Poder

São Luís está entre as 20 capitais que mais consumiram bebidas alcoólicas em 2021

Em levantamento realizado pelo Ministério da Saúde sobre o consumo de bebida alcoólica, São Luís aparece na 18º posição, com 17,85%, no ranking das cidades que mais abusaram do consumo de álcool em 2021.  No topo da lista estão a capital mineira Belo Horizonte (25,20%), seguida por Vitória-ES (23,28%) e a terceira colocada é Cuiabá-MT (23,17%). 

A pesquisa levou em conta a porcentagem de adultos com 18 anos ou mais que admitiram terem tomado mais de quatro doses de qualquer bebida alcoólica nos 30 dias antes da entrevista.

Em comparação ao consumo entre mulheres e homens na capital maranhense, o público masculino despontou com 24%, levando em consideração o consumo de cinco ou mais doses de bebida em uma mesma ocasião. Já o percentual de mulheres ludovicenses que ingeriram quatro ou mais doses foi de 14%.

Veja o ranking com todas as capitais:

    • Belo Horizonte (MG): 25,20%
    • Vitória (ES): 23,28%
    • Cuiabá (MT): 23,17%
    • Distrito Federal (DF): 22,54%
    • Salvador (BA): 22,53%
    • Palmas (TO): 22,17%
    • Porto Velho (RO): 21,74%
    • Florianópolis (PA): 21,47%
    • Macapá (AM): 20,42%
    • Rio de Janeiro (RJ): 19,90%
    • João Pessoa (PB): 19,83%
    • Campo Grande (MS): 19,77%
    • Recife (PE): 19,43%
    • Teresina (PI): 18,50%
    • Goiânia (GO): 18,39%
    • Fortaleza (CE): 18,33%
    • Boa Vista (RR): 17,87%
    • São Luís (MA): 17,85%
    • Aracaju (SE): 17,28%
    • São Paulo (SP): 15,82%
    • Natal (RN): 15,40%
    • Belém (PA): 15,31%
    • Curitiba (PR): 15,18%
    • Manaus (AM): 14,80%
    • Rio Branco (AC): 13,67%
    • Maceió (AL): 13,16%
    • Porto Alegre (RS): 12,82%
    • A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para o consumo excessivo de álcool, pois “é um fator causal em mais de 200 doenças e lesões. Está associado ao risco de desenvolvimento de problemas de saúde, tais como distúrbios mentais e comportamentais, incluindo dependência ao álcool, doenças como cirrose hepática, alguns tipos de câncer e doenças cardiovasculares”, entre outros problemas.


      Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários