Poder

Após desistência de Zé Inácio, PT define Felipe Camarão como vice de Brandão

Após muita discusão e bate-boca, os petistas definiram na noite de domingo (05) a chapa majoritária para governo e senado que vão apoiar.

Durante o Encontro de Tática, foi batido o martelo que o ex-secretário de Educação do Estado, Felipe Camarão (PT), encabeçará como vice do pré-candidato à reeleição, Carlos Brandão (PSB), após o deputado estadual Zé Inácio abrir mão do seu projeto eleitoral como pré-candidato a vice-governador pelo PT.

O parlamentar tentava consolidar a sua pré-candidatura que não foi aprovada pela militância petista. Na ocasião, ele pregou unidade da sigla e anunciou a sua desistência.

Felipe Camarão comemorou a decisão do partido e que a sua chapa irá vencer as eleições no primeiro turno.

“Recebo com entusiasmo e muita humildade o resultado do Encontro Estadual de Tática Eleitoral, que confirmou meu nome como pré-candidato a vice-governador, na chapa do governador Carlos Brandão. O PT é grande porque constrói sua história com sua base, de forma democrática e com decisões coletivas. Como afirmei desde que cheguei ao partido, não me filiei para ser uma estrela, mas para somar forças e me juntar a tantos companheiros e companheiras a manter o brilho da grandiosa estrela do PT! (…) Nós vamos vencer [a eleição] no primeiro tuno”, enfatizou.

O presidente estadual do PT, Francimar Melo, também comentou sobre a unificação da legenda partidária.

“É com muita alegria que anuncio a posição unificada do nome Felipe Camarão como pré-candidato a vice governador pelo PT. Em clima de aliança com o PSB para reelegermos Carlos Brandão governador, Flávio Dino senador e Lula presidente”, escreveu Melo nas redes sociais.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários