Poder

Flávio Dino e os R$ 125 milhões pagos para construtora de DP

Eduardo DP ao lado de Flávio Dino.

Eduardo DP ao lado de Flávio Dino.

Nos três meses que antecederam a sua saída do comando do Estado,  Flávio Dino (PSB) e seu governo efetuaram pagamentos estratosféricos de R$ 125,1 milhões para a Construservice Empreendimentos, que pertence a Eduardo Barros Costa, mais conhecido como Eduardo DP. Os dados são do Portal da Transparência estadual.

Levantamento feito pela reportagem do Blog do Neto Ferreira mostra que no primeiro trimestre de 2022 foram empenhados R$ 116.689.916,52 milhões para a construtora. Desse montante, foram pagos R$ 68.893.340,90 milhões via as Secretarias de Infraestrutura (Sinfra) e das Cidades (Secid). Os valores são decorrentes de contratos de obras executadas em várias cidades maranhenses, como Bacabal, Santa Inês, Pinheiro, Joselândia, Altamira, entre outras.

Da pasta da Infraestrutura, saíram R$ 56.006.368,58 milhões e das Cidades R$ 12.886.972,32 milhões dos pagamentos orçamentários entre janeiro e março desse ano.

No mesmo período, conforme o Blog também apurou, o governo disinta repassou R$ 56.242.944,92 milhões para a empresa de Eduardo DP que tinham caído no setor Restos a Pagar, que são as despesas com compromisso de utilização no orçamento, mas que não foram pagas até o dia 31 de dezembro do mesmo ano do exercício e passou para o ano seguinte.

Somando, a ex-gestão do socialista desembolsou R$ 125.136.285,82 milhões em apenas três meses para bancar obras executadas pela Construservice.

Mesmo sendo alvo de inquérito da Polícia Civil e do Ministério Público do Maranhão por comandar uma quadrilha responsável por crimes em mais de 40 municípios do estado entre 2009 a 2012, como desvios de recursos federais do Ministério da Educação, agiotagem e crime organizado, o empresário Eduardo DP se agigantou nos mandatos do Flávio Dino. O motivo não se sabe.

Atualmente, DP é detentor de dezenas de contratos milionários no Governo do Maranhão.

A atuação do empresário no governo, que já possui 7 anos, resultou em cifras altíssimas, mas isso virá à tona em outra reportagem.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários