Política

Ex-presidente da Assembleia terá casa vasculhada em busca e apreensão

Carlos Braide, apontado como membro de organização criminosa.

Carlos Braide, apontado como membro de organização criminosa.

A pedido do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o desembargador da 3ª Câmara Criminal, Tyrone José Silva, autorizou a realização de busca e apreensão na casa do ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado – Antônio Carlos Braide.

De acordo com o despacho, Tyrone manda apreender documentos ou instrumentos e equopamentos de guarda ou equipamentos de dados e informação tais como computadores, pen drive e outros equipamentos ou arquivos de documentos de natureza congêneres necessários à investigação e instrução criminal.

O ex-presidente da Assembleia foi acusado pelo Gaeco de ser um dos chefes de uma organização criminosa que atuava desviando verbas públicas através de contratos milionários de empresas fantasmas.

Braide aparece no relatório encaminha para Justiça como beneficiário do esquema criminoso de fraude em licitação das empresas agraciadas das empresas Vieira e Bezerra, atual F C B Produções e Eventos, A4 Serviços e Entretenimento, Construtora Construir e M A Silva Ribeiro, desviou R$ 13. 964. 048, 02 milhões de reais dos cofres no município de Anajatuba.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários