Poder

Paulo Curió entrega aparelho de ultrassonografia no Posto de Saúde Tiago Marques Costa

vandovalrodrigues

Saúde tem sido uma das prioridades da gestão do Prefeito Paulo Curió na cidade de Turilândia. A cidade é destaque na Regional Pinheiro como um das que mais imunizou munícipes contra a Covid.

Outro importante conquista para a saúde é o tão sonhado hospital municipal da cidade que será construído em parceria com o Governo do Estado.

Na manhã desta quarta-feira (07), mais conquistas para a saúde municipal. O prefeito Paulo Curió, realizou a entrega oficial de um novo aparelho de ultrassonografia no Posto de Saúde Tiago Marques Costa.

O aparelho foi adquirido com recursos próprios do município e irá atender toda a população turilandense viabilizando os serviços de saúde da Atenção Básica e Média Complexidade.

Durante a entrega o prefeito esteve acompanhado da esposa, Dra. Eva Dantas, da secretária de Saúde, Cristina Oeiras, da vice-prefeita, Janaina Lima, de vereadores e de parte da equipe de governo.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Justiça tenta há 3 anos notificar Eliziane Gama para pagar dívida de R$ 165 mil

A 15ª Vara Cível de São Luís tenta há 3 anos intimar a senadora Elizine Gama (Cidadania) para executar o pagamento da dívida eleitoral de R$ 165.180,01 mil para a Gráfica SP.

Sem o recebimento da intimação, o débito não é sanado e o processo continua em andamento.

Dois meses após a determinação do juiz da 15ª Vara Cível de São Luís, Alexandre Lopes de Abreu, de notificar a parlamentar para quitar o saldo devedor, o oficial de Justiça relatou que, ao chegar ao local, fornecido foi recepcionado pela secretária de Gama, identificada como Ellen Samira da Silva. Ela afirmou que a senadora não residia mais naquele endereço. A notificação foi emitida em junho de 2018 e executada em agosto do mesmo ano.

Em outra tentativa, em fevereiro de 2020, o oficial informou ao juízo que não tinha cumprido a intimação, pois tomou conhecimento, por meio de Efraim Pereiria, de que Eliziane morava em Brasília (DF).

No dia 17 de novembro do ano passado, o servidor judiciário relatou que se dirigiu ao escritório de Eliziane Gama, localizado no Edfício Office Tower, por diversas vezes, em dias e horários distintos, mas não encontrou ninguém. A tentativa de encontrar a senadora também ocorreu via telefone, sem sucesso.

Em 2016, ao se candidatar à Prefeitura de São Luís, a senadora contratou a Gráfica SP, Teresina (PI) para prestar serviços gráficos durante Às eleições. No entanto, não pagou o valor devido.

Após inúmeras tentativas de receber a quantia de forma amigável, Gráfica SP Ltda, de Teresina (PI) entrou com uma Ação cobrando o pagamento do débito. O processo está tramitando na 15ª Vara Cível de São Luís desde 2017. De lá para cá, a gráfica piaiuense ganhou todos recursos contra Eliziane no Judiciário, mas a senadora se recusa a quitar o valor. Após a demora na quitação dos 165 mil, a empresa de Teresina pediu à Justiça a penhora da casa da senadora, avaliada em R$ 630 mil, conforme declaração de bens, na tentativa de receber as cifras. (reveja aqui, aqui, aqui, aqui e aqui).

A reportagem tentou contato com a senadora para obter esclarecimentos sobre o caso, mas não obteve sucesso. O espaço continuará aberto para manifestações.

 

 

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Falta de articulação política faz vereador romper com Braide

O vereador Umbelino Júnior (PRTB) manifestou, na sessão plenária desta quarta-feira (07), seu novo posicionamento quando trata-se de Prefeito de São Luís.

Até pouco tempo aliado de primeira hora do sucessor de Edivaldo Holanda Júnior, Umbelino teceu críticas fortes ao prefeito Eduardo Braide (Podemos), pegando a todos seus pares de surpresa.

“O prefeito Eduardo Braide é um mal caráter! É uma pessoa que não tem palavra! É um falso moralista e eu desafio qualquer colega vereador aqui provar o contrário que eu trago a tona aquilo que eu estou falando aqui” disparou Umbelino.

A insatisfação não é única e exclusiva de um, mas sim boa parte dos vereadores que tem, sempre que possível, se queixado da articulação politica do prefeito junto ao legislativo.

Como em todos os governos estaduais e prefeituras seja de capitais ou interior, a Articulação Política é fundamental para receber, da prioridade as demandas do legislativo e, sem sombra de dúvidas, evitar desgaste do prefeito criando, assim, um elo harmônico entre os poderes.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Polícia apreende 626 kg de pasta base de cocaína no Terminal do Cujupe

Na manhã desta quarta-feira (7), a Polícia Civil do Maranhão conseguiu interceptar um grande carregamento de drogas no Terminal do Cujupe, na cidade de Alcântara.

No total, os policiais civis apreenderam 626 quilos de pasta base de cocaína que estavam sendo transportados em um fundo falso de um caminhão que carregava frangos .

Durante a ação policial , a Polícia Civil de Pinheiro conseguiu prender o motorista do caminhão e mais dois homens que estavam em outro veículo que fazia a escolta no transporte dos entorpecentes que partiu de São Luís com destino a Pinheiro.

A apreensão é fruto de uma minuciosa investigação coordenada pela Delegacia Regional de Pinheiro com apoio do setor de inteligência que apurava um esquema organizado de transporte de drogas entre a capital e a baixada .

Essa já é considerada uma das maiores apreensões de drogas desse tipo nos últimos anos no Maranhão. Os três homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Gestão de Maura Jorge fecha contrato com empresa de fachada por R$ 1,8 milhão

Sede da empresa P Center Papelaria e prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge

Localizada em sala comercial de aproximadamente 20 m² no bairro do Bequimão, em São Luís, a P. Center Papelaria & Informática foi contratada pela Prefeitura de Lago da Pedra, administrada por Maura Jorge, por cifras milionárias.

A contratação ocorreu em meados de março desse ano por meio da Secretaria de Educação e visa o fornecimento de produtos alimentícios para atender a demanda da merenda escolar municipal. O valor que será investido na compra dos produtos será de 1.868.225,00 milhão.

Dois dias antes da assinatura do contrato com a gestão de Maura Jorge, o Blog do Neto Ferreira publicou a matéria “Papelaria de fachada foi usada para favorecer editora Florescer“, onde relata que a empresa em questão é de fachada (reveja aqui).

Segundo Tribunal de Contas da União, a P. C. Ferreira, que é mais conhecida como P. Center Papelaria & Informática, foi usada para favorecer a Editora Florescer em um esquema de fraude em licitações de livros didáticos de diversas Prefeituras do Maranhão.

Entre as empresas envolvidas, estava a P.C Ferreira. Uma papelaria que funciona em uma pequena sala comercial localizada no bairro do Bequimão, em São Luís, sem qualquer capacidade técnica para fornecer produtos para Executivos municipais.

Outro lado

A empresa PC Ferreira emitiu nota negando qualquer tipo de irregularidades e afirmou que possui inquestionável reputação no comércio local, com vasta experiência e incontáveis atestados de capacidade técnica de fornecimento dos mais diversos materiais. Leia abaixo:

1. Tomando conhecimento das matérias veiculadas neste blog, sob os títulos https://www.netoferreira.com.br/poder/2021/07/gestao-de-maura-jorge-fecha-contrato-com-empresa-de-fachada-por-r-18-milhao/ e https://www.netoferreira.com.br/poder/2021/03/papelaria-de-fachada-foi-usada-para-favorecer-editora-florescer/ , esclarecemos que ao contrário do afirmado de forma inverídica e indecorosa por este blog de grande visibilidade no Estado, esta empresa atua no comércio varejista de material de papelaria, limpeza, e gêneros alimentícios, dentre outros, desde 1992, sempre adimplindo rigorosamente com todas as obrigações fiscais, trabalhistas e contratuais advindos de todo o período de sua atividade. Cabe observar, que a matéria em questão se trata da empresa FLORESCER, na qual é citado o nome de nossa empresa como colaboradora em processos com cotações, dos quais temos total desconhecimento.

2. Mister ressaltar que o blog em questão sequer teve a precaução de averiguar a veracidade dos fatos publicados, obrigação esta imposta a todos os jornalistas que detém a mínima responsabilidade com seus leitores, pois esta empresa que atua há 30 anos já participou de mais 100 licitações por todo o Estado do Maranhão e já celebrou mais de 100 contratos de fornecimento com os mais variados entes da União, Estado ou Municípios, sem qualquer inadimplemento ou sanção imposta, conforme simples pesquisa no site do Tribunal de Contas do Estado e Diários Oficiais. (http://www.tce.ma.gov.br/conhecendo_municipio/principal/2684)

3. Ademais, esta empresa possui um rigoroso controle contábil, onde toda mercadoria adquirida e vendida é regularmente contabilizada, com todos os impostos pagos.

4. Diante disso, a empresa P. C. Ferreira possui inquestionável reputação no comércio local, com vasta experiência e incontáveis atestados de capacidade técnica de fornecimento dos mais diversos materiais, que confirmam a capacidade operacional desta empresa.

5. No que tange á pecha de empresa de fachada, isto é, empresa que não existe, que não tem estoque, não tem faturamento, funcionários etc., não condiz com a empresa P.C. Ferreira pelos fatos aqui colacionados.

6. Por fim, o fato de uma empresa estar sediada numa “pequena” sala comercial ou por não ter uma suntuosa estrutura física não a torna “empresa fantasma”, devendo-se levar em consideração seu movimento fiscal e contábil, histórico de compras e vendas, além de seu patrimônio.

7. Diante do exposto, requer-se tão somente que seja publicada no respeitado BLOG NETO FERREIRA a resposta transcrita acima, no qual se esclarece sobre a idoneidade desta Empresa, de maneira proporcional às ofensas perpetradas na citada matéria.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Magno Bacelar é investigado por omissão na prestação de contas de convênios

A 1ª Promotoria de Justiça de Chapadinha instaurou um inquérito contra o ex-prefeito Magno Bacelar por improbidade administrativa e por omissão na prestação de contas de convênios.

Segundo as informações divulgadas pelo Parquet, as investigações iniciaram a partir da Notícia de Fato nº 00411-262/2021-1ªPJCHAP com base na Representação protocolada pela atual gestão da Prefeitura de Chapadinha contra Magno Bacelar e Danubia Loyane de Almeida Carneiro.

Versa a Portaria publicada pelo Miistério Público que houve supostos atos de improbidade administrativa praticados e a omissão no dever de prestar contas dos convênios 12/2002; 40/2010; 475/2007; 7520/2007; 424/2009;04/2004 e 348/2018, firmados entre a Secretaria Estadual de Saúde e a Prefeitura de Chapadinha durante a gestão do ex-prefeito.

A necessidade do aprofundamento das investigações levaram a 1ª PJChap a converter a NF em inquérito civil. O caso está sob a coordenação da promotora Ilma de Paiva Pereira.

Como parte das diligências, foi enviado um ofício à SES solicitando informações sobre os Convênios citados acima.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Homem é flagrado torturando dois cavalos em São Luís

Do G1,MA

Um homem foi flagrado por câmeras de segurança torturando e agredindo dois cavalos que estavam soltos em uma rua no bairro Parque Timbiras, em São Luís. O caso aconteceu na madrugada de 28 de junho. O suspeito ainda não foi identificado.

No vídeo, o homem aparece de boné em uma bicicleta por volta das 5h em uma rua do bairro. Com um pedaço de madeira, ele inicia as agressões e bate nos animais (veja o vídeo acima). Após o crime, um dos cavalos não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele foi encontrado morto por moradores do bairro.

Uma moradora do bairro viu os animais logo cedo na rua e avisou a filha. A jovem que não quis se identificar, olhou nas imagens das câmeras de segurança e constatou as agressões. Ela realizou uma denúncia anônima à uma ONG da causa animal.

Segundo a jovem, o animal que morreu devido as agressões foi recolhido pelo serviço de limpeza ainda pela manhã. Já o segundo cavalo, foi levado por um homem que não foi identificado.

O caso foi denunciado a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) por uma ONGs que atua na causa animal em São Luís. A Polícia Civil investiga o caso e até o momento, quatro pessoas foram chamadas para prestar esclarecimentos.

De acordo com Andreia Ricci, diretora da ONG Patas em Ação, o Ministério Público do Maranhão (MP-MA) foi acionado para investigar o caso.

“O caso chegou até nós que se trata de um equino ele é torturado até a morte e a partir de então, nós registramos um boletim de ocorrência na Secretaria do Meio Ambiente e acionamos o Ministério Público através da Promotoria do Meio Ambiente”, disse.

A punição ficou mais rígida para quem maltrata animais após ter sido sancionada a lei que criminaliza os atos. Quem maltrata, abusa, fere ou mutila animais silvestres, domésticos ou domesticados, pode pegar entre dois a cinco anos de prisão e ser multado.

Em São Luís, ativistas das causas animais lutam para que seja extinto o fim das carroças e veículos que usam tração animal. As ONGs também cobram do Governo do Estado e da Prefeitura municipal, mecanismos que protejam os animais da violência e puna os agressores.

“É preciso implementar uma política de bem-estar animal e nela, ter a Agência Municipal de Proteção dos Animais e com isso, nós teremos um entendimento municipal e estadual em defesa dos animais. A gente tem essa experiência como ativista e a gente vem denunciando essa realidade”, disse Sebastião Uchôa, presidente de honra da ONG Lar de Noé.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeito Léo Cunha se reúne com o sindicato dos professores

Na manhã dessa sexta-feira (02) o prefeito Léo Cunha em companhia da vice-prefeita Verbena Macedo e da secretária de Educação; Francisca Barros, se reuniu com o presidente do sindicato dos professores, Jarmandes da Silva e demais componentes da classe, onde juntos discutiram assuntos pertinentes sobre a progressão e a data base.

O prefeito Léo cunha perante aos presentes se colocou a total disposição em dialogar com todos os profissionais da rede municipal de educação e solicitou um prazo de 90 dias para buscar as melhores alternativas em relação a progressão e a data base, onde também se dispôs em realizar plenária extraordinária com a câmara de vereadores.

De forma transparente informou ao presidente do sindicato e os presentes sobre as dificuldades vivenciadas, mais que buscará os melhores meios para resolução junto ao jurídico municipal.

Foi uma reunião bastante produtivo onde as duas partes, gestor e o sindicato, decidiram que existe uma necessidade de um tempo para analisar e resolver a questão do percentual proposto pelo o sindicato referente a data base do ano de 2020, sendo corrigido no ano de 2022.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Advogado é acusado de tentar matar ex-companheira

O advogado, identificado como Raimundo Nogueira da Cruz Neto, é acusado de tentar assassinar a ex-companheira, a advogada criminalista Danielly Campos, em São Luís.

A tentativa de homicídio foi relatada em dois vídeos publicados no IGTV do Instagram de Danielly.

Na denúncia, a advogada criminalista detalha todo ocorrido e afirmou que sofreu ameaças, agressões verbais e físicas, até sofrer a tentativa de assassinato no dia 20 de janeiro desse ano.

“Desde então, tenho sido vítima de inúmeras outras violações perpetradas por ele. Como percebi que ele não para e não teme a Justiça, nem a Delegacia, nem a Vara da Mulher. A única forma que encontrei de pedir socorro, foi através desse vídeo. O nosso relacionamento foi extremamente desgastante, conturbado. Que entrou em declínio total no segundo semestre de 2020. Solicitei que ele saísse do meu escritório, mas ele [Raimundo Neto] foi infectado pela Covid-19, e o acompanhei todo o período que ficou no hospital, internado. Quando recebeu alta [médica], levei de volta para o meu apartamento, tentei não tocar no assunto, pois estava muito debilitado, mas depois toquei no assunto [ da separação]. Ele estava arredio, não gostava da situação, mas falou que ia sair da minha casa”, relatou Danielly Campos.

Na gravação, a advogada diz que Raimundo Neto sempre foi agressivo e ciumento. “Tivemos uma conversa séria e deixei claro para ele todas as minhas insatisfações em relação ao seu posicionamento agressor, opressor, um homem extremamente ciumento, não me deixava ter amizades, me afastava da minha família. E eu não gostava da forma agressiva que ele me tratava, até mesmo no meu escritório, onde ele trabalhava junto comigo. Me mandou calar a boca na frente de clientes. A situação para mim a personalidade explosiva dele se tornou insustentável.”

Após várias brigas e discussões, Raimundo Neto decidiu sair de casa, mas antes quebrou alguns eletrodomésticos e outros objetos.

Depois do fim do relacionamento, a advogada teve suspeita de estar grávida e pediu para reatar o relacionamento, no entanto o ex-companheiro se mostrou insatisfeito, pois não queria o filho. E a agrediu novamente.

De acordo com o relato, durante 7 dias houve invasão no escritório, ameaças e agressões motivadas, principalmente, pela suspeita da gravidez e por a advogada não querer mais dividir o escritório e os lucros.

Danielly falou que, na noite do crime, além dos hematomas, teve o tendão do ombro rompido pelo seu ex-companheiro.

Assista abaixo:


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Pacovan consegue habeas corpus para não depor à CPI dos Combustíveis

O desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão, João Santana Sousa, concebeu um hábeas corpus para que Josival Cavalcanti da Silva, o Pacovan, não preste depoimento na CPI dos Combustíveis, realizada na Assembleia Legislativa.

Pacovan foi convocado para depor na tarde desta terça-feira para prestar esclarecimentos após a sua irmã Rafaelly Carvalho afirmar que
não possui qualquer controle sobre o posto de combustível. Carvalho tem o nome no quadro societário da Rede de postos Joyce, que é de propriedade, de fato, de Josival Cavalcanti.

A sessão da CPI dos Combustíveis estava marcada para às 14h30 desta terça-feira na ALEMA.

Segundo a defesa do empresário, comandada pelos advogados Rafael de Carvalho Borges e Rodolfo Vilar Macedo, a Comissão têm cometido diversas arbitrariedades na condução dos trabalhos, violando direitos e garantias constitucionais das pessoas convocadas a prestar depoimentos, bem como fazendo perguntas impertinentes à finalidade das investigações.

Os advogados alegam ainda que há “casos em que
advogados tiveram suas prerrogativas suprimidas, e inclusive convidados a se retirar da cessão, justamente por solicitar a palavra para esclarecer um direito de seu cliente”.

Por isso, pedem que Pacovan se mantenha em silêncio ao ser questionado.

Ao acolher o pedido, o desembargador afirmou que o tempo entre a distribuição do processo e a sessão é curto e por isso julgou necessária determinação do pleito.

“Dado o tempo exíguo para a apreciação do pleito liminar, considerando que o presente writ foi redistribuído a esta Relatoria hoje pela manhã (06/07) e levando em conta que o
comparecimento de JOSIVAL CAVALCANTI DA SILVA foi agendado para o início da tarde de hoje, às
14h30h, julgo necessário ad cautelam, DETERMINAR A SUSPENSÃO DA APRESENTAÇÃO DO PACIENTE à mencionada sessão”.

Leia a decisão aqui


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.