Poder

Eliziane Gama é descartada como vice da chapa presidencial de Simone Tebet

A senadora Elizina Gama (Cidadania) foi descartada definitivamente da chapa da colega de Senado, Simone Tebet, candidata do MDB à Presidência da República.

Gama era um dos principais nomes cotados para a vaga, mas, na manhã desta terça-feira (2), Tebet confirmou que o posto será ocupado pela também senadora Mara Gabrilli (PSDB).

O anúncio desta terça foi feito na cidade de São Paulo, após conversas entre as duas candidatas e os presidentes dos três partidos da aliança – Baleia Rossi (MDB), Bruno Araújo (PSDB), Roberto Freire (Cidadania) – e o senador Tasso Jereissati (PSDB).

A cúpula do MDB e da federação Cidadania-PSDB bateram o martelo sobre o nome da senadora tucana após reunião que se encerrou no início da noite desta segunda-feira (1º), na sede emedebista, em São Paulo.

“É por isso que eu quero aqui anunciar para as senhoras e aos senhores, que pela vez, provavelmente a primeira vez na história da República do Brasil, nós teremos uma chapa pura para candidato à Presidência da República. A minha vice será mulher”, disse.

O nome de Mara Gabrilli não era a primeira opção de Tebet, que nos bastidores declarava a sua preferência pelo também senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

No meio dessa indefinição, também se apresentou como nome para a vice a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), que foi preterida por Tebet (reveja aqui). Os tucanos, no entanto, não abriam mão da vice, em particular por essa ser a primeira vez em décadas que o partido não terá um nome disputando a Presidência.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários