Poder

Promotor enquadra prefeito após caos no transporte escolar de Coroatá

O titular da 2ª Promotoria de Justiça de Coroatá, Gustavo de Oliveira Bueno, notificou o prefeito Luis da Amovelar Filho e secretários municipais para prestarem esclarecimentos sobre a precariedade no transporte escolar do município.

Na tarde de quinta-feira (12), o representante ministerial se reuniu com os gestores para tratar sobre o caso.

A promotoria informou à reportagem que já tem dois processos abertos para fiscalizar toda a frota municipal escolar

A atuação da Promotoria foi motivada por flagrantes graves de irregularidades no transporte de alunos para as unidades de ensino de Coroatá.

Em um dos casos crianças estão sendo transportadas em um motocicleta pelo motorista do ônibus por não ter monitor para orientar a condução do veículo (reveja aqui).

No segundo, um vídeo flagrou o transporte escolar transitando de faróis apagados em plena rodovia colocando a vida de muitos alunos em risco.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários