Poder

Secretário de Flávio Dino diz que o 2º turno das eleições será entre Brandão e Roberto Rocha

O secretário de Estado da Comunicação do governo Flávio Dino (PSB), Ricardo Cappelli (PSB), declarou nesta quarta-feira (16), com base nas mais recentes pesquisas de intenções de votos para o Governo do Maranhão, que o senador Weverton Rocha (PDT) sequer estará num possível segundo turno da disputa. O pedetista ainda lidera os levantamentos no estado.

Segundo ele, se houver, o segundo turno será entre o vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), e o senador Roberto Rocha (PSDB) – o segundo ainda não decidiu a qual cargo será candidato.
“Bolsonaro possui aprovação de cerca de 33% no estado. E deve ter algo entre 25% e 28% para presidente. É improvável que um candidato de Bolsonaro não tenha mais de 20% dos votos. 4 – A tendência é que ocorra uma convergência no campo bolsonarista no Maranhão. O líder mais expressivo do campo é o senador Roberto Rocha. Se houver segundo turno, será entre Brandão e Roberto”, afirmou.

Para ele, o problema de Weverton é disputar votos com Brandão “dentro do campo de Flávio Dino”. “Sem o apoio do governador e com Brandão na cadeira é improvável que consiga decolar”, completou.

E acrescentou que Brandão deve assumir a liderança das pesquisas antes de assumir o comando do governo, o que ocorrerá no dia 31 de março.

“Pesquisa é curva, não é fotografia. Tudo indica que Brandão assumirá a liderança nas pesquisas antes mesmo de assumir o governo. No dia 31 de março sua imagem estará em todo o estado é uma imensa vantagem estratégica”.

Do Imirante.com


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2 comentários em “Secretário de Flávio Dino diz que o 2º turno das eleições será entre Brandão e Roberto Rocha”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. SEBASTIÃO SANTOS DA ÁREA ITAQUI-BACANGA "A FORÇA DAS COMUNIDADES"

    AQUI NÃO TEM IDIOTA, NEM O MARANHÃO VOCÊ CONHECE.

    Esse cidadão que nem maranhense é, tem mais é que agradecer os cacifes políticos do grupo Sarney e o senador Weverton por está empregado há mais de 07 anos no governo do Maranhão. Porque agradecer? Roseana não conseguiu manter a candidatura de Luís Fernando a sua sucessão em 2014, por briga interna de cacifes do seu grupo que tiraram Luís Fernando para emplacar Edinho Lobão que foi derrotado por Flávio Dino com o forte apoio do então Deputado Federal Weverton Rocha e de toda força e articulação política, além da aguerrida militância do PDT, pois se não fosse isso, o Dino seria novamente derrotado pelo grupo Sarney. Então, esse carioca de carteirinha por nome de Ricardo Cappelli, teve foi sorte de hoje está bajulando Brandão que só foi vice na chapa de Flávio Dino em 2014, porque Weverton Rocha aceitou tirar o nome do hoje Deputado Estadual Marcio Honaiser que estava certo como vice de Dino, repito em 2014 para aceitar o nome de Brandão, pois se o PDT tivesse mantido Marcio Honaiser, ele teria permanecido vice também em 2018 na reeleição de Dino ao governo e hoje ao invés desse senhor está bajulando Brandão, estaria sim bajulando Marcio Honaiser e Weverton Rocha.

    Esse cidadão desde de março de 2015 vinha como Secretário Chefe da Representação do Governo do Maranhão no DF, depois de 06 anos só na moleza em Brasília no conforto do ar condicionado, assumiu outra moleza que foi em janeiro de 2021 o cargo de Secretário de Comunicação do Governo do Maranhão. Se esse carioca entendesse mesmo de política, teria sido eleito em duas eleições na sua terra natal, que mesmo blindado com a força do poder, foi derrotado para deputado estadual em 2002 pelo PC do B no estado do Rio e a outra derrota, foi para vereador em 2006 na cidade do Rio de Janeiro. Portanto Sr. Ricardo Cappelli, não pense que o Maranhense é idiota, aqui é Maranhão de um povo sábio e consciente que jamais vai aceitar se enganar com estratégia de um esperto carioca que só quer moleza vivendo todo dia no conforto do ar condicionado. Aqui não tem idiota, nem o Maranhão você conhece.

  2. Rodrigo Pacheco garante que Roberto Rocha não vai disputar o governo do Maranhão - Neto Ferreira – Conteúdo InteligenteNeto Ferreira – Conteúdo Inteligente

    […] A fala do presidente do senado derruba a análise feita pelo secretário de Estado de Comunicação, jornalista Ricardo Cappelli, que o segundo turno das eleições desse ano seria disputado pelo vice-governador Carlos Brandão (PSDB) e Roberto Rocha (PSDB) (relembre aqui). […]

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários