Poder

Preso pela PF, Eduardo DP ganhou contrato de R$ 78 milhões no governo Brandão

O empresário Eduardo Costa, o Eduardo DP, faturou mais um contrato milionário no governo Brandão, por meio da Secretária de Estado da Infraestrutura – SINFRA.  O certame contempla a contratação da empresa Construservice, comandada por DP, e vai custar aos cofres públicos o montante R$ 78.121.196,13 setenta e oito milhões, cento e vinte e um mil, cento e noventa e seis reais e treze centavos).

A resenha do contrato foi publicada na terça-feira (19) no Diário Oficial, um dia antes da prisão de DP, e assinado na segunda-feira (18).

Eduardo, que também é conhecido como Imperador, foi preso ontem (20), alvo de uma operação da Polícia Federal que visa desarticular um esquema de lavagem de dinheiro com verba pública através de licitações fraudulentas. A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao empresário e a Construservice.

O governador Carlos Brandão, que é pré-candidato a reeleição ao governo do Estado, parece não se importar com a “ficha suja” da empresa de DP – que já foi alvo de várias investigações sobre fraudes, assim como de processos nos âmbitos da Justiça Estadual e Federal – e  mantém a aliança comercial que surgiu ainda na gestão de Flávio Dino.

Em junho deste ano, o Blog Neto Ferreira veiculou uma matéria sobre a ligação entre Eduardo DP  e o governo do Maranhão, que já movimentou R$ 726,1 milhões em contratos durante os dois mandatos do ex-governador socialista. A informação é do Portal da Transparência estadual.

Em levantamento feito pela reportagem, consta que a construtora de DP foi uma das campeãs em ganhar licitações de obras milionárias na gestão dinista, que ocorreu entre 2015 e o primeiro trimestre de 2022. Os contratos foram firmados via Secretaria das Cidades (Secid), gerenciada por Márcio Jerry (PCdoB) e Sinfra, que tinha como titular Clayton Noleto (PSB), que mantém uma relação de amizade com Imperador.

Diante dos últimos acontecimentos, que figuram a prisão de Eduardo DP, apontado como líder de uma organização criminosa suspeita de fraudes em licitações, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro; o Blog entrou em contato com a assessoria do governo do Maranhão para questionar se o contrato ainda seria mantido, contudo, não obteve retorno.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Preso pela PF, Eduardo DP ganhou contrato de R$ 78 milhões no governo Brandão”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. José alves

    Clayton noleto nem deve estar dormindo….

  2. Zeca

    O que vai acontecer? Eduardo Imperador daqui a uns dois dias estará solto, se já nao estiver. vai continuar com a construtora dele, fazendo obras e aumentar a riqueza. E Os blogueiros? Continuaram liso, fazendo o que sabem de melhor. Tentar extorquir os outros. E Isso é crime, a polcia deveria colocar todos na cadeia.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários