Poder

Após receber declaração de apoio, Brandão promove militar a coronel

Após declarar apoio ao governador e pré-candidato à reeleição, Carlos Brandão (PSB), o policial militar Hornnan Schnneyder Almeida Silva foi promovido de tenente-coronel para coronel ilegalmente.

Documento publicado pelo Blog do Linhares e confirmado pela reportagem do Blog do Neto Ferreira revela que Schnneyder está em uma lista sigilosa da Polícia Militar onde constam nomes de policiais não habilitados ao recebimento da promoção por não preencherem os requisitos essenciais previstos na Lei nº3.743 (Lei de Promoção de Oficiais), no Decreto nº11964 e na Lei nº 6.513. .

Segundo o Regimento da Corporação, o ato é ilegal.

Logo após ser promovido ilegalmente, Schnneyder já publicou vários vídeos falando sobre a sua nova patente.

O policial militar é pré-candidato a deputado estadual pela cidade de Timon e já divulgou em suas redes sociais gravações em que manifesta apoio à Carlos Brandão. Uma espécie de toma lá da cá.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Schnneyder (@schnneyder_)

Essa não é primeira vez que a Polícia Militar é usada de forma política pelos chefes do Executivo Estadual.

Na gestão de Flávio Dino, houve a farra dos Capelães, onde cargos foram criados para barganha política. O caso foi barrado pelo Supremo Tribunal Federal.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários