Política

Fernando Cuba recebe herança maldita de Jadson em Cedral

Prefeito recebeu uma herança maldita de R$ 4 milhões do INSS e R$ 2 milhões em dívida com a Cemar.

Assim como muitos gestores, o prefeito de Cedral, Fernando Cuba, reclama das dificuldades em que encontrou o município.

Cedral apesar de ser um dos menores municípios da baixada Maranhense com pouco mais de 10 mil habitantes, tem grande influência e poder de fornecimento no setor pesqueiro. Fernando Cuba (PMDB), eleito com 2.444 votos, já foi prefeito e vice-prefeito da cidade.

O ex-prefeito Jadson Passinho (DEM), foi acusado por Cuba de ter saqueado o município. Ele diz ter encontrado bastantes dificuldades para dá início ao governo.

Porém, Jadson fez diferente ao pagar os salários dos servidores, referente ao mês de dezembro. A to que dificilmente os gestores fazem.

Fernando Cuba travou uma disputa eleitoral difícil, pois teve que enfrentar a máquina da prefeitura que foi utilizada. Mesmo entusiasmado por ter derrotado Passinho, ele reclamou sobre a redução do valor do Fundo de Participação Municipal, o FPM.

Além disso, o prefeito recebeu uma herança maldita de R$ 4 milhões do INSS e R$ 2 milhões em dívida com a Cemar.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Fernando Cuba recebe herança maldita de Jadson em Cedral”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Sidinho Braga

    Só para contribuir com esta reportagem. Quero informar ao leitores deste blog que a divida com CEMAR e com o INSS não são do governo de Jadson Passinho. Esta dívidas começaram quando o próprio Fernando Cuba foi prefeito no mandato de 1993-1996. Ao sair da prefeitura o mesmo,Fernando Cuba, deixou dívidas com INSS, com a Cemar, com a Anatel, não repassou a verba da câmara de vereadores dos últimos dois meses e deixou servidores públicos municipais sem os salários nos meses de outubro, novembro e dezembro. Na época Porto Rico, hoje emancipada, era povoado de Cedral. Os servidores de porto Rico exaltados com a situação invadiram a prefeitura e promoveram um quebra-quebra e “confisco” de bens materiais para pagar despesas domésticas. Todas as suas contas estão reprovadas no TCE e há condenação para o mesmo devolver mais de R$ 2 milhões de reais para os cofres da prefeitura. Se o nobre blogueiro investigar mais um pouquinho descobrirá mais coisas. Inclusive investimento na radiola de som Tropical e na importação de reggaes exclusivos da jamaica.

  2. Sidinho Braga

    Só para completmentar: Os servidores até hoje, NUNCA receberam estes salários.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários