Poder

Eduardo DP é preso pela Polícia Federal por desvio de dinheiro público

O empresário Eduardo DP, também conhecido como “Eduardo Imperador”, foi preso nesta manhã (20), em operação da Polícia Federal para desarticular associação criminosa envolvida em fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, com a utilização das verbas federais.

O esquema envolve contratos entre a Construservice, empreiteira  de Eduardo DP, com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

De acordo com a PF,  as investigações constataram a existência de um esquema – muito bem estruturado –  de lavagem de dinheiro a partir do desvio do dinheiro público, proveniente de procedimentos licitatórios fraudado. A prática envolve o mesmo modus operandi, inclusive com as mesmas pessoas interpostas e empresas de fachada, de uma associação criminosa identificada em 2015, que desviava recursos públicos do município de Dom Pedro.

Em 2015, Eduardo “Imperador” foi preso, juntamente com sua mãe, a ex-prefeita de Dom Pedro, Maria Arlene Barros e outros empresários, durante a operação Imperador. De acordo com as investigações, mais de R$ 5 milhões foram desviados da prefeitura entre 2009 e 2012. (Relembre aqui)

 


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em “Eduardo DP é preso pela Polícia Federal por desvio de dinheiro público”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Preso pela PF tenta ganhar licitação de R$ 167 milhões no governo do Tocantins - Neto Ferreira – Conteúdo InteligenteNeto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] Rolex, bebidas, bolsas de grife e um jet ski em endereços ligados ao empresário (relembre aqui e […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários