Poder

Raimundo Penha pede vista e Câmara de São Luís adia votação de vetos de Braide

A apreciação de vetos do prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), relacionados ao Projeto de Lei nº 345/2021, que trata do “Cartão-Alimentação”, e ao Projeto de Lei nº 338/2021, que concede 14º salário aos professores foi adiada após um pedido de vista do vereador Raimundo Penha (PDT).

A articulação política de Braide para manter os vetos tem enfrentado alguns obstáculos na Câmara Municipal. Isso porque um grupo de 18 vereadores, liderado por Paulo Victor (PCdoB), assinou uma carta a favor da manutenção dos projetos na forma como aprovados pela Casa.

O prefeito tenta impedir a inserção de escolas comunitárias para o recebimento de um auxílio de R$ 80,00 por cada aluno matriculado, em razão da pandemia. Por isso tentar vetar o Projeto de Lei nº 345/2021.

Além disso, Braide quer vetar o abono aos profissionais da Rede da Educação Básica Municipal, o 14º salário dos professores e em razão disso o grupo defende a derrubada do veto a uma emenda ao Projeto de Lei nº 338/2021.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários