Política

Justiça Eleitoral condena mais uma vez Edinho Lobão

O candidato da oligarquia usa propagandas agressivas em horário eleitoral.

Edinho Lobão, candidato do grupo Sarney.

Edinho Lobão, candidato do grupo Sarney.

As propagandas eleitorais produzidas pela coligação “Pra frente, Maranhão”, de Edinho Lobão, estão sendo analisadas negativamente pela Justiça Eleitoral. O candidato do PMDB vem sofrendo derrotas não somente nas pesquisas, mas também no Tribunal Regional Eleitoral pelo conteúdo agressivo que apresenta nos programas de TV.

O desespero é tão grande que no último final de semana, por exemplo, uma das propagandas de Edinho Lobão que faz referências negativas a partido. De acordo com a decisão da juíza, a coligação de Edinho deve se abster deveicular a propaganda e informou também às emissoras de rádio e TV sobre a decisão. A multa diária em caso de descumprimento da decisão é de R$ 50 mil.

Entre sexta-feira e domingo, quatro inserções de rádio e TV da coligação de Edinho Lobão foram consideradas abusivas pela Justiça Eleitoral, que determinou que o PMDB e demais partidos se abstenham de veicular esse tipo de propaganda.

As decisões tiveram caráter “liminar”, isto é, de urgência.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários