Poder

Assis Ramos é investigado por suposta omissão em repasse de precatórios em Imperatriz

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, está sendo investigado por suposta omissão no repasse de recursos destinados ao pagamento de precatórios pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

A investigação foi instaurada pelo titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa de Imperatriz, João Marcelo Moreira Trovão, após o encaminhamento, por parte da Corte Judiciária, de informações acerca da ausência de repasse de 05 parcelas mensais no valor de R$ 694.115,43 mil cada uma, referente à programação de pagamento do exercício de 2020.

Segundo o órgão ministerial, Assis Ramos foi notificado, mas não compareceu à oitiva para prestar esclarecimentos.

O promotor responsável pelo caso determinou diligências investigatórias para a coleta de elementos de informação para fundamentar uma possível propositura de Ação Civil Pública.

Em nova citação, o Ministério Público concedeu mais 10 dias ao prefeito para que apresente sua versão sobre o fatos.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Assis Ramos é investigado por suposta omissão em repasse de precatórios em Imperatriz”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Prefeitura de Imperatriz nega omissão no pagamento de precatórios - Neto Ferreira – Conteúdo InteligenteNeto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] A nota foi emitida após o Blog do Neto Ferreira publicar uma matéria relatando haver uma investigação em trâmite no Ministério Público Estadual (reveja aqui). […]

  2. Documento confirma investigação contra prefeito de Imperatriz - Neto Ferreira – Conteúdo InteligenteNeto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] A Portaria nº 03/2022 disponibilizada no Diário Eletrônico do Ministério Público pela  2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa de Imperatriz reafirma os dados contidos dentro do texto já veiculado (reveja aqui). […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários