Poder

“Ele não passa de um oportunista”, dispara Weverton Rocha sobre Brandão

Em um evento na cidade de Rosário, o senador e pré-candidato, Weventon Rocha (PDT), chamou o governador Carlos Brandão (PSB) de oportunista ao falar sobre os motivos da atual aliança do socialista com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Eu não vejo a hora de começar a campanha e ver o Brandão dizer que é Lula, e eu vou perguntar para ele onde é que ele estava quando a Dilma foi cassada, onde ele estava quando o Lula foi preso, onde é que ele estava quando estavam votando a Reforma da Previdência, onde é que ele estava quando estavam votando a Reforma Trabalhista. Sabe onde é que eles estavam, meus amigos? No PSDB, do Aécio Neves, chamando o Lula e o PT de estelionatários eleitorais. Sabe porque ele está agora dizendo que quer ser Lula? Porque ele não passa de um oportunista, que está querendo aparecer ao lado de quem está bem nas pesquisas”, disparou.

O senador falou ainda sobre a narrativa que vem se construindo no Maranhão sobre a nacionalização das eleições governamentais. Ele afirmou que não concorda e defendeu a ideia de que qualquer nome que for eleito governador tem que ter a capacidade do diálogo com o presidente da República.

“Eu falei para o presidente Lula: ‘Presidente, não vão nacionalizar a eleição no Maranhão. Lá, todos os seus eleitores, os eleitores do Ciro Gomes, e qualquer outro eleitor, de qualquer que seja o presidente, tem que eleger um governador que tenha capacidade de diálogo. Sabe por quê? Eu governador, no outro dia, vou bater na porta de quem se eleger presidente da República e vou pedir ajuda para o Maranhão'”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Um comentário em ““Ele não passa de um oportunista”, dispara Weverton Rocha sobre Brandão”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Zeca

    Lula é Ladrão. Weverton Rocha tambem. Eu quero ver quando Brandão perguntar pra ele o que ele fez com dinheiro que ele roubou do Ginasio Costa Rodrigues. Vagabundo.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários