Poder

PGJ abre inquérito criminal contra Prefeitura de Cândido Mendes

A Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) instaurou um Procedimento Investigatório Criminal (PIC) contra a Prefeitura de Cândido Mendes, administrada por Facinho.

Segundo as informações, foram detectados indícios de irregularidades em processos licitatórios realizados pelo Executivo Municipal.

Os detalhes sobre quais licitações estão sendo alvos da Procuradoria não foram divulgados.

As investigações estão sendo coordenadas pelo assessor especial da PGJ, promotor Fábio Henrique Meirelles Mendes, que tem 90 dias para concluir o procedimento.

Caso sejam comprovadas as irregularidades, a Prefeitura poderá ser denunciada judicialmente e sofrer penalizações.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários