Poder

Procurador de Justiça diz que não aceitará o uso de verbas públicas em festas no MA

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, afirmou que não aceitará que Prefeituras do Maranhão usem dinheiro público para promover festas de valores gigantescos.

Em um vídeo publicados nas redes sociais, o chefe do Ministério Público maranhense falou sobre o posicionamento do órgão e disse que houve uma grande movimentação dos promotores de Justiça para que os shows de Xandy Avião, em Bacabal, e Wesley Safadão, em Vitória do Mearim, fossem suspensos. As festas estavam orçadas em R$ 750 mil e R$ 500 mil, respectivamente.

“A luta foi grande, porém o Ministério Público venceu. Quem venceu não foi só o Ministério Público, mas a população que não deixou o seu dinheiro ser escoado pelo ralo. A Prefeitura de Vitória do Mearim, como também a Prefeitura de Bacabal, os prefeitos queriam promover festas com dinheiro público. Bacabal como R$ 750 mil e Vitória do Mearim com $500 mil”, frisou.

Eduardo Nicolau garantiu que não irá aceitar desvios de verbas públicas por meios de show’s. “Não aceito, não aceitei e não aceitarei. O Ministério Público não aceita que o dinheiro público seja desviado.”

Ele ainda citou agilidade e eficiência dos promotores de Justiça durante a produção das Ações para que a Justiça analisasse com urgência os pedidos. “Os nossos promotores de justiça, bastantes diligentes, foram correndo e preparam peças e essas peças caíram no Tribunal. Quando o Tribunal nega, o STJ [Supremo Tribunal de Justiça] está aí para isso e fomos até o Supremo Tribunal Federal [STF], mas a vontade foi vencida, a vontade de guardar o dinheiro e de não escorrer o dinheiro pelo ralo”.

Nicolau ainda ressaltou: “O dinheiro público tem que ser gasto com uma coisa necessária, com saúde, com educação, com saneamento básico e tudo o que for necessário e não com festa. Quem quiser fazer festa, faça com o seu dinheiro”.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários