Poder

Carro capota com quatro menores de idade em São Luís

Na manhã de hoje, dia 15, um veículo Vectra, de placa HQD-0699, dirigido por adolescente de 16 anos, capotou na Avenida Daniel de La Touche. O acidente aconteceu logo após o carro perder o controle e atravessar o meio-fio.

Segundo informações, além do adolescente, outros quatro menores de idade estavam no veículo. Ninguém saiu ferido.

O adolescente que conduzia o veículo não apresentou a documentação do carro, segundo informou uma agente da Secretaria Municipal de Transportes (SMTT). A agente informou, ainda, que o carro é do município de Santa Inês.

(Com informações do Imirante)

Acidente na Avenida Daniel de La Touche na manhã desta quinta-feira

Acidente na Avenida Daniel de La Touche na manhã desta quinta-feira


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Edivaldo Júnior deve enfrentar ato de manifestação

Totalmente insatisfeito com o descaso que a Prefeitura vem dando aos serviços da saúde do município, os servidores da área da saúde recorreram ao SINFUSP/SL – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Luís e relataram o tratamento que vêm recebendo da Secretaria de Saúde nos últimos dias.

Holanda Júnior.

Holanda Júnior.

Mesmo depois de ter sido criada uma Comissão da Saúde, para abertura de diálogos, por determinação de Edivaldo Júnior, a Comissão vem sentindo dificuldades em dialogar com o secretário. Exemplo disso foi a 1° reunião solicitada pela Comissão, para tratar de assunto da pauta de negociação, o secretário adjunto de saúde simplesmente não os recebeu. Os servidores acreditam que a Secretaria de Saúde vem medindo forças com o prefeito, ao descartar toda e qualquer reunião com a Comissão de Saúde, diga-se de passagem, constituída pelo próprio prefeito.

Outro exemplo, foi um constrangimento que passaram na sede da SEMUS (Secretaria Municipal de Saúde), na última quinta-feira (08), ao chegarem para uma reunião agendada, foram curiosamente despachados através de um recado mandado pelo secretário adjunto de saúde, Israel Correa, o qual afirmava que não os receberiam por ter assuntos e demandas mais importantes a serem resolvidas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Mais uma pesquisa aponta liderança de Flávio Dino

Flávio Dino.

Flávio Dino.

O instituto Conceito realizou pesquisa para saber a preferência do eleitorado em várias regiões do Maranhão, entre os dias 24 a 31 de julho deste ano.

Os números do instituto mostram, que o presidente da Embratur, Flávio Dino venceria hoje no primeiro turno com 56,8%. Luis Fernando chegaria em segundo lugar com 15,3%, o ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, teria 6,2%.

 

 

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Novo diretor do Socorrão I tenta fazer espetáculo após saída de Yglésio

Erico Cantanhede: um artista do Cirque du Soleil.

Erico Cantanhede: um artista do Cirque du Soleil.

Não tem nem uma semana que o médico Érico Cantanhede assumiu a direção do Socorrão I, porém a primeira polêmica já foi instalada. Na manhã desta quarta-feira (14), sua assessoria de comunicação divulgou um aviso de pauta informando da realização de um grande ato para agradecer a sua nomeação enquanto Diretor-geral do Hospital Municipal Djalma Marques. Uma verdadeira molecagem.

Assim que foi divulgada a realização do manifesto, o comentário se espalhou na cidade, que ao invés de trabalhar e ajudar a salvar vidas, os médicos e profissionais da saúde iriam sair de suas atividades para agradecer a um procedimento natural, entrada e saída de diretor. Érico pretendia ganhar visibilidade e transmitir uma boa imagem ao prefeito, porém o que era para ser algo positivo virou uma situação ridícula.

Sem respeitar a hierarquia, o diretor Érico Cantanhede planejou o ato sem comunicar ao secretário municipal de Saúde, César Felix e muito menos ao secretário municipal de Comunicação, Márcio Jerry, o que acabou gerando um grande constrangimento interno na Prefeitura, uma vez que ninguém estava sabendo da manifestação. Fora que a empresa contratada para fazer a Comunicação do Hospital, a MCM Consultoria e Representação, não repassou nem para a Secom como é de praxe e fez tudo por conta própria, visando os holofotes.

Totalmente insatisfeitos com essa postura, veio a ordem superior para cancelar o ato, o que desmoralizou o diretor-geral Érico Cantanhede já na sua primeira semana a frente do Socorrão I. O médico foi chamado à atenção e já disseram que não querem espetáculos no hospital, mas sim trabalho e resultado.

Interesses particulares

Érico Cantanhede avisou desde o primeiro dia que assumiu o Socorrão I, que sua indicação foi por meio do presidente do Conselho Regional de Medicina do Maranhão, Abdon Murad.

Cantanhede planejava disputar as eleições do CRM-MA que ocorreram no último dia 5 de agosto, porém em acordo fechado com o atual presidente e candidato a reeleição, Abdon Murad, ele abriu mão da candidatura em troca de um apoio ou indicação para que ele assumisse o comando do Socorrão I.

Acordo fechado, os dois médicos conseguiram seus objetivos: um se reelegeu no CRM-MA e o outro garantiu a vaga de Diretor-geral do Hospital Municipal Djalma Marques. Além disso, Cantanhede informou aos seus funcionários que sua passagem pelo Socorrão I visa exclusivamente a presidência do CRM, a qual será disputada daqui 5 anos novamente e desta vez ele seria o candidato ao cargo com o apoio de Abdon Murad.

Por isso o médico Érico Cantanhede vai aproveitar toda a estrutura do Socorrão I para fazer seu nome ganhar visibilidade e chegar ao comando do CRM-MA. O novo diretor-geral do HMDM é filiado no PDT e tem relações muito próximas com Abdelaziz Aboud Santos Junior.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ex-gestores de Chapadinha são cobrados na Justiça por débitos

Débitos que totalizam R$ 155,5 mil junto às Receitas Municipal e Estadual levaram o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a ajuizar, em 6 de agosto, Ações Civis Públicas de Execução Forçada contra o ex-secretário de Saúde e Saneamento, José da Costa Almeida, e o ex­-presidente da Câmara de Vereadores do município de Chapadinha (a 247 km de São Luís), Antonio Pontes de Aguiar.

Nas ações, o titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Chapadinha, Douglas Assunção Nojosa, requer o pagamento, em 24 horas, dos débitos imputados aos ex-gestores.

APLICAÇÃO IRREGULAR DE RECURSOS

A aplicação irregular de recursos públicos em 2006, quando exerceu o cargo de Presidente da Câmara Municipal de Chapadinha, é a base da dívida de Antonio Pontes de Aguiar, que o obriga ao ressarcimento de R$ 65.788,68, aos cofres públicos municipais.

Aguiar também deve R$ 56.744.03 à Fazenda Estadual, como resultado de três multas aplicadas em 2006 pelo órgão estadual devido a irregularidades administrativas durante sua gestão à frente da Câmara Municipal de Chapadinha. De acordo com o Acórdão nº 037/2012, do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), o ex-gestor cometeu irregularidades contábeis, financeiras, orçamentárias, operacionais e patrimoniais.

No caso do ex-secretário de Saúde e Saneamento, José da Costa Almeida, as dívidas imputadas pelo TCE-MA totalizam o valor de R$ 33.006,19, resultantes de irregularidades cometidas na gestão do Fundo Municipal de Saúde de Chapadinha, também no ano de 2006.

Ele também deve à Fazenda Estadual multas que totalizam R$ 13.004,78, motivadas por irregularidades administrativas na gestão do Fundo Municipal de Saúde de Chapadinha, no mesmo ano, conforme os Acórdãos PL-TCE nº 704/2009; 531/2011; e 037/2012.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Senado rejeita projeto que inclui na malha fina da Receita parlamentares em exercício

Folha.

senadoO Senado rejeitou nesta terça-feira (13) o projeto que inclui automaticamente na malha fina da Receita Federal as declarações de Imposto de Renda de quem possui mandatos eletivos, como os deputados e senadores.

Por maioria, os integrantes da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado entenderam que a análise detalhada pela Receita da renda dos políticos não deve ocorrer de forma automática –mas seguir o atual modelo, em que a instituição seleciona aquelas que devem ir para a malha fina. Como o projeto tramita de forma terminativa na comissão, ele será arquivado sem passar pelo plenário da Casa.

“Esse projeto está consagrando a criminalização da classe política. Por que não os membros do Supremo Tribunal Federal? Por que essa metralhadora dirigida para os deputados federais, estaduais e senadores?”, questionou o senador Roberto Requião (PMDB-PR).

Autor da proposta, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) defendia a mudança por considerar que constantes denúncias de mau uso do dinheiro público por aqueles que têm mandato justificam a análise detalhada das declarações de Imposto de Renda.

“A inclusão automática e obrigatória, na chamada “malha fina”, das declarações anuais do imposto de renda de parlamentares, chefes do Poder Executivo e seus ministros, magistrados, membros dos tribunais de contas, poderiam evitar que muitas irregularidades praticadas só viessem a ser descobertas anos após os atos de improbidade terem sido praticados e os desfalques terem assumido grandes proporções”, disse o senador.

Relator do projeto, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) também defendeu sua aprovação porque defende que a simples análise da Receita não implica em suspeição dos políticos. “A proposição não parte do princípio de que todo ocupante de mandato eletivo seja um infrator em potencial, mas, sim, de que todo cidadão imbuído de tamanha responsabilidade se submeta a rigores maiores de fiscalização que aqueles não investidos como agentes políticos.”

Apesar do apelo do relator, 12 integrantes da comissão rejeitaram a proposta, que recebeu votos favoráveis apenas dos senadores Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Pedro Taques (PDT-MT) e de Suplicy.

O projeto já tinha sido rejeitada pela Comissão de Constituição e Justiça (CNJ) em 2010, que considerou inconstitucional por tratar de forma desigual contribuintes que têm situação equivalente junto à Receita. A Constituição, segundo os integrantes da CCJ, proíbe distinção em razão de ocupação profissional ou função exercida pelo cidadão.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Foguete da cassação no ponto de ser lançado… Falta quem entrar?

Com a iminente cassação da governadora sub judice, Roseana Sarney, quem você acha que falta entrar pro foguete ser lançado? Lembrando que, apesar de muita quantidade de passageiros restantes, o foguete é pequeno. Vá com calma…

Foquete da cassação já ocupado por alguns tripulantes. Quem você acha que está faltando?

Foquete da cassação já ocupado por alguns tripulantes. Quem você acha que está faltando?


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Ligado ao clã Sarney, Monteiro tenta se reeleger no PT

Aliado do clã Sarney, o atual presidente do Partido dos Trabalhadores e candidato à reeleição, Raimundo Monteiro, investigado pela Polícia Federal, registrou a chapa O Partido que Muda o Brasil, a inscrição de chapas faz parte do Processo de Eleições Diretas do partido, o PED 2013. Estiveram presentes no ato que ocorreu na sede da sigla, no bairro do São Francisco, o vice-governador Washington Luiz Oliveira, os secretários estaduais de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy e de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Costa, e militantes que compõem a chapa.

O Partido que Muda o Brasil é a mais estadualizada dentre as chapas que
concorrem para o Diretório Estadual do partido, conta com mais de 200
representantes de diretórios municipais e comissões provisórias.

Dentre as propostas da chapa está a descentralização do Diretório Estadual do partido, “hoje o diretório estadual não conversa, o que queremos a partir da próxima gestão é que haja uma maior participação dos diretórios municipais; porque assim, poderemos de fato construir um partido sólido e que reflita as necessidades regionais”, explicou Raimundo Monteiro.

Foram registrados ainda mais cinco candidatos à presidência do Partido:
Construindo a Mudança no Maranhão (Raimundo Teixeira); Novo Partido. Muda Maranhão (Eri Castro); Partido Para Todos (Henrique Souza); Renovar é Preciso (Rodrigo Comerciário) e Resistência Petista, Augusto Lobato Presidente (Augusto Lobato). Outras duas chapas sem candidatos a
presidência, as chamadas chapas sem cabeça também disputam o PED 2013, O Grito do Interior, liderada por Adrovando Brandão e Resistência Petista, Augusto Lobato Presidente pra derrotar a oligarquia e reconstruir o partido, liderada por Márcio Jardim.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

A atuação de Léo Coutinho…

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Caxias (GGIM) realizou a sua primeira reunião nesta terça-feira (13), na Prefeitura.

Participaram do encontro as autoridades que compõem o órgão, entre elas, o prefeito Léo Coutinho, a presidente da Câmara, a vereadora Ana Lúcia Ximenes, o secretário de Segurança Pública e chefe da Guarda Municipal, o capitão Silvino Rocha, a secretária da Mulher, Liana Lobato, representantes do Conselho Tutelar, das Polícias Federal, Rodoviária e Militar, Bombeiros, Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria e da OAB subseção de Caxias.

Entre as pautas do dia, a discussão e aprovação do regime interno do GGIM e a apresentação do planejamento estratégico traçado para a segurança pública em Caxias com o objetivo de promover a cultura da paz.

Silvino Rocha avalia como positiva a primeira reunião do GGIM. “Vimos a boa vontade e a determinação de todos os órgãos envolvidos em atuarem positivamente para propor uma solução estratégica aplicada como forma de prevenção e de combate a violência”, disse o secretário.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Poder

Fernando Fialho é novamente denunciado na Assembleia

Secretário Fernando Fialho.

Secretário Fernando Fialho.

Os deputados de oposição usaram a tribuna para levar o conhecimento da sociedade uma nova denúncia contra o secretário de Desenvolvimento Social do Estado (Sedes), Fernando Fialho, na Assembleia Legislativa.

A nova denúncia trata-se de um novo convênio que seria de R$ 270 mil para construir dois banheiros em povoado de Humberto de Campos, com uma ONG.

“O Governo do Estado se manifesta dizendo que não são dois banheiros, são 57, entretanto no povoado tem apenas 30 casas e os banheiros não foram feitos, o que é ainda mais grave.

O que dá o indicativo de que boa parte dos recursos conveniados, especialmente com a Secretaria de Desenvolvimento Social, foram para o ralo, o ralo da corrupção, da má aplicação dos recursos públicos, ou quem sabe irrigar os caixas eleitorais”, garantiu.

As denúncias contra Fialho foram relatadas até mesmo pelo prefeito Chico Gomes, de Viana, que atesta que no município dele não aconteceram as obras.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.