Poder

Flávio Dino disse que Instituto Exata é sério e tem histórico de acertos

Após divulgação de uma pesquisa eleitoral onde mostra o senador Weverton Rocha (PDT) liderando a disputa pelo governo, imprensa aliada do Palácio dos Leões, às ordens do secretário de comunicação Ricardo Cappelli, vem tentando desqualificar o Instituto Exata, trazendo pesquisas anteriores, onde suspostamente o instituto teria errado.

Inclusive, o próprio titular da pasta usou as redes sociais para dizer que o levantamento seria “fake” e garantiu que todos tem os números reais dando a entender de que se tratava de uma manobra política.

Em 2020, o Instituto Exata colocou o deputado estadual Neto Evangelista (União), então candidato a prefeito de São Luís, no segundo turno das eleições municipais, o que realmente não aconteceu, e o segundo turno acabou acontecendo entre Duarte Júnior e Eduardo Braide.

Porém, em 2018, também durante a corrida eleitoral para o governo do estado, o Instituto Exata juntamente com o Jornal Pequeno, apontou a vitória de Flávio Dino ainda no primeiro turno, onde mostrava a sua reeleição com 61% dos votos válidos, o que realmente aconteceu, não por 61%, mas sim com 59,29%, ou seja, dentro da margem de erro.

A pesquisa foi divulgada no Jornal Pequeno no dia 24 de agosto de 2018, e o ex-governador Flávio Dino usou o seu twitter para comentar a pesquisa e falar bem do instituto.

“Jornal Pequeno de hoje divulga nova pesquisa Exata, instituto sério com histórico de acertos no Maranhão. Temos 61% dos votos válidos. Agradeço a confiança. O Maranhão segue em frente”, disse o Flávio Dino.

Do site Folha do Maranhão, com edição do Blog do Neto Ferreira


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários