Poder

Ex-secretário de Turismo é investigado por suposto crime ambiental em Santo Amaro

O ex-secretário estadual de Turismo, Antônio José Bittencourt de Albuquerque Júnior, o Catulé Júnior, está no bojo de um inquérito criminal que apura suposto crime ambiental na cidade de Santa Amaro, região dos Lençóis Maranhenses.

As investigações estão sob a coordenação da Assessoria Especial de Investigação dos Ilícito Praticados por Autoridades com Prerrogativa de Foro pelo Exercício de Função Pública do Ministério Público (MPMA) e foram abertas após declínio de atribuições promovido pelo Ministério Público Federal (MPF).

Segundo ofício enviado pelo Parquet federal, uma obra pública estaria sendo executada às margens do Rio Alegre causando grande dano ambiental.

Após análise preliminar, foi identificada a possibilidade de ocorrência de infração prevista na lei de cries ambientais atribuída a Antônio José Bittencourt de Albuquerque Júnior, o Catulé Júnior, que detinha prerrogativa de foro pelo exercício de função pública por ocupar o cargo de secretário do Turismo no governo Flávio Dino (PSB). A pasta atualmente é comandada por Paulo Matos.

O caso está sendo investigado pelo assessor especial do procurador-geral de Justiça, promotor Pedro Lino Silva Curvelo, que determinou a continuação das diligências para levantar as provas necessárias para instauração de eventual ação penal pública ou para arquivar os fatos.

Curvelo tem 90 dias para concluir os trabalhos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários