Poder

Dupla é presa por se passar por desembargadores para aplicar golpes em políticos no MA

Dois homens foram presos suspeitos de se passarem por desembargadores para aplicar golpes em políticos do Maranhão. Segundo a Polícia Civil de Goiás, a prisão foi feita em Goiânia e o grupo é especializado em dar golpes virtuais em todo o Brasil.

Na última terça-feira (8), foram cumpridos três mandados de busca e apreensão pela PC de Goiás, em apoio à PC do Maranhão. A investigação aponta que foram vítimas prefeitos, secretários municipais e ex-prefeitos de cidades do interior maranhense.

A Operação Anonymous, como foi chamada, apontou que os suspeitos usavam a imagem e o nome até do presidente, corregedor, juízes e promotores do Tribunal de Justiça do Maranhão. A polícia não divulgou o nome das vítimas, nem o prejuízo causado.

De acordo com o delegado de Goiás Davi Freire, a PC-GO forneceu ajuda tanto na investigação, quanto no cumprimento de medidas cautelares, como busca e apreensão e prisão.

“Houve desde a troca de informações iniciais como também a efetivação da prisão e cumprimento da busca e apreensão. Mas, ressalte-se, a investigação tramita sob os auspícios da autoridade policial da Delegacia de Crimes Tecnológicos da Polícia Civil do Maranhão”, mencionou Davi.

O delegado completou que os suspeitos estão presos em Goiás. O investigador explica as autoridades judiciárias do Maranhão que vão analisar se há necessidade da transferência dos homens para o estado nordestino.

Ainda segundo a PC, os suspeitos têm passagem criminal pela prática de outros crimes como estelionato, roubo e tráfico de drogas.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários