísio Mendes para discutir investigações sobre políticos no Maranhão

O secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, informou nesta sexta-feira (22), em entrevista à rádio Mirante AM, sobre a recente reunião que teve para tratar sobre as investigações com a cúpula da Polícia Federal.

De acordo com ele, nessa semana houve uma importante reunião com membros da Polícia Federal do Maranhão e de Brasília, no qual foi discutida a questão dos fortes indícios de políticos estarem envolvidos com a contratação do serviço da agiotagem.

Com essa contratação, os gestores sangravam os cofres dos municípios, e efetuavam pagamentos das dividas através de cheques da Prefeitura.

Aluísio Mendes falou sobre a continuidade das investigações, e afirmou que caso seja preciso o deputado estadual Raimundo Cutrim será chamado para depor.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A polícia precisa falar…

Blog do Marco D’Eça

Aluísio só fala nos bastidores; Cutrim já deu declarações.

Aluísio só fala nos bastidores; Cutrim já deu declarações.

O deputado Raimundo Cutrim (PSD) já falou. Se defendeu, admitiu as ligações com Júnior Bolinha, mas negou envolvimento no assassinato de Décio Sá.

A governadora Roseana Sarney (PMDB) também já falou. Garantiu que a polícia irá investigar até o último ponto e afirmou não acreditar no envolvimento de Cutrim, seu ex-secretário de Segurança.

Mas a polícia precisa falar.

O secretário Aluísio Mendes e sua equipe de delegados precisam explicar por que, diante do depoimento de Jhonatan Souza, não tomaram qualquer medida em relação ao parlamentar governista.

Algumas perguntas precisam ser feitas:

1 – Se Jhonatan afirmou tratar-se do próprio deputado Raimundo Cutrim, por que o Cutrim citado no pedido de prisão não foi qualificado?

2 – Se a polícia não acredita no envolvimento do deputado Cutrim no caso, por que fica vazando informações nos bastidores – como os telefonemas de Gláucio e Bolinha, por exemplo?

3 – Se o Cutrim citado por Jhonatan não é o deputado Raimundo Cutrim, o que a polícia tem a dizer sobre isso?

4 – Por que a polícia não tomou nenhuma providência contra o deputado – seja para ouvi-l0 como testemunha ou para questionar outros envolvidos sobre sua participação no crime?

5 – Mais importante: por que Fábio Capita, que teve apenas citações superficiais, está preso, e Raimundo Cutrim, apontado como “mandante principal”, segundo o depoimento, não foi nem qualificado?

Aluísio Mendes e sua equipe precisam esclarecer estes pontos, ainda que mantenham a investigação sob “sigilo”.

Caso contrário, parecerá que a acusação contra Cutrim fora montada pelo próprio Sistema de Segurança.

Numa disputa desenfreada por poder policial…


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime

Polícia desarticula quadrilhas especializadas em assaltos a bancos

Fruto do trabalho de inteligência policial e, na maioria das vezes, da ação rápida e eficaz das polícias, em diversas cidades do Maranhão, o Sistema de Segurança Pública já tirou de circulação, só este ano, nove quadrilhas especializadas em arrombamento, saidinhas bancárias, explosão de caixas eletrônicos e assaltos a bancos. As polícias civil e militar têm intensificado o trabalho para combater a prática desse tipo de crime dentro do estado e também nas cidades vizinhas.

Quadrila presa pela Polícia durante operação

Quadrila presa pela Polícia durante operação

Um levantamento da Secretaria de Segurança Pública (SSP) aponta que foram presas, somente de janeiro a maio deste ano, 43 pessoas envolvidas com este tipo de crime. Apenas no mês de março de 2012, três grupos interestaduais que praticavam estas ações criminosas foram desarticulados.

O secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, destacou a política de combate a essa prática criminosa no Maranhão, implantada no estado na atual gestão: “Temos intensificado nossas ações em combate a assaltos a bancos e arrombamentos de caixas eletrônicos em todo o estado. E isso se deve graças ao empenho das polícias Civil e Militar, com nosso aparato de inteligência, a troca de informações com os sistemas de Segurança de outros estados e com as Polícias Federal e Rodoviária Federal”, disse Aluísio Mendes, ressaltando que o Sistema de Segurança continuará trabalhando para evitar que estes crimes aconteçam no estado.

Assaltos

A SSP esclarece que, em 2012, foram registradas apenas duas ocorrências de assaltos a bancos no Maranhão, ocorridas no município de Carolina, no dia 30 de março, já totalmente elucidado, e mais recentemente, no 09, em Santa Helena, e não 50 assaltos, conforme foi divulgado pelo Sindicato dos Bancários.

Nestes dois casos de assaltos a bancos registrados este ano, em Carolina, três dos envolvidos tombaram em confronto com as forças policiais; quatro foram identificados e presos, sendo que um deles, o Cássio Aurélio da Silva Macedo, preso por investigadores da Polícia Civil, em Imperatriz, na tarde do dia 14. No segundo, ocorrido na cidade de Santa Helena, a Polícia garantiu que já foram identificados os assaltantes e continua as buscas com equipes do Departamento de Combate a Assaltos a Instituições Financeiras da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), o Grupo Tático Aéreo (GTA) e as Polícias Civil e Militar de toda região, e é apenas questão de tempo a prisão dos assaltantes.

O superintendente da Seic, delegado de Polícia Civil, Augusto Barros, falou que nesses últimos anos, a polícia conseguiu reduzir em mais de 72% o roubo a bancos, no estado, se tornando, inclusive, referência para outras unidades.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Realizada missa de sétimo dia do jornalista Décio Sá

Imirante, com informações da Mirante AM
Foto: Arquivo/Diego Chaves/O Estado

Foto: Arquivo/Diego Chaves/O Estado

Realizada, na manhã deste domingo (29), na Igreja da Sé, a missa de sétimo dia do jornalista Décio Sá, morto na segunda-feira (23), no bar Estrela do Mar, na avenida Litorânea, em São Luís. Familiares, amigos, colegas de profissão e autoridades compareceram à missa.

Técio Sá, irmão do jornalista, lamentou, em entrevista ao programa Domingo Mirante, da rádio Mirante AM lamentou a demora das polícias Militar, Civil e Federal nas investigações do caso que, segundo ele, ainda não apresentaram informações concretas sobre o trabalho. Em entrevista coletiva na manhã da sexta-feira (27), o secretário Aluísio Mendes garantiu que todo o sistema de Segurança está focado na elucidação do crime e determinou o sigilo sobre o caso. Técio destacou, ainda, que o irmão, Décio Sá, era um “bom pai e um bom marido”.

O presidente do conselho deliberativo do Sistema Mirante, Fernando Sarney, em entrevista à rádio Mirante AM, afirmou que Décio Sá tinha o mérito de ser entendido pela população. “Cabe a nós, agora, clamar por justiça, nós amigos, colegas, companheiros de trabalho, sobretudo porque vingança não é um bom sentimento. Esse é o sentimento (de justiça) que temos agora”, disse.

O secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, também presente na missa, destacou o trabalho feito pelo jornalista. “Décio era um blogueiro que, quando escrevia, mexia com a cidade”, afirmou.

Amigos e admiradores do jornalista, também, realizarão uma caminhada na terça-feira (1º) na Avenida Litorânea, por justiça e paz. Revoltados com o brutal assassinato do repórter, um resolveu se mobilizar e levar às ruas uma ação contra a impunidade e banalização da vida.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Secretaria de Segurança é investigada por 23 promotores

Blog do Itevaldo Júnior

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito civil para apurar as responsabilidades da secretaria estadual de Segurança Pública, comandada por Aluísio Mendes pela “situação de extremo abandono e caos” em que se encontram o Instituto de Criminalística (ICRIM), Instituto Médico Legal (IML), Instituto de Identificação (IDENT) e Centro de Perícia Técnica da Criança e Adolescente (CTPCA”. A representação é assinada por 23 promotores de Justiça.

O secretário de Segurança Pública

O secretário de Segurança Pública

Segundo os promotores por diversas ocasiões, inclusive em visitas in loco, realizadas por membros do Ministério Público, “que os Institutos vêm exercendo suas funções em condições precárias e insalubres, evidenciando-se o completo descaso do poder público“.

De acordo com o MP os reiterados atrasos nas entregas dos laudos, inclusive cadavéricos, tem prejudicado a conclusão de processos criminais e, “via de consequência, diversos relaxamentos de prisões por excesso de prazo, prejudicando a aplicação da lei penal“.

Os promotores de Justiça vão investigar o destino de R$ 2,4 milhões ( incluídos seis veículos Amarok) que foi destinado a Secretaria de Segurança, após o Ministério Público firmar dois Termos de Ajustamento de Condutas, com empresas  privadas. Segundo o MP, até hoje esses recursos não foram utilizados em nenhuma melhoria nos institutos.

Os promotores vão requisitar a Comissão Central de Licitação a cópia integral dos processos licitatórios:

Processo nº 6971/2010, datado de 03 de dezembro de 2010, cujo objeto é a aquisição de material de informática para os órgãos IML, ICRIM, IDENT e CTPCA, no valor estimado de R$ 339.000,00;

Processo nº 6231/2010, datado de 26 de outubro de 2010, para serviços de reforma e adequação do IML, no valor de R$ 340.725,51;

Processo nº 6970/2010, datado de 03 de dezembro de 2010, para aquisição de material permanente para a SPTC, abrangendo seus órgãos IML, ICRIM, IDENT e CTPCA, no valor de R$ 62.467,84;

Processo nº 6972/2010, datado de 03 de dezembro de 2010, para a aquisição de material de informática para os Órgãos IML, ICRIM, IDENT e CTPCA, no valor de R$ 318.819,00;

Processo nº 5050/2010, datado de 30 de agosto de 2010, para a construção e reforma do ICRIM, no valor de R$ 312.204,11.

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Denúncia do 'helicóptero do GTA' vira notícia nacional

A matéria do blog ganhou novamente repercussão nacional. O colunista de Brasilia “Cláudio Humberto“repercutiu as informações, baseado na denúncia divulgada nesta página (veja post abaixo), sobre o helicóptero da Polícia Militar do Maranhão de prefixo PP-MZR modelo esquilo, do Grupo Tático Aéreo (GTA), foi utilizado durante ensaio fotográfico sensual na praia de São Marcos, em São Luís no Maranhão:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Bomba! Após passear com Sarney, helicóptero do GTA brinca de piruetas para book

Foi colocodo uma tarja branca na logo-marca do estúdio Francisco Oliveira

Foi colocodo uma tarja branca na logo-marca do estúdio Francisco Oliveira

Um helicóptero da Polícia Militar do Maranhão de prefixo PP-MZR modelo esquilo, do Grupo Tático Aéreo (GTA), foi utilizado durante ensaio fotográfico sensual na praia de São Marcos, em São Luís no Maranhão.

Em fotos de um book, é possível ver a jovem posando na praia com o helicóptero de prefixo PP-MZR ao fundo, que pertence a secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão, atualmente comandada por Aluísio Mendes, afilhado político do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Observe que não foi uma simples coincidência, a aeronave está postada em pelo menos três posições diferentes, onde aparece fazendo piruetas e manobras radicais. A aeronave tem por finalidade o combate ao crime organizado no estado, isso não impede que o crime ocorra.

O helicóptero do governo do Maranhão é utilizado ilegalmente para ensaio sensual

O material foi produzido pelo estúdio Francisco Oliveira que fica localizado em uma loja no Tropical Shopping no bairro renascença, em São Luís. A reportagem apurou que se trata de um book de 15 anos de uma jovem gaúcha de nome Vitória.

A lei de improbidade administrativa proíbe que veículos helicópteros e coisas públicas sejam utilizados para fins pessoais. No Maranhão, uma lei estadual também veda a “utilização de veículos oficiais em caráter pessoal”.

Não é a primeira vez que o helicóptero do Estado do Maranhão é utilizado em fins pessoais. Só neste ano, o presidente do Senado, José Sarney, pai da Governadora Roseana Sarney (PMDB), usou por duas vezes indevidamente o helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) para passear em sua ilha particular de Curupu.

A Folha conseguiu dois vídeos gravados no dia, 26, de junho e, 10, de julho deste ano, em que mostram o presidente do Senado José Sarney e sua mulher, Marly Sarney, desembarcando do helicóptero do Estado do Maranhão comprado por R$ 16,5 milhões para combater a criminalidade que assombra o estado, após a entrada do afilhado político de Sarney na secretaria de Segurança do Estado do Maranhão.

Percebe-se as três fotos tiradas em ponto diferentes.

Percebe-se as três fotos tiradas em ponto diferentes.

Qual será desta vez, a desculpa dada pelo governo do Maranhão após a denúncia?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Zé Carlos parabeniza Aluísio Mendes e alfineta Fábio Gondim

O deputado Zé Carlos do PT subiu à tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira (28) para manifestar a sua satisfação quanto a decisão secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, em permanecer no cargo.

Deputado estadual, Zé Carlos da Caixa

Deputado estadual, Zé Carlos da Caixa

“Gostaria de registrar que o secretário Aluísio tem contribuído positivamente para o andamento das negociações do Plano de Cargos e Carreira da classe militar maranhense”, afirmou o parlamentar petista, logo no início da sua fala.

Na oportunidade, Zé Carlos também parabenizou a preocupação do secretário com orçamento estadual 2012, focando a segurança pública como uma das prioridades do governo.

Sobre as últimas notícias veiculadas a respeito do secretário, o deputado Zé Carlos declarou que “felizmente a governadora teve a sensibilidade de não aceitar a saída do secretário Aluísio de seu cargo, o que prejudicaria muito o andamento das negociações com os militares”.

O parlamentar encerrou seu pronunciamento no Pequeno Expediente lamentando a ausência do secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Fábio Gondim, nas reuniões que trataram dos diversos itens de reivindicações dos policiais e bombeiros maranhenses. Na opinião do parlamentar, essas ausências acabaram causando alguns transtornos.

Da Agência Assembleia


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.