Poder

Deputado aliado de Brandão detona secretário de governo

Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado estadual do PSB e presidente do Moto Club, dr. Yglésio, fez duras críticas ao secretário estadual de Comunicação, Ricardo Cappelli, e afirmou que foi bloqueado no WhatsApp após revelar que o campeonato maranhense de futebol não recebeu os recursos financeiros prometidos pelo governo do Maranhão. O parlamentar é da base aliada governista.

“Tem que não ter o rabo preso para subir a tribuna e falar, porque está errado, está errado e vou dizer e não vai ter ninguém para me intimidar, seja pseudo líder de bloco de governo, seja secretário de Comunicação [do governo]. Secretário de Comunicação [Ricardo Capelli] veio me bloquear em Whatsapp, olha a postura do cidadão. Sujeito desse que veio sabe-se de lá de onde, tentou ser vereador no Rio de Janeiro, nunca conseguiu”, disparou.

Em outro trecho da sua fala, o parlamentar disse que Cappelli já foi alvo do Tribunal de Contas da União quando ocupava cargo no Ministério do Esporte. “Vivia em Ministério do Esporte com seu Orlando Silva, recebeu várias tomadas de contas especiais do TCU, junto com Orlando, e chega aqui no Maranhão querendo bancar o bom moço, o pai de todo mundo. Não respeita deputado, sujeito desse nunca conseguiu se eleger vereador, quem que ele acha que ele é?”.

Yglésio garantiu que ninguém o intimidará e que continuará falando sobre os erros do governo. “Tem que não ter o rabo preso para subir a tribuna e falar, porque está errado, está errado e vou dizer e não vai ter ninguém para me intimidar, seja pseudo líder de bloco de governo, seja secretário de Comunicação”.

Ao final do seu discurso, o deputado fez um apelo para que o pagamento dos recursos seja feito ao Campeonato Maranhense de Futebol e pediu que Ricardo Cappelli pare de atrapalhar o governador Carlos Brandão.

“Então, lamentavelmente tem atrapalhado, pare de atrapalhar o governador [Carlos] Brandão, secretário [Ricardo] Capelli, pare de atrapalhar! Quem está aqui na tribuna foi o primeiro deputado a subir para defender o nome do Brandão. Não estou atacando o governo não, mas eu trago a verdade e quando eu subi na tribuna é para falar a verdade. Não pagou o campeonato maranhense. Foi feito o compromisso. Pague!”

E completou: “Quer dizer que eu to errado? Não estou pague o campeonato maranhense, cuide com a sua responsabilidade, pare de desagregar, vai ficar dando retwitte de deputado aqui para plantar sizânia? Eu subo na tribuna e falo o teu nome Cappelli, não adianta me bloquear no celular porque eu sei quem você é.”

O imbróglio entre Yglésio e o secretário de Comunicação iniciou após o deputado Duarte Júnior afirmar que o colega do Legislativo estaria querendo culpar o Estado pela péssima gestão no Moto Club, no qual é presidente.

“Antes do Governador Flávio Dino não se aplicava a Lei de Incentivo para o futebol profissional. Logo, não havia repasse de recurso aos clubes maranhenses. Agora tem! Depois de tantas derrotas, tem presidente de um respeitado clube querendo culpar o Estado por sua péssima gestão”, escreveu Duarte Júnior em sua conta no Twiiter.

A publicação foi compartilhada pelo titular da Comunicação, que logo recebeu uma série de resposta de Yglésio.

Leia abaixo:

“O cara arruma confusão com a bancada federal toda e agora quer caçar confusão comigo? Acho que tá faltando trabalho pra ti, vagabundo. Entrei no futebol e uma dupla que se diz de “esquerda progressista” não aceita que eu defenda o futebol. Pluralismo mandou lembranças! Santa incoerência!

Imaginem aí: eu,parlamentar, presidente de clube de futebol, agora estou sendo patrulhado por trazer à tona o não-pagamento do Campeonato Maranhense por dois sujeitos do meu mesmo campo político. Esse pessoal é que se diz progressista?Olha o nível do debate: bloqueio em whatsapp.

Lei da mordaça comigo não cola, vagabundo. Tua alma sebosa é vendida pra falsidade, não me iguala contigo.

O cara é acostumado a fazer campanha com dinheiro desviado de emenda, denunciado em portal nacional, um vagabundo desses vem falar em gestão de Moto Club, que a cada dia mato um leão, falando merda pra ganhar cartaz com Flávio Dino. Cria vergonha na tua cara, sociopata. Me erra…

Cada uma: a oito clubes de futebol foram prometidos recursos pra ajudar no Campeonato Maranhense e o “pinscher” da Assembleia, junto com o estressadão do DCE, vem falar besteira quase meia noite. É só pagar a Lei de Incentivo que foi acordada com os clubes e pronto.”


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários