Poder

Rodoviários de empresa de ônibus fazem paralisação em São Luís

Motoristas e cobradores da empresa de ônibus Planeta realizam uma paralisação na manhã desta sexta-feira (11), em São Luís. Os rodoviários se concentraram na garagem da empresa de ônibus, localizada no bairro da Cidade Olímpica.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, o motivo da paralisação é devido ao atraso no pagamento dos salários dos motoristas e cobradores da empresa. O sindicato informou que já são cerca de quatro meses de salários atrasados e reinvindicações por reajuste.

Na manhã dessa quinta-feira (10), foi realizada uma audiência de mediação entre o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão e as empresas de transporte, que terminou sem acordo sobre o reajuste salarial da categoria rodoviária para a data-base de 2022.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão Marcelo Brito, são cerca de 30 ônibus sem circular nesta manhã de paralisação. “Os trabalhadores estão aqui de braços cruzados. São quatro meses com salário atrasado, benefícios também, não tem plano de saúde há mais de um ano”, disse o presidente.

Em nota emitida nessa quinta (10), o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) informou que, até o momento, não foi agendada uma nova audiência de mediação e que o órgão ministerial aguardará solicitações dos sindicatos.

Leia abaixo:

“O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) informa que a audiência de mediação entre os sindicatos dos rodoviários e das empresas de transporte terminou sem acordo sobre o reajuste salarial da categoria para a data-base de 2022.

O encontro ocorreu na manhã desta quinta-feira (11), na sede do órgão ministerial trabalhista, em São Luís. A mediação foi presidida pelo procurador do Trabalho Marcos Rosa.

O procurador reafirmou a disposição do MPT-MA em contribuir com as negociações. Não foi agendada uma nova audiência de mediação. O órgão ministerial aguardará solicitações dos sindicatos.

Além de representantes das entidades sindicais, a audiência contou com a participação de representantes da Prefeitura de São Luís (Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte e Procuradoria do Município) e do Governo do Estado (MOB – Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos).”

Do Imirante.com


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários