Poder

Concurso do Detran já tem locais de prova definidos

O primeiro concurso público realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA) ocorre no próximo domingo (7). As provas serão realizadas das 8h às 12h para cargos de nível médio; e das 14h às 19h, para cargos de nível superior. O candidato que se inscreveu já pode consultar o local de prova por meio do endereço eletrônico http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/maranhao13/detran.

Ao todo, 33.525 pessoas se inscreveram no concurso, sendo que 10.261 para analista de trânsito e 23.264 para assistente de trânsito.

Para analista de trânsito, com salário de R$ 4.300 e cujo critério é ter ensino superior completo, estão disponíveis 40 vagas. Já para assistente de trânsito, cujo salário R$ 1.400 para nível médio, são 120 vagas.

Ambos os cargos têm jornada de trabalho de 30 horas semanais. Os candidatos nomeados poderão ser designados para exercer suas atribuições na sede do Detran-MA, em São Luís, ou municípios do Estado, conforme o edital.

As vagas são para São Luís, Caxias, Codó, Imperatriz, Balsas, Bacabal, Chapadinha, Pedreiras, Santa Inês, Timon, Açailândia, Barra do Corda, Grajaú, São João dos Patos, Presidente Dutra e Pinheiro.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

“Importação” de médicos gera protesto no Maranhão

Entidades médicas, profissionais, estudantes e classe política realizaram ato manifesto “Revalida, Sim!”, contra a importação de médicos de Cuba sem avaliação criteriosa

Aos gritos de “Médicos na rua, Dilma, a culpa é sua!”, cerca de 200 médicos, estudantes de medicina e apoiadores ao movimento que é contra a importação de médicos cubanos para o Brasil, participaram do manifesto “Revalida, Sim!”, o deputado estadual André Fufuca (PSD), movimento nacional organizado pelo Conselho Regional de Medicina e Sindicato dos Médicos do Maranhão, que tem como objetivo chamar a atenção para o problema que pode gerar a proposta do governo federal.

O manifesto aconteceu na manhã de domingo (30), na Avenida Litorânea, o que acabou causando um grande congestionamento na orla marítima e chamou a atenção dos frequentadores.

A reivindicação das entidades médicas é para a manutenção da obrigatoriedade do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições Estrangeiras (Revalida), já que o governo pretende validar automaticamente os médicos estrangeiros para atender no País, durante o prazo máximo de três anos. A justificativa federal seria a de suprir a falta de médicos na rede básica de atendimento.

Atualmente estão em plena atividade no Brasil 4.534 médicos estrangeiros, que passaram pela revalidação nos últimos 12 anos.

Medicos

No Maranhão, de acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), mais de 50% dos médicos estão concentrados na Capital, os demais estão distribuídos pelo interior do estado. O desinteresse dos médicos pelo interior do estado se dá, segundo o CRM-MA, pela falta de materiais básicos para procedimentos médicos.

Durante o protesto, os manifestantes seguravam diversas faixas em que se lia: “Não faltam médicos, faltam condições de trabalho e carreira digna”; “Para atender brasileiros, só revalidando diploma” e “Presidente Dilma, o Brasil não precisa de mais médicos, precisa de um Ministério da Saúde competente”, entre outras. A caminhada dos médicos e estudantes de medicina tem como ponto de partida e chegada a Praça do Pescador, percorrendo boa parte da Avenida Litorânea na região da Praia de São Marcos.

O manifesto ainda contou com apoio de entidades de representação estudantil de medicina, como o Centro Acadêmico de medicina Antônio Rafael da Universidade Federal do Maranhão. Jéssica Mendes, acadêmica do 11º período e ex-presidente do Camar, contou: “Somos contra a importação de médicos de qualquer nacionalidade sem a prova de revalidação de diploma, pois um médico presumivelmente sem qualificação não é a panaceia para os problemas de Saúde Pública do Brasil”, analisou.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

André Campos avalia positivamente ações educativas do Detran

O Diretor Geral do Detran-MA, André Campos avaliou de forma positiva as ações educativas realizadas pelo departamento durante as comemorações juninas nos arraiais de São Luís. Além do stand fixo no Arraial da Lagoa, o Detran-MA percorreu os arraiais do Ceprama, Maria Aragão e Praia Grande, entre os dias 20 e 30 de junho levando orientações de trânsito seguro para mais de 30 mil condutores.

Durante os dez dias de festividade na Lagoa da Jansen, mais de 500 testes educativos de alcoolemia (testes do bafômetro) foram realizados pelos educadores do Departamento Estadual de Trânsito.

Secretária Olga Simão e o diretor geral do Detran do Maranhão, André Campos,  durante as ações educativas

Secretária Olga Simão e o diretor geral do Detran do Maranhão, André Campos, durante as ações educativas

Além dos testes do bafômetro, o Detran-MA realizou também ações de educação para o trânsito com a campanha “Viva e deixe viver. Não dirija depois de beber,” onde foram entregues mais de 28 mil panfletos educativos, na forma de ventarolas, ao público que prestigiou os arraiais.

Outra ação de destaque durante o arraial, foi a presença do mascote “Sinalito”, que atraiu não apenas as crianças por onde passava, mas também os adultos que acompanhavam seus filhos e se encantavam com o simpático mascote. “Sinalito” saia acompanhado de toda a equipe de educação para o trânsito do Detran-MA entregando panfletos educativos de trânsito seguro.

Para André Campos, Diretor Geral do Detran-MA, estas ações tiveram como objetivo despertar sobre o perigo da combinação de álcool e direção. “As ações do Detran-MA no Arraial da Lagoa, foram pensadas com o objetivo de despertar nas pessoas a importância delas fazerem sua parte, para que nosso trânsito seja sempre seguro. A intenção foi de alertar o público na prevenção de acidentes também neste período de festividades,” enfatizou Campos.

Em visita ao stand do Detran-MA muita gente aproveitou o simulador de direção para testar as habilidades no trânsito. Ao todo 275 pessoas fizeram a simulação de trânsito e boa parte delas conseguiu um bom desempenho e levou pra casa um brinde exclusivo do Detran-MA.

Para a Secretaria de Estado da Cultura, Olga Simão, que participou da ação do Detran no arraial. “Achei muito interessante a ideia do stand do Detran esse ano aqui no Arraial, principalmente pela importância de conscientizar as pessoas sobre o perigo do álcool para quem está dirigindo. É importante a participação de todos inclusive da mídia para conscientizar a todos. Acabei de fazer uma visita no hospital de campanha e fui informada que não tem nenhuma ocorrência de acidente envolvendo pessoas sobre o efeito de álcool, dai a importância da conscientização da campanha do Detran.

No stand havia também, orientações sobre o uso dos dispositivos de segurança para as crianças, que são conhecidos popularmente como cadeirinhas. De acordo com o Coordenador de Educação para o Trânsito do Detran-MA, Roberval Lopes, os pais devem usar o dispositivo de segurança nas crianças, desde a saída da maternidade. “Vale ressaltar que esses dispositivos são apropriados para cada idade. Motorista que transporta crianças sem segurança comete Infração gravíssima e recebe multa de R$127, além da retenção do veículo até que seja sanada a irregularidade”, destaca Roberval.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

78 municípios do Maranhão ficam sem energia

Uma falha no sistema de suprimento elétrico na subestação em Miranda, de responsabilidade da ELETROBRÁS/ELETRONORTE, foi a causa da interrupção do fornecimento de energia para mais de 530 mil unidades consumidoras nas regiões Centro e Norte do Estado, na tarde desta segunda-feira, 1 de julho.

A falta de energia, que iniciou às 13 horas e 29 minutos, atingiu 78 municípios, os principais foram: Alcantara, Altamira do Maranhão, Vitória do Mearim, Zé Doca, Viana, Turiaçu, Serrano do Maranhão, São Vicente Ferrer, São Bento, Santa Inês, Rosário, Santa Rita, Matões do Norte, Matinha, Itapecuru Mirim, Bom Jardim, Arari, Pinheiro, Governador Nunes Freire e Carutapera. Ao todo, mais de 1 milhão e 500 mil pessoas ficaram sem energia elétrica.

Durante todo o período, a diretoria de Distribuição da CEMAR manteve contato com a direção regional da ELETROBRÁS/ELETRONORTE até o restabelecimento do fornecimento da energia elétrica para as localidades atingidas. Às 14 horas e 11 minutos a energia foi restabelecida totalmente para as todas as unidades consumidoras afetadas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A desmoralização de Davizinho…

Em depoimento, o diretor-geral do DNIT, Jorge Ernestro Fraxe, acabou sem querer desmoralizando o deputado federal, Davi Alves Júnior. Ocorre que o Davizinho ludibriava a população com o velho discurso de que era um dos grandes responsáveis pelas duplicações das BRs 010 e 135. Uma grande mentira.

Segundo mostra o vídeo acima, o general Fraxe afirmou que o deputado federal Chiquinho Escórcio (PMDB-MA) foi o grande articulador, juntamente com o presidente José Sarney.

“O deputado Francisco Escórcio foi quem sempre me buscou aqui a articulação para esse tema. O deputado Chiquinho Escórcio, um companheiro de muitas lutas pelos interesses do Maranhão, do povo maranhense, e quero relatar aqui, dá o meu testemunho do seu envolvimento, do seu engajamento junto com o presidente Sarney, junto com a governadora Roseana Sarney e a bancada também que está lhes apoiando lá no Maranhão, por duas obras por demais importantes para o Maranhão”, afirmou.

Confira acima o vídeo que desmoraliza por completo o Davizinho.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-prefeito de São Raimundo das Mangabeiras é acionado para pagar dívida ao erário

O promotor de justiça Renato Ighor Viturino Aragão ajuizou Ação Civil Pública de execução forçada contra José Gonçalves de Sousa, ex-prefeito de São Raimundo das Mangabeiras, no valor de R$ 18.761 mil, em valores atualizados.

A multa foi aplicada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), em 2003, referente ao exercício financeiro de 1996.

A ação foi ajuizada no dia 26 de junho. O Ministério Público pede à Justiça que condene o ex-gestor a pagar a multa, no prazo de três dias.

Caso a medida seja descumprida, os bens do processado poderão ser penhorados até a quitação do débito.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Guerreiro Júnior recebe homenagem do Legislativo de Santa Inês

O presidente da Câmara, Franklin Seba, entrega comenda ao desembargador Guerreiro Júnior (Foto: Ribamar Pinheiro)

O presidente da Câmara, Franklin Seba, entrega comenda ao desembargador Guerreiro Júnior (Foto: Ribamar Pinheiro)

Os parlamentares do Legislativo Municipal de Santa Inês, em sessão solene nesta sexta-feira (28), entregaram ao presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Antonio Guerreiro Júnior, o título de Cidadão Honorário 2013.

“A ocasião é das mais significativas porque passo agora, a nutrir, com os santa-inesenses natos o privilégio de pertencer a esta terra de homens honrados. Expresso meus sentimentos de gratidão pela homenagem. Receber o título de cidadania é motivo de orgulho e me deixa bastante feliz por tornar-me concidadão dos habitantes do município tendo eles como os melhores amigos”, afirmou Guerreiro Júnior ao receber a comenda.

A saudação ao magistrado foi feita pelo presidente da Câmara, vereador Franklin Seba. Ele destacou que ao longo de sua trajetória, o desembargador Guerreiro Júnior vem demonstrando, de forma inequívoca, o seu compromisso com a cidadania e com os ideais de Justiça.

“A homenagem reflete o apreço e admiração do Parlamento e dos habitantes do município ao homenageado e se deu em razão dos relevantes serviços prestados à cidadania e da sua atuação exemplar como magistrado. Tem sido marcante o seu empenho pela eficiência do Poder Judiciário maranhense. Sua gestão como presidente da Corte estadual de Justiça ficará marcada para sempre na história”, ressaltou Seba.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Prefeita Irlahi mostra trabalho e oposição entra em desespero

Com essa a oposição vai morrer do coração. Foi realizada na ultima sexta-feira (28), durante todo o dia, a Ação Social promovida pela prefeitura municipal de Rosário, no povoado São Simão.

Prefeita de Rosário em inauguração.

Prefeita de Rosário em inauguração.

Estiveram presentes na ação, a prefeita Irlahi Moraes, o ex-prefeito Joel Duarte Santo, e vereadores da base aliada.

O objetivo da ação social nos povoados é aproximar ainda mais a gestão pública das pessoas, levando aos moradores das localidades os mais diversos benefícios.

A ação foi realizada em duas escolas e em uma tenda montada no centro do povoado São Simão. A prefeita Irlahi Moraes, na ocasião reinaugurou a ampliação da UBS – Mª do Rosário Pereira Fonseca, anunciou a perfuração de novos poços na comunidade além da ampliação e abertura de 33 novas ruas naquele povoado.

Essa ação social realizada no povoado São Simão já é a terceira só na administração de Irlahi. A primeira foi realizada em Itaipu e a segunda na localidade de São Miguel, zona rural do município.

“Mesmo tendo poucos meses de governo, já tenho muito pra mostrar ao povo de Rosário e ainda vou trabalhar muito para ver essa população cada vez mais feliz”. Destacou a prefeita.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A afronta

Por Abdon Marinho

Como já disse tenho dificuldades em processar as coisas que acontece no nosso Maranhão. Essa dificuldade decorre do fato de não conseguir me acostumar com muitas coisas que acontecem por aqui e também por não acreditar na maioria delas. Esse novo escândalo chamado de “bolsa-eleição” é um exemplo disso. Estou esses dias tentando entendê-lo, não que tenha ilusões que isso não ocorra, acho até que esses duzentos e poucos é apenas uma pequena parte das inúmeras sinecuras existentes na máquina estatal, que deve ter centenas de outras, assim como no nos municípios, quem não lembra dos milhares de contratados no serviço público municipal de São Luís? Pois é, retiraram um bocado mas ainda faltam muitos. E na Câmara Municipal, quantos estão lá sem trabalhar? E na Assembleia Legislativa, também não existem centenas? E nos municípios do interior, quantas não são as sinecuras? Como vemos, a tal “bolsa-eleição” está muito mais presente do que podemos imaginar. São milhares de pessoas encasteladas nos cargos públicos sem trabalhar, recebendo pelos votos que deram ou que ainda poderão dar. Não fazem nada vezes nada. Se algum gestor reclama ouvem logo isso: mas eu votei no senhor! Pronto. Está justificado o emprego para si, para os seus. Enquanto sobram servidores, faltam serviços públicos, saúde, escolas, etc.

O ‘”bolsa-eleição” de Roseana não é uma novidade. Sequer chega a ser uma ideia original. O programa já existia e existe no Maranhão inteiro à vista de todos deste muito tempo.

A única novidade que há na bolsa do governo estadual é o momento. Vejam que vieram na cara dura, no instante em que todos cobram moralidade, ética, um basta na corrupção e nos desmandos e lançam o tal “programa”. O que surpreende é a afronta, o destemor, o desrespeito.

Fiquei esperando as explicações do governo. Elas vieram. O governo deu uma nota que vazia de conteúdo faz revelações surpreendentes. Lá está dito: “Essas lideranças trabalham todos os dias e o dia todo, dentro das suas comunidades. A reunião de todos esses representantes é que se dá uma vez por mês”. Trata-se de assumir claramente que essas pessoas exercem para os governantes a nobre função de “cabo eleitoral” se bem, que o salário que percebem, estão mais para “generais eleitorais”.

A nota revela nas entrelinhas outra coisa leiam: “A inclusão de lideranças dos diversos municípios, indiscutivelmente conhecedoras das realidades regionais de um estado tão grande como o nosso, significa trazer para a mesa de discussão uma ampla representatividade do nosso povo.”

Trata-se de uma frase de efeito de largo impacto. Uma ideia formidável para representatividade do nosso vasto estado. Mas me permitam uma indagação: se é esse conselho que trará para a mesa a discussão ampla, pois conhecem as “realidades regionais”, qual é mesmo o papel dos quarenta e dois deputados estaduais que nos custam uma fortuna todos os meses? O governo está nos dizendo que estamos mal representados e por isso precisamos dos conselheiros, é isso? Não discordo do governo ao externar essa opinião, estamos mesmo mal representados, tanto que os deputados aceitam a afronta sem esboçar qualquer reação. Acho até que poderíamos trocar a Assembleia Legislativa pelo conselho, seria bem mais econômico e o estado estaria bem melhor representado, segundo a opinião do governo. O que acham?

Agora falando sério. Tudo que vem acontecendo no Maranhão e no Brasil, a forma como os donos do poder o exerce, o patrimonialismo, a falta de zelo com os recursos públicos, os gastos desnecessários, o favorecimento de parentes e aliados e por ai vai. A próxima eleição nos trará outros tipos de bolsas, tais como “bolsa amante”, muitas outras que não se pode dizer por aqui.

O “bolsa eleição” como disse, não é o primeiro, não é o único e não é a derradeira prova das coisas absurdas que os nossos representantes julgam que podem fazer com os recursos dos nossos impostos. É só mais um exemplo de lamentável vergonha.

Abdon Marinho é advogado eleitoral


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Monção: filhas do prefeito e vereadora recebem o Bolsa Família

Do Atual 7

Depois de vereadores de Fortaleza dos Nogueiras e Coroatá, e vereadoras de Nina Rodrigues, Morros e Cajapió, foi apurado mais três nomes que se aproveitaram de uma falha no programa destinado exclusivamente a famílias pobres [renda de mais de até R$ 120 por pessoa] ou extremamente pobres [renda de até R$ 60 por pessoa], para encherem os já gordos bolsos.

O Programa Bolsa Família, instituído pela Lei nº 10.836, de 9 de janeiro de 2004, regulamentado pelo Decreto nº 5.209, de 17 de setembro de 2004, e alterado pelo Decreto nº 6.157 de 16 de julho de 2007, proíbe políticos eleitos de receberem o benefício social, bem como torna obrigatória a identificação e caracterização sócio-econômica das famílias de baixa renda para seleção de beneficiários e integração destes nos programas do Governo Federal.

002

Porém, seguindo o exemplo dos outros municípios maranhenses, em Monção, as duas filhas do prefeito João de Fátima Pereira, o ‘Queiroz’ (DEM), vem recebendo o benefício. Por acharem o dinheiro pouco, além do Bolsa Família, Cleomara Andrade Pereira e Cleonara Andrade Pereira são ainda funcionárias comissionadas do município administrado pelo pai.

Filha mais velha, Cleomara Pereira é conselheira tutelar de Monção, além de responder por um cargo comissionado na Secretaria de Assistência Social, que tem ainda a mãe como secretária. Não bastasse, o esposo, Napoleão Bonaparte Cutrim, professor concursado do município, exerce também um cargo comissionado no Instituto de Previdência de Monção, como um dos diretores da instituição. Continue lendo aqui.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.