Poder

Capelli despreza Josimar e atrapalha Brandão

Em uma análise bastante superficial sobre o cenário político do Maranhão, o secretário de Estado da Comunicação do governo Flávio Dino (PSB), Ricardo Cappelli (PSB), jogou o deputado federal e pré-candidato ao Palácio dos Leões, Josimar de Maranhãozinho (PL), em um patamar inexpressivo.

Capelli declarou, em entrevista, que o senador Weverton Rocha (PDT) sequer estará em um possível segundo turno da disputa eleitoral, colocando o vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), e o senador Roberto Rocha (PSDB) em um confronto direto, menosprezando, assim os demais pré-candidatos.

O auxiliar de Dino não levou em consideração a força que Maranhãozinho tem pelo interior do estado, já que, sozinho, ele mantém como aliados cerca de 50 prefeitos, ao contrário de Weverton, que tem 70 gestores municipais como apoiadores, mas é devido à junção dos partidos e caciques que o apoiam, como Cléber Verde (Republicanos) e Juscelino Filho (União Brasil).

Avaliação de Capelli poderá atrapalhar, em um futuro bem próximo, o projeto eleitoral de Brandão, que tenta costurar uma aliança com o presidente do PL.


Acompanhe o Blog do Neto Ferreira também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários